Movimento Wikimedia Brasil/Central de discussões

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar
Gnome-system-file-manager.svg Página mantida por motivos históricos
Se quiser discutir sobre o assunto abordado aqui, é aconselhável fazê-lo na Ágora.
Nota: Esta página pode conter informações defasadas ou incorretas.


Wikimedia Brasil.png

Gaim bw.png
Esta é a Central de discussões da Wikimedia Brasil onde todas as páginas de discussões unem-se, para facilitar o acompanhamento.
Mercury bw.png
Outras

vias

File-manager.png
Arquivo
Zuger See SK 0009.jpg
Por favor sente-se, temos muito a conversar


Página Principal[editar]

Movimento Wikimedia Brasil/Central de discussões/bv (Veja também a página de arquivo nº 1, página de arquivo nº 2, página de arquivo nº 3)

Descrição da Wikimedia Brasil[editar]

Parece que estamos tendo várias edições no últimos dias sobre a descrição da Wikimedia Brasil:

  1. Wikimedia Brasil é o capítulo - em formação - da Fundação Wikimedia no Brasil.[1]
  2. Wikimedia Brasil é o capítulo - de fato - da Fundação Wikimedia no Brasil. [2]
  3. Wikimedia Brasil é um movimento vinculado ao Movimento Wikimedia e ainda realiza a função de capítulo brasileiro da Wikimedia Foundation de forma improvisada, sem representação legal. [3]

Acho que é o caso de discutirmos aqui ou na lista de emails os pontos conflitantes para chegarmos a um consenso. --Tom 00:47, 19 October 2009 (UTC)

Não, há um consenso, houve um vandalismo, foi revertido, acabou, somos um movimento que atua como o capítulo brasileiro. Rodrigo Tetsuo Argenton m 01:29, 19 October 2009 (UTC)

Oi Rodrigo! Melhorei a frase, adicionando também um link ao conceito de capítulo. Achei melhor remover a referência a "movimento wikimedia": provavelmente a idéia mais nebulosa, ambígua e mal formulada dentro de tudo isso. Concordo que já há consenso. Aqui trata-se apenas da questão de como apresentar esse consenso de forma clara, sucinta e introduzindo o menor número de novos conceitos. --Solstag 04:36, 19 October 2009 (UTC)

Nova descrição da Wikimedia Brasil[editar]

Precisamos alterar esta descrição para melhor recepcionar aos novos usuários que entram nesta página. Um porém, no entanto: apesar do Thomas e cia terem organizado o evento em 2008, as discussões sobre o capítulo são bem anteriores a ele, envolvendo diversos voluntários que não participam mais por não aceitar o modelo de mutirões e afins, tendo, inclusive, um Estatuto aceito. Porém do modo como o texto está construído, está como se tudo começasse com o Thomas (de quem sou amigo) e de quem estava com ele, e que os Mutirões surgiram como uma solução da comunidade (eu mesmo fui contra os Mutirões na época e o sou até hoje). Uma mudança de abordagem e até um resgate de diversos pontos das antigas discussões poderiam permitir que estes voluntários que inicialmente estavam envolvidos possam colaborar com o atual movimento. Ozymandias (discussão) 15h03min de 24 de outubro de 2012 (UTC)[responder]

BULLSHIT! É que a sua amiguinha quebrou todos os históricos possíveis graças a idiotices, então não estou encontrando isso, mas a discussão não estava avançada, e nem era tão anterior a interferência dele, tanto que só começo depois do capítulo argentino que é de 2007... Tosão começou uma página no meta, que eu não achei aonde foi parar. Mas também, não tinha muita coisa, só uma ideia em brumas... Se quiser escreve isso. E para que eu vou mexer no modelo atual, se essa comunidade aceita? Se quiserem façam um grupo vocês... do jeito que você falou ae, nem parece que quem foi atrás para fazer esse primeiro estatuto, foi o Thomas e eu. O estatuto que foi aprovado foi criação desse grupo aqui, não do qual você louva, alias o grupo que você tanto venera quem barrou a formação do jeito que você "aprova". E se quiser, você é aberto a fazer um Wikimedia São Paulo, p ex. Enquanto alguns evoluem, outros se prendem a falácias... Rodrigo Tetsuo Argenton m 22h21min de 24 de outubro de 2012 (UTC)[responder]

Carta de Princípios[editar]

Mudança de nomenclatura[editar]

Minha única sugestão de mudança é, quando se ler "mutirões", trocar por Capítulo Wikimedia Brasil. Ou trocar-se apenas no título da Carta, caso conveniente. Ozymandias 16h00min de 19 de outubro de 2011 (UTC)[responder]

Symbol support vote.svg Concordo. Mutirões, embora sejam os pioneiros na Wikimedia Brasil, e até hoje exercem e exercerão um papel fundamental na WMBR, a partir da criação do capítulo eles não vão ser mais os representantes exclusivos. Seria até um pouco controverso a carta de princípios que regeria a Wikimedia Brasil ter como única base de atividade os Mutirões, que em sua definição já apresentavam um sistema anti-capítulo, entretanto essa fase já passou e hoje somos uma só equipe. MetalBRasil @ # 23h13min de 19 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Symbol support vote.svg Concordo com essa única alteração. Pietro Roveri 01h10min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Symbol declined.svg Discordo Não utilizamos "Capítulo", esse nome não funciona no Brasil, e não utilizamos internamente, se forem trocar o nome coloquem "Wikimedia Brasil" que é o nome recomendado pela Foundation e que está no Estatuto. Rodrigo Tetsuo Argenton
Wikimedia Brasil então no lugar ? Não vejo problemas. Ozymandias 12h08min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Symbol support vote.svg Concordo. Pietro Roveri 12h27min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Também Symbol support vote.svg Concordo com "Wikimedia Brasil". | Jaider Msg 22h09min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]

Obrigatoriedade da Carta e seu uso futuro[editar]

Só para deixar claro: não estou aqui para “brigar” com ninguém. Estou aqui apenas porque o Pietro me convidou (pela lista de discussão) para dar a minha humilde opinião sobre o assunto. Não desejo participar da discussão e, além isso, me reservo ao direito de não responder se achar que a discussão não está produtiva.

  1. Não tenho nada contra o conteúdo, em si, da Carta de Princípios, apenas questiono a obrigatoriedade de se assinar a Carta. Particularmente, considero a Carta muito bonita e útil do ponto de vista moral, mas não muito útil do ponto de vista prático. Sendo útil do ponto de vista moral, não vejo a necessidade de burocratizá-la com assinaturas, ou seja, por exemplo, acho bonito e concordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, mas não preciso assinar essa declaração. Algumas pessoas acham a Constituição bela, mas não precisam assiná-la. Certos tipos de pessoas concordam e obedecem os 10 mandamentos da igreja X, no entanto, ninguém precisou assiná-los. Geralmente, quando uma pessoa começa a trabalhar em uma organização, ela assina alguns contratos, alguns documentos, etc., mas não se assina a missão, a visão e os objetivos da organização. Prefiro encarar a Carta de Princípios como uma norteadora de comportamentos não como um formulário obrigatório.
  2. Tenho receio quanto a utilização futura da Carta de Princípios: tenho absoluta certeza de que a Carta foi elaborada com a boa fé dos autores, mas não tenho certeza se ela será utilizada com boa fé futuramente. Tentando explicar melhor, tenho medo de que um instrumento tão belo, como a Carta de Princípios, seja utilizada como uma arma ou uma ameaça contra as pessoas futuramente. Por exemplo, quanto alguém começar a dizer “Mãos ao alto senão eu atiro a Carta de Princípios em você” (claro que isso é uma brincadeira, mas pode acontecer mais ou menos assim). Ao meu ver a Carta (que deve ser uma coisa positiva) não deve obrigar ninguém a nada, isso é papel de estatutos, de regras, de políticas, de regulamentos, etc. A Carta não pode ser uma imposição do tipo “Se você não assinar a Carta, cai fora!” ou “Tal pessoa não assinou a Carta, então ela não deve ser confiável” ou “Você desrespeitou o princípio X da Carta, agora terá a seguinte punição:...” enfim, meu medo é que ela se torne, ao invés de algo positivo, algo negativo, assim como acontece em muitas religiões (desrespeitou a bíblia/corão? agora vai ter que fazer penitência/levar chibatadas...).
  3. Não acredito que assinaturas irão melhorar o comportamento das pessoas. Quem leu e se identificou com a Carta, irá seguir seus princípios, assinando-a ou não.

Novamente: não tenho nenhum problema com relação ao conteúdo da Carta, muito pelo contrário, poderia muito bem assiná-la, só não acho que deve ser obrigatório a assinatura. O legal dos sites wiki é que você pode contribuir sem ter que passar por burocracias, não precisa nem mesmo de um cadastro. Para mim, princípios existem para serem seguidos, não assinados (ao contrário de contratos, cheques, documentos legais, etc.). Abraços | Jaider Msg 23h09min de 19 de outubro de 2011 (UTC)[responder]

Legal Jaider. E não estamos aqui para brigar :) Concordo com sua comparação, apenas é importante lembrar que nós não assinamos a Constituição ou a Declaração dos Direitos Humanos diretamente, mas assinamos através de representantes legais e somos obrigados a cumpri- las se queremos viver na sociedade brasileira. Neste caso é uma imposição moral, quer queiramos quer não. Assim, pela sua explicação, a pessoa ao assinar o Estatuto estaria, indiretamente, se submetendo à Carta de Principios, e não discordo disto. A discussão geral surgiu sobre qual pré-requisito exigir de uma pessoa que quer participar da organização. Outros capítulos possuem uma série de exigências (incluindo dinheiro e afins) enquanto propusemos que a única coisa que a pessoa aceitasse para ser da WMBR é concordar com a Carta. Isto não significa assinar a Carta diretamente, mas que ao participar das atividades da WMBR indiretamente significa que você adere à Carta. Sobre considerar a Carta como sagrada, aplicar os conceitos da Carta cabem ao Estatuto e ao Regimento Interno, mas consideremos que as ações que decorrem de se opor a um dos Principios da Carta serão completamente contra-produtivos (p.ex. Ser contra o conhecimento livre). É o mesmo que se opor aos 5 pilares da Wikipédia: você nunca os assinou, mas é obrigado a seguir os pilares para garantir não receber qualquer sanção da comunidade. O mesmo ocorre aqui. Porém será interessante se vc propuser um outro meio como pré-requisito mínimo para organizar o ingresso de novos usuários. Ozymandias 23h51min de 19 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Exatamente Ozy. Nunca precisei assinar os 5 pilares e acho que isso mostra uma liberdade e uma praticidade para com a comunidade. Quem tiver um comportamento desestabilizador deve, sim, sofrer punições. Mas essas punições devem vir de regras práticas, de normas de conduta estabelecidas, não de princípios gerais. Por exemplo, se alguém se envolver em uma 'briga interna' com outra pessoa ela deve dizer "tal pessoa está me impedindo realizar determinada tarefa na WMBR" e não "tal pessoa não apoia o conhecimento livre porque está me impedindo de realizar tal projeto e isso vai contra o que acreditamos e o que está escrito na Carta de princípios..." (sabe? colocando um contra o outro por causa de ideais ao invés de ações concretas). Mas você tem razão. Infelizmente não tenho outra ideia para um tipo de pré-requisito para o ingresso de novos usuários. Para mim, todos são bem-vindos desde que respeitem e sigam (sem precisar assinar) a Carta de Princípios. Para mim não faz muita diferença já que concordo com a Carta. Nunca assinei porque achava que não precisaria (sabe aquele negócio de ter que "provar pra todo o mundo/Que eu não precisava/Provar nada pra ninguém"? rsrs). Então, só coloquei minha opinião para que vocês possam refletir sob esse ponto de vista também. | Jaider Msg 22h09min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Interessante, Jaider, compartilho sua preocupação. Porém, vale notar que a assinatura pode ser retirada a qualquer momento e assinar a lista serve para dar corpo à Wikimedia Brasil. Por isso assinei, se algum dia acontecer o que você disse, retiro a minha assinatura. Mas acredito que é uma boa e simples porta de entrada para o capítulo (este, sim, com regimentos e estatutos). Abraços, Pietro Roveri 01h25min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Sim, concordo contigo. Reconheço a importância da Carta. Só não acho que ela deva se tornar uma imposição. Não gosto da ideia de que as pessoas terão que assiná-la só porque está no regulamento ou porque outras pessoas querem que você assine. Prefiro ela como está: assinatura espontânea/voluntária. Considero mais nobre. Aliás, sinto mais vontade de assinar a Carta quando ela está livre de imposição. Se for obrigatória... perde um pouco da beleza. Acho que vou ter que assiná-la antes que ela que ela se torne obrigatória... :-P | Jaider Msg 22h09min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]
Assinar a Carta é dizer "eu apoio", "eu quero ser assim", isso que a assinatura diz. Não entendo o porque não assinar, esse texto que escreveu tomou lhe mais tempo que assinar e mostrar seu apoio a Carta e ao Movimento como um todo. Rodrigo Tetsuo Argenton 01h37min de 20 de outubro de 2011 (UTC)[responder]

