Ata/2020-03-27

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar

Presentes: Teles, Célio, João, Bruno, Giovanna, Paulo, Julia, Chico, Tanja, Augusto, Thiago, Jurema, Amom, Frederico

A reunião começou às 17h. Modalidade: reunião aberta.

Célio: reunião aberta do WMB, para comunicação pró-ativa com o restante da comunidade. Reunião quadrimestral. Exposição da metodologia: falas + discussão aberta.

Apresentação de processo estratégico[editar]

Lucas Teles: Contratado pela WMF para apoiar o processo estratégico na comunidade lusófona. A visão leva em conta a ideia de que vamos ser o ecossistema dominante no conhecimento livre. A Wikipédia tem hoje um papel central nesse processo. Podemos trabalhar nessa direção. O processo estratégico nada mais é do que uma conversa entre vários setores da comunidade. A citação é importante: "Até 2030, a Wikimedia se converterá na infra-estrutura essencial para o ecossistema do conhecimento livre, e qualquer pessoa que compartilhe a nossa visão poderá unir-se a nós". A ideia é aproximar as pessoas desse processo e daí implementar ações para que em 2030 tenhamos essa infra-estrutura mais robusta e prover mais conhecimento às pessoas, melhorando tanto o serviço, adaptado às novas tecnologias, quanto a visão dos projetos.

O processo estratégico foi pensado para lidar de modo estruturado com discussões, visões, ações para atuar na definição do que queremos ser. A estrutura participativa foi crucial para evoluirmos, identificando necessidades, problemas.

Fase de levantamento de demandas durou já dois anos. Agora, está em fase de submissão de recomendações. A partir de junho, vamos para fase de implementação, para que a visão se torne uma verdade.

O modo de funcionamento foi a divisão de grupos, por temas, como capacidades, advocacy, tecnologia..., em que houve uma metodologia de trabalho, baseada em perguntas que a comunidade deveria responder.

Houve 13 recomendações, que serão o início do documento final, para levar à visão do início. Daí, foram recebidos feedbacks e essas recomendações foram transformadas em 10 recomendações. Há uma preocupação de facilitar a compreensão.

O Wikimedia Summit, em abril, faria parte do processo de revisão, mas os encontros estão sendo on-line. A finalização vai acontecer remotamente. Hoje mesmo está havendo um encontro com o Board of Trustees para revisar as recomendações. O documento final deve ser publicado em abril.

Paulo: Processo estratégico vai ser revisto?

Lucas: Quem vai revisar agora é só o BoT.

Paulo: As premissas que tínhamos mudaram, no contexto da pandemia. As coisas vão ser diferentes: viagens aéreas estão alteradas, há menos dinheiro. Há desafios para globalização.

Lucas: Isso é temporário. Mas talvez não afete: o documento é um conjunto de ideias, um norte, não é tão específico para ser afetado por elementos específicos.

Recursos para acesso ao Teles:

GLAM-Wiki do IMS[editar]

Bruno Buccalon: Trabalho no IMS e foi no contexto de um projeto relacionado a fotografia conseguimos atuar com a wiki. O projeto chama-se "Vista situada do Rio de Janeiro", uma parceria com a RICE e o IMS, com parceria com o Wiki Movimento Brasil. O foco do trabalho com a wiki é o que está em domínio público. Projeto iniciou-se a partir de uma exposição, com enfoque de interação. Foi a partir de mesa interativa que pensamos em uma atividade digital. O projeto está relacionado a um mapa histórico, ligado ao Imagine Rio. Tem apoio da Fundação Getty, no projeto da Vista Situada do Rio de Janeiro, que atua na localização geográfica, revisão de dados, atuação na wiki. Em toda a comunicação, definimos que dados seriam abertos, no Wikidata, no Commons. Houve uma colaboração intensa. Algo interessante nesse financiamento é que dados devem ser abertos; foi muito bom para nossa atuação wiki. Vamos colocar on-wiki 4.000 imagens, que estamos revisando, espelhando tudo o que tivermos para a wiki.

Tem um esforço de localização de imagens, identificando pontos e estruturando metadados. É isso que temos carregado na wiki. On-wiki quem atua nisso é Ederporto. Na wiki, verificamos se autores existem; tem sido muito importante atuar na formação de grafos. Também queremos ver se temos como deslocar posições relativas nas imagens.

Metadados são definidos numa plataforma chamada Omeka, apontando para o Wikidata. Queremos que esse trabalho seja compatível com formas de compartilhar imagens na internet, o IIIF, e queremos disponibilizar imagens por meio desse protocolo.

Vamos disponibilizar em breve 500 imagens.

Também atuamos em maratonas. Vamos fazer uma maratona terça-feira, online.

Se houver documentos do IMS, que queiram ver compartilhados, avisem.

Chico: Temos feito trabalho de colorização. Nem todo mundo apoia esse tipo de trabalho.

Bruno: A gente tem sido mais interessado no uso de computação gráfica, de maneira geral. A parte curatorial não apoiaria. Mas a ideia de deixar aberto é justamente que a gente faça isso. Tem bastante gente que coloriza fotos do IMS.

Paulo: Conseguimos usar o sistema do mapa em outros espaços?

Bruno: O sistema está todo no github. Alguém fez a mesma coisa na Tailândia. Mas precisa ser um desenvolvedor de software. Estamos tentando simplificar. Vai ser lançado um mapa de Brasília. Tem de Beirute também. Mas ainda não é fácil.

Célio: Relação ganha-ganha, grande beleza.

Bruno: Tem sido processo muito rico, especialmente por modelagem.

Recursos para GLAM: