Programa de Educação/Relatos2

Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil
Ir para: navegação, pesquisa
Serra da Canastra Vista Panoramica Peixoto Lago de Furnas.jpg

Grupo de usuários
Wikimedia no Brasil

Apresentação Relatos
Fundamental e Médio
Relatos
Ensino Superior
Relatos
Outros países
Teses e artigos


Bianca Santana bw.jpg

Profa. Bianca Santana

Faculdade Cásper Líbero (Jornalismo)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Bianca Santana é professora no curso de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, onde, conjuntamente com a também professora Michele Prazeres, buscou envolver os estudantes na estruturação do programa do curso, criando, com a colaboração deles, um ambiente significativo para a aprendizagem e um programa de curso que os mobilizasse. Como já conheciam o Wikiversidade, um dos projetos irmãos da Wikipédia, e inspiradas pelo registro que o professor Henrique Parra fez de seu curso na Unifesp, elas criara uma página para o curso. "Em um primeiro momento, a plataforma foi um ambiente de registro para as professoras. Quando os alunos perceberam que muitas dúvidas poderiam ser sanadas com as informações que estavam disponíveis nela; e que as aulas estavam disponíveis no espaço, passaram a consultar e a fazer sugestões e contribuições. (...) Tem sido muito interessante compartilhar os registros de aulas na plataforma e convidar os alunos, constantemente, à colaboração. Ao mesmo tempo, é um trabalho extremamente desafiador, posto que inova em um formato que exige tempo e dedicação das professoras fora da sala de aula para que de fato funcione. O resultado é gratificante, porque exercitamos o compartilhamento e a construção coletiva na prática, experimentando muitos dos tópicos trabalhados na disciplina."

Prof. Edivaldo Moura

Universidade Federal do Rio de Janeiro (Física)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Edivaldo Moura Santos é professor na USP, mas à época em que iniciou a trabalhar como os projetos Wikimedia lecionava na UFRJ, onde era responsável pela disciplina de Eletromagnetismo. Edivaldo aderiu ao piloto do Programa Wikipédia no Ensino já no ano de 2012, e ficou feliz em ver seus alunos melhorarem as informações sobre Física disponíveis na Wikipédia em português. "Eu acredito que a experiência foi única", diz Edivaldo. "Não ter o tempo e as limitações do formato padrão das tarefas escritas dá a você muito mais possibilidades no processo avaliativo. Por exemplo, tendo que escrever um artigo enciclopédico, os estudantes precisam saber organizar e sistematizar ideias e conceitos. E, para ser capaz de cumprir o objetivo, os conceitos físicos precisam estar consolidados em suas cabeças. Eu tive discussões muito mais profundas com alguns estudantes durante esse semestre, até o ponto de eles realmente entenderem o que eles deveriam escrever, mais tarde, na Wikipédia".

Edivaldo Moura bw.jpg
Fabio Azevedo bw.png

Prof. Fábio Azevedo

Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Matemática)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Fabio Azevedo é professor no Departamento de Matemática Pura e Aplicada da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Editor da Wikipédia desde 2007, tem atuado no projeto educacional desde 2012 como embaixador e professor. Já usou a wikipédia em sala de aula em disciplinas da graduação dos cursos de engenheria envolvendo tópicos de calculo numérico, transformadas integrais e análise vetoria. Também aplicou o projeto Wikipédia na Universidade com estudantes de pós-graduação.A atividade é opcional para os estudantes e permite que melhorem seu conceito com o trabalho de criação e melhora de verbetes na Enciclopédia. "'Desenvolver a habilidade de buscar e produzir informação em meios digitais é um dos objetivos da atividade online"', diz. "'Produzir um texto que será publicado e será útil no futuro é muito mais motivante do que escrever um relatório que será lido pelo professor e descartado.'"

Profa. Iara Camargo

Faculdades Integradas Rio Branco (Design)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Iara Camargo é professora nas Faculdades Integradas Rio Branco, onde ministra a disciplina de Design Editorial. Iara pediu a seus alunos aprimorar artigos sobre tópicos abordados no curso, fazendo com que eles pesquisassem e escrevessem verbetes que vão de designers famosos, como Bea Feitler, a conceitos como legibilidade e editoras como a Penguin Books. Iara até começou um verbete ela mesma, sobre design de livros. "Eu gosto de incorporar tarefas na Wikipédia em minha aula por essas razões", ela diz. "Primeiro, para estimular os estudantes a ler e escrever mais. Segundo, acredito que é bom porque eles estão realmente publicando algo, não é mais um trabalho que eles estão escrevendo apenas para fazer uma avaliação. Terceiro, eles têm que ser conscientes e criteriosos para escrever bem, porque um monte de pessoas podem usar isso no futuro". Seus alunos foram ainda responsáveis pela localização brasileira de uma brochura feita por LiAna Davis, então funcionária da Wikimedia Foundation, no intuito de auxiliar os professores sobre como usar a Wikipédia como uma ferramenta de ensino. O material pode ser baixado aqui.

Iara Camargo bw.jpg
Joao Alexandre bw.jpg

Prof. João Alexandre Peschanski

Faculdade Cásper Líbero (Jornalismo)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

João Alexandre Peschanski é professor de Ciência Política no curso de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero. Começou a trabalhar a Wikipédia como ferramenta de aula no primeiro semestre de 2014, quando uma sequência de atividades relacionadas à enciclopédia e a seus projetos irmãos se tornou a principal avaliação da disciplina para os estudantes do terceiro ano de Jornalismo. A sequência de atividades teve entre seus objetivos contribuir com a qualidade dos verbetes relacionados à ditadura civil-militar no Brasil, iniciada em 1964, especificamente a dos escritos sobre mort@s e desaparecid@s no regime de exceção.

Profa. Juliana Bastos Marques

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (História)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG 1 2

Juliana Bastos Marques é professora de História na Unirio. Já no ano de 2011 a professora ofereceu uma disciplina de graduação chamada "A História Romana na Wikipédia", sendo essa sua primeira experiência no ensino com a Wikipédia com o apoio do então incipiente Programa de Educação no Brasil. Juliana contou ainda com apoio sólido de embaixadores de campus, ou seja, de voluntários que se predispuseram a oferecer suporte e oficinas de edição aos alunos envolvidos no curso. A professora busca, ao utilizar a Wikipédia no contexto de sala de aula, oferecer uma visão mais aprofundada o que é a Wikipédia, suas limitações e as possibilidades de compartilhar o conhecimento, ao que ela chama "wiki-alfabetização".

Juliana Bastos bw.jpg
Rafael Pezzi bw.png

Prof. Rafael Pezzi

Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Física)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Rafael Pezzi é professor na UFGRS, onde leciona física para estudantes de engenharia. Intrigado pela ideia do programa que apoia professores universitários no Brasil que demonstrem interesse em incorporar a edição de verbetes da Wikipédia, Rafael achou que poderia ser uma boa opção para a sua disciplina. "A Wikipédia torna explicito como o conhecimento é construído: um processo infinito e dinâmico, com opiniões confrontantes, em uma discussão vívida", ele diz. "Mesmo este processo sendo fundamental, ele é ignorado nas aulas comumente baseadas em leituras, onde o conhecimento é apenas entregue e é considerado como verdade absoluta". A experiência do professor Pezzi foi potencializada ainda pelo apoio de outro professor da UFRGS que também havia se envolvido nos projetos Wikimedia, Fabio Azevedo, formando assim uma experiência sólida do uso de wikis na Federal do Rio Grande Sul.

Prof. Ruy de Queiroz

Universidade Federal de Pernambuco (Ciência da Computação)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Ruy de Queiroz é professor na UFPE, onde ministra disciplinas ligadas ao curso de Ciências da Computação. Ruy percebeu que a Wikipédia em inglês possuía vasto material sobre lógica e teoria da computação, sua especialidade, mas o mesmo não acontecia com a Wikipédia em português. Ao invés de lamentar a situação, Ruy encorajou seus alunos a expandir o verbetes, mas ressaltando que a Wikipédia não pode e não deve substituir uma tarefa tradicional dos cursos, mas é uma forma de manter estudantes informados com material mais atualizado e explicações acessíveis sobre assuntos complexos. Ele chegou até mesmo a sugerir aos alunos que lessem verbetes específicos na Wikipédia durante dois cursos que ensinou em 2005 e 2006 na universidade de Stanford, nos Estados Unidos, pois eles eram um complemento perfeito à leitura tradicional dos livros-texto. O retorno que o professor Ruy tem recebido de alunos e professores têm sido positivo, e ele mal espera para continuar com o desenvolvimento dos verbetes da Wikipédia em português, para que possa ser um fonte de recursos educacionais tão boa quanto a Wikipédia em inglês.

Ruy de Queiroz bw.jpg
Viktor Chagas bw.png

Prof. Viktor Chagas

Universidade Federal Fluminense (Estudos de Mídia)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Viktor Chagas é professor na UFF, onde ministra a disciplina de "Introdução às Tecnologias da Comunicação". Em 2012, Viktor atendeu à chamada de propostas para o projeto Wikipédia na Universidade, do Programa Catalisador do Brasil, e no segundo semestre letivo iniciou uma série de atividades com os alunos, visando à construção de verbetes relacionados à própria disciplina e além. Ao longo do curso, que integra a grade de disciplinas obrigatórias de primeiro período do curso de Estudos de Mídia e é frequentemente assistido como disciplina eletiva por outros cursos como Jornalismo, Publicidade, Cinema, Arquivologia e Biblioteconomia, os alunos são convidados a produzirem, em grupos que variam entre quatro e seis membros, verbetes sobre a biografia de autores, suas obras, e a origem e desenvolvimento de conceitos relevantes para a área. Já foram mais de vinte verbetes escritos e reescritos por diferentes turmas, nos últimos quatro semestres. Os alunos são sempre convidados a escolherem os temas a partir de uma lista sugerida, mas eventualmente são eles mesmos que sugerem novos temas, a partir das discussões realizadas em aula.

Prof. Yuri Leite

Universidade Federal do Espírito Santo (Biologia)
PÁGINA DO CURSOPOST NO BLOG

Yuri Leite é professor na UFES, onde ministra disciplinas ligadas ao curso de Biologia. A ideia de utilizar os projetos Wikimedia no âmbito da sala de aula ocorreu quando estava coordenando um seminário universitário sobre o livro de Charles Darwin, "A Origem das Espécies". Todas as semanas, a turma discutia um capítulo do livro e, melhorava o artigo na Wikipédia em português sobre o livro de Darwin, à medida que avançava. Antes da classe do Yuri ter começado o trabalho, o artigo era o que se conhece por um esboço — um artigo curto, sem muito conteúdo. Próximo do final, a sua turma tinha transformado o artigo, com extensas descrições de cada capítulo. "Acho que é uma perda de tempo, energia, conhecimento e muitas vezes papel, ter trabalhos escritos por excelentes estudantes de graduação ou de pós-graduação, que serão lidos apenas pelo professor e às vezes um monitor, e, que eventualmente acabarão no lixo", diz Yuri.

Yuri Leite bw.jpg


Esequia relatos.jpg

Esequia Sauter

Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Matemática)
PÁGINA DO CURSO • [ POST NO BLOG]

Esequia Sauter é professor na UFRGS, onde leciona diversas disciplinas de matemática. Tem usado a Wikipédia com ferramenta de ensino nas disciplinas que ministra desde 2013. Já envolveu estudantes de engenharia e licenciatura em matemática no programa Wikipédia na Universidade. Segundo Sauter, "a plataforma da wikipédia proporciona um ambiente de aprendizagem muito dinâmico, onde o professor pode construir o conhecimento junto com o aluno e com o apoio de toda a comunidade lusófona. Existem várias vantagem nesse modelo de trabalho, entre elas, a coibição de plágios e violação de direitos autorais e a qualidade mínima da redação do verbete. Em geral, em um trabalho tradicional, o estudante se foca nos detalhes matemáticos e pouco com a qualidade da redação, enquanto na Wikipédia há uma preocupação que a informação seja legível por toda a comunidade.