Novamente, deixar de assinar a carta não deve excluir ninguém como voluntário. A assinatura está condicionada aqueles que desejam ser membros do capítulo. O voluntariado ainda é livre.OTAVIO1981 (discussão) 11h46min de 24 de outubro de 2011 (UTC)[responder]

Acredito que é exatamente isso, Otavio. Abraços, Pietro Roveri 12h52min de 24 de outubro de 2011 (UTC)[responder]

Fechamento da Carta[editar]

Como não há mais discussões sobre alteração da Carta, vamos fechar o texto de vez ? Ozymandias 12h53min de 2 de novembro de 2011 (UTC) P[responder]

Acho que podemos fechar. Pietro Roveri 15h01min de 9 de novembro de 2011 (UTC)[responder]

Já havia fechado, se o combinado era dia primeiro e não houve discórdias. Rodrigo Tetsuo Argenton 17h08min de 9 de novembro de 2011 (UTC)[responder]

2[editar]

3[editar]

4[editar]

Correção gramatical: "Exercem esse papel sem representá-las, ou por elas ser representada, em qualquer esfera." >> "por elas ser representados"

Justificativa: Erro de concordância, já que o sujeito é "voluntários". Vinicius Siqueira 15h51min de 2 de novembro de 2011 (UTC)[responder]

Cronograma[editar]

Acompanhando as discussões na lista da Wikibrasil, e olhando este cronograma, senti falta de um elemento de grande importância: o estabelecimento de datas para publicação de compilações de discussões e conversas, seja na lista, seja nos encontros. Isso é importante, para que as ideias não se percam da memória depois. --Gustavodandrea 19:02, 15 February 2009 (UTC)

Vamos organizar mais conversas no IRC!Tosão 18:43, 22 February 2009 (UTC)
Podemos alterar a data de encontro do dia 26 de abril para o dia 18 ? Ozymandias 14:17, 27 March 2009 (UTC)
Hum.. o fds do dia 18 eu tenho um casamento em Santos, e essa será bem a reunião pra contar a história de Berlim (e das suas garotas), acho melhor adiar pra dia 24, 25, ou pra frente se for o caso. --Solstag 18:49, 30 March 2009 (UTC)

Participantes[editar]

2008

"Sou favoravel a legalizacao (SIM/NAO)"[editar]

Ser favoravel a legalizacao da wikimedia brasil significa no contexto dessa pagina querer que ela exista como capitulo aderente aa wikimedia foundation e todas as suas exigencias legais, incluindo a formulacao de um estatuto e registro em cartorio. Desse modo, ao optar SIM voce afirma concordar que as discussoes devam estar direcionadas para o amadurecimento do grupo em discussao com vistas aa efetivacao da proposta de estabelecimento de um capitulo brasileiro da wikimedia foundation em sua integralidade, sem no entanto se comprometer com prazo para que isso ocorra. Ao optar NAO voce afirma descartar essa possibilidade.00:16, 6 February 2009 (UTC)

O que ele não vê é a possibilidade de a Foundation aceitar a Wikimedia Brasil como um movimento e um local chapter. O que não foi testado. Rodrigo Tetsuo Argenton m 03:59, 6 February 2009 (UTC)

::Acredito na possibilidade da Fundação Wikimedia aprovar o formato de movimento descentralizado com voluntários autônomos para atuarem como capítulo local. Portanto, sou fovorável à legalização, mas desde que seja de um movimento denominado Wikimedia Brasil. TSB 00:11, 7 February 2009 (UTC)

O problema aqui não é ser a favor ou contra legalizar, e sim QUANDO essa legalização vai ocorrer. Se isso é só uma forma de forçar a legalização já... avisem-me que coloco o Não em dois segundos. Por enquanto, pelo extremo teor ambíguo da pergunta, me abstenho. Béria Lima Msg 11:23, 7 February 2009 (UTC)
Não creio que seja ambigua. Mas creio que (como já disse), os que decidiram por movimento ou qq outra coisa foram meia dúzia de gatos pingados no CCSP. Eles não representam nem o todo, nem parte dos wikiusuários brasileiros, mas uma elitezinha paulista. Talvez agora neste quadro possamos ter uma visão real do que a comunidade queira, quer seja movimento, quer seja instituição. Mas lógico que os críticos de plantão não vão aceitar se a opinião contrária a deles for a que prevalecer. Ozymandias 12:02, 7 February 2009 (UTC)
Apareca na próxima vez, Ozy, e não reclame que decidem por você porque vc nunca está lá para saber o que está acontecendo. Béria Lima Msg 12:04, 7 February 2009 (UTC)
Reclame do Tosão, do Junius, do Nevinho e de todos os outros que não podem comparecer também. Talvez eu vá para Brasília ou Rio de Janeiro e faça uma reunião com decisões por lá, e reclame de vcs por não terem participado. Ozymandias 12:06, 7 February 2009 (UTC)
Boa viagem. Mas o cerne é que uma coisa é o Tosão reclamar, ele não pode vir a SP para a reunião. O que te impedia? O metrô que vc pegou furou o pneu? Béria Lima Msg 12:08, 7 February 2009 (UTC)
Críticas contra a pessoa aqui, na Wikipédia... não te cansas ? Poderias terminar de traduzir Falácias de uma vez para aprender a defender suas idéias, ao invés de ficar inventando historinhas. Não sou obrigado a aparecer em algo que não representa nada. Quando ocorreu uma coisa séria como WIKIBR, eu estava lá sem problemas. Mas para reuniãozinha de quatro ou cinco wikipedistas, bebendo cerveja e falando bobagem, obrigado. Tenho mais o que fazer. Aguardemos o resultado das opiniões por aqui. Ozymandias 12:11, 7 February 2009 (UTC)
  • Sobre a afirmação "ele não vê é a possibilidade de a Foundation aceitar a Wikimedia Brasil como um movimento" sugiro que se leia Step-by-step chapter creation guide. Sobre a ambiguidade da questão, esclareço que a intenção é exatamente que os participantes explicitem o que querem, independemente de tempo ou prazo. Sobre comparecer à reuniões presenciais, digo que não consegui viabilizar minha presença. Penso que estamos construindo algo que deve prescindir de reuniões presenciais, embora concorde a sua utilidade e vantagens. POR FAVOR MANIFESTEM SUA OPÇÃO, obrigado 187.25.108.69 12:45, 7 February 2009 (UTC) Desculpem-me. Nevinho 12:47, 7 February 2009 (UTC)

É essa visão vertical que eu critiquei na mailing, não conheço você, mas por algumas propostas e respostas, eu chutaria que você nunca questionou seus professores, pois você vê a coisa como: "Foi deliberado assim e ponto."; não adianta discutir isso agora, vamos terminar a Carta de Princípios. Acho que 90% daquelas pessoas que estavam ali na reunião de S.Paulo queria a formalização, só que não agora por falta de estrutura, então não adianta explodir e bater o pé, agora não dá e talvez quando der, todo mundo mude sua opinião tanto para sim, quanto para não. Rodrigo Tetsuo Argenton m 15:54, 7 February 2009 (UTC)

Ahn, pode ser mais explicito Argenton? Você quem ? Ozymandias 10:31, 8 February 2009 (UTC)

Nevinho oras e ainda acho um gasto energético tosco perguntar agora quem quer, é capaz de ter 100% de sim, mas uns montes de obs que agora não. Pois ainda não somos uma unidade, não nadamos na mesma direção, isso fragiliza o grupo, que pode desmoronar assim que for "formalizado". Rodrigo Tetsuo Argenton m 00:41, 9 February 2009 (UTC)

O que não entenderam até agora, é que ninguém deliberou que não seria formalizado nunca, discutimos sobre a possibilidade de trabalhar por um tempo como movimento, depois vemos o que é melhor para o Wiki, se for fazer ONG, OCIP, Instituto, Fundação..., não importa agora, pois nenhum deles são possíveis agora, podemos caminhar para eles, podemos, nos fortalecendo, eliminando ruídos na comunicação..., isso podemos fazer, mover advogados para fundar algo como uma ONG nesse momento, desperdícios apenas. Rodrigo Tetsuo Argenton m 00:49, 9 February 2009 (UTC)

Vício de formulação[editar]

Vou ser bastante objetivo aqui pois quero ressaltar um ponto importante para melhorar nosso entendimento, não entendam como algo pessoal.

A pergunta contempla apenas duas possibilidades:

  1. formalizar (sem definir quando)
  2. não formalizar

E omite precisamente a possibilidade que originou o consenso na lista:

3. atuar em informalidade até adquirir-se experiência para discernir o que é melhor

user:rautopia me posiciono nessa.

Induz-se assim a pessoa a posicionar-se com respeito à formalização, como se fôsse algo urgente, ocultando o ponto central do argumento que precede a questão: precisa-se de experiência para decidir.

Ou seja, faz parecer desproporcionalmente notável uma escolha pouco relevante para as decisões do momento - exceto haja uma proposta oculta de formalização imediata.

Aproveito para chamar a atenção ao pedido de posicionamento a respeito da carta de princípios, do qual muitos ainda não participaram e que concretamente fundamentará o andamento das nossas ações, seja movimento, seja associação.

--Solstag 03:48, 10 February 2009 (UTC)

A objetividade neste caso foi benéfica. A "possibilidade" #1 engloba a #3, de modo que a indução, se há, é inteiramente despropositada. Não há proposta oculta. Parabéns Solstag, quem busca o entendimento não agride o interlocutor. Andemos adiante! Nevinho 19:10, 10 February 2009 (UTC)
Hum, apesar de entender a intenção, dizer que a 1 inclui a 3 não está correto. Assim eu peço uma modificação na formulação da pesquisa deixando claro que o SIM inclui tanto a 1 como a 3. Contudo eu acho que, se vamos ter uma pesquisa, seria interessante apresentar as três opções distintamente e pedir que escolha-se "1", "2" ou "3" ao invés de "SIM" ou "NÃO". Nesse último caso os votos até agora teriam de ser revalidados pelos autores. Abs! --Solstag 22:24, 10 February 2009 (UTC)

Um mês se passou...[editar]

Se não houver liderança capaz de aglutinar pessoas para formalizar o capítulo brasileiro da wikimedia, tudo acontecerá na informalidade. O grupo paulista teria as melhores condições de agir nesse sentido. Mas não há interesse. Parece que as pessoas querem os bônus da marca wikimedia brasil ou, mais charmosa, wikibrasil, sem os inevitáveis ônus que a formalização traria. Objetivamente, houve algum contato pleiteando o reconhecimento do grupo informal pela wikimedia foundation, como foi sugerido? Enquanto isso, recebemos chapter reports dos outros países e nos acomodamos pensando "somos diferentes"... --Nevinho 15:58, 1 March 2009 (UTC)

Sim, houve algumas conversas, mas estávamos esperando a decisão da comunidade em relação a Carta de Princípios, que saiu a pouco, dia 28 de fevereiro, como combinado, agora é transcreve-lo para inglês e enviar para a Comissão de Capítulos, não é corpo mole, falta de interesse, ou algo do gênero, é fazer as coisas certas para não dar erro. Não precisamos nos restringir à S.Paulo, as vias de comunicação de hoje permite alinhamento entre várias cidades, esperamos interesse de outras. Conhece nosso sistema jurídico, sabe que qualquer erro na Wikipedia-pt, poderá resultar em processo para a ONG Wikimedia Brasil, ou coisas do gênero, sabe também que dinheiro pode ser destrutivo, então vamos tornar-se uma unidade, um grupo forte, para resistirmos a essas coisas. Nem em pensamentos estamos coerente. Rodrigo Tetsuo Argenton m 17:52, 1 March 2009 (UTC)
Entendam "...vamos nos tornar uma unidade" e descartem a possibilidade de ato falho. Nevinho 10:14, 7 March 2009 (UTC)

Mais um mês e pouco...[editar]

Nossa! Parece que passou mais de um ano. Na minha opinião, o ato de publicar o chapter-repor é um marco. Não só porque com isso me senti novamente incluido, mas porque efetivamente nos dá maior legitimidade. A questão da formalização está superada por ora, já que provou-se dispensável. Somos um Capítulo com C maísculo, essa era a questão. Tenho ainda alguns senões relativos a questão das donations, mas como muito sabiamente alguém (O Thomas) falou, a unidade do movimento é mais importante. Nevinho 22:27, 20 April 2009 (UTC)

Carta de princípios[editar]

Acho importante um box na página de interessados mostrando que eles também aderiram a carta de princípios...Rautopia 18h57min de 29 de Dezembro de 2009 (UTC)

Chapters meeting 2009[editar]

Wikimedia Brasil no Encontro de Capítulos[editar]

O Encontro de Capítulos em 2009 será organizado pela Wikimedia Alemanha e acontecerá na cidade de Berlim entre os dias 3 e 5 de abril. Este evento ocorrerá em paralelo à reunião do conselho da Fundação Wikimedia e do encontro de desenvolvedores MediaWiki.

O usuário Guillaume Paumier, organizador deste encontro, voltou a destacar a importância da participação da Wikimedia Brasil.

Após ter sido atualizado de que no Brasil estamos trabalhando de forma descentralizada e não constituímos uma organização jurídica e, portanto, não possuímos conselho ou representantes legais, ele informou que:

  • "if the Brazilian movement agrees on their representatives on the mailing list, I'm ok with that."
  • se o movimento brasileiro concordar (em escolher) os seus representantes/delegados (para o evento) na mailing list, estarei de acordo

Ele informou ainda que:

  • "I'll do my best to see if we can subsidize the expenses of another representative."
  • farei de tudo para checar se podemos subsidiar as despesas de um outro representante/delegado (vindo do Brasil)

Interessados foram convidados na mailing-list brasileira para discutir aqui no Meta a relevância deste evento para o fortalecimento da Wikimedia Brasil/Movimento WikiBrasil. Participe e contribua.

TSB 17:40, 9 February 2009 (UTC)


Acho muito importante que os voluntários daqui estejam em contato com outras Wikimedias, para trocar experiências e emponderar nossas visões. Rodrigo Tetsuo Argenton m 19:04, 9 February 2009 (UTC)


Acho muitíssimo importante a presença de um delegado brasileiro no encontro de capítulos, não importando quem seja o delegado. A experiência dos outros capítulos que seria adquirida no encontro seria de extrema importância para o capitulo brasileiro. Seria legal se o delegado fosse fluente ou soubesse se comunicar mais ou menos em várias linguás. Daniel Souza 22:41, 9 February 2009 (UTC)


Leiam abaixo nova mensagem de Guillaume Paumier sobre a possibilidade de um representante brasileiro contar com subsídio para participar do Encontro de Capítulos em Berlim:

  • I am very confident in the fact that we'll be able to subsidize the expenses of another representative from Brazil. Did you manage to agree on a name?
  • Estou bastante confiante que seremos capazes de subsidiar as despesas de um outro representante do Brasil. Vocês concordaram em algum nome (para receber este subsídio)?

TSB 14:15, 25 February 2009 (UTC)


Nossa, que situação difícil escolher entre outros 120 colaboradores... Puxa, eu teria uma tendência de convidar as 10 pessoas mais ativas da WIKIMEDIA e com disponibilidade na data para fazerem uma proposta de participação a ser submetida ao coletivo. O que vocês acham? Laura Tresca 21:13, 1 March 2009 (UTC)

Não rola, tem pessoas da Wikis que não estão alinhadas com nossos ideais, infelizmente, acho que tem que ser uma pessoa que traga coisas para a Wikimedia Brasil, que traga conteúdo e experiências do evento e que tenha como bancar a viajem, tanto em grana, quanto em capacidade de compreensão do movimento, capacidade de comunicar-se e vontade de ajudar. Além disso a pessoa não precisa ser ativo, pois não há a necessidade de ser um editor, para essa reunião, serão pessoas que tocam as instituições, não necessariamente editores ativos. Rodrigo Tetsuo Argenton m 17:21, 2 March 2009 (UTC)

Sou um participante novo, mas gostaria de sugerir que os escolhidos tenham alguns pontos em comum: 1o. Tem que estar alinhados com os ideais da Wiki Brasil; 2o. Estar envolvido ativamente em projetos aqui na Wiki Brasil; 3o. Se o projeto em que está envolvido poderá ser discutido, ou ser citado como exemplo no encontro; 4o. Ter fluência em pelo menos mais dois idiomas, de preferência Inglês e Espanhol (não acho este item fundamental, mas importante); 5o. Ter disponibilidade para viajar na data do encontro.

Quanto as despesas, gostaria de saber se os 1.400 euros estão livres das passagens aéreas. Se não estiverem, acho que é pouco. Quando fui para a Europa, uma diária em um hotel 3 estrelas variava entre 140 a 180 euros. A alimentação varia entre 50 e 80 euros. Se o hotel ficar longe do evento, teremos gasto de condução. Não se esqueçam que a alimentação tem que incluir almoço e janta, isto se o hotel der o café da manhã. Só nestes gastos, SEM as passagens, estamos falando dos seguintes gastos (tudo estimado, ok?): 1o. Diárias: entre 840 e 1080 euros; 2o. Alimentação: entre 300 e 480 euros;

Ou seja, sem computar possíveis gastos de condução e as passagens aéreas estamos falando de gastos entre 1140 e 1560 euros. Por isso, vamos precisar saber quais são as despesas que vamos ter que pagar, bem como as despesas de hotel e a localização deste hotel com relação ao evento. --Varela 22:13, 9 March 2009 (UTC)

Lista de Interessados em participar do Encontro de Capítulos em 2009[editar]

  1. TSB (tenho disponibilidade para participar e poderei cobrir os custos da minha viagem. Assim, poderemos contar com o subsídio para cobrir as despesas de um segundo participante)
  2. Solstag 08:10, 6 March 2009 (UTC)

Apoio Financeiro[editar]

Confirmado o apoio financeiro no valor de 1400 euros para cobrir os gastos de um voluntário da Wikimedia Brasil para participar do Encontro de Capítulos em 2009. Leiam o texto abaixo recebido de Guillaume Paumier:

  • I am happy to confirm that thanks to the generosity of a few more chapters, we will be able to cover the expenses for your second representative. This is based on a round-trip ticket from Brasilia to Berlin (reference cost: 1400 € / ticket). If you manage to find a cheaper ticket (for example on low-cost airlines), it will be even better! Please confirm as soon as possible that you will send 2 representatives.
  • Fico feliz em confirmar que graças à generosidade de alguns capítulos, teremos condições de cobrir as despesas para um segundo representante. Tomando como base uma passagem ida-retorno de Brasília a Berlim (referência de custo: 1400 euros pela passagem). Se vocês conseguirem encontrar um vôo mais barato (por exemplo uma comapanhia de baixo custo), seria ainda melhor! Favor confirmar assim o mais rápido possível que você poderão enviar 2 representantes.

TSB 14:57, 2 March 2009 (UTC)

Guillaume Paumier confirmou o prazo para confirmação de voluntário que será apoiado financeiramente: sexta-feira, 13 de março de 2009. TSB 14:46, 9 March 2009 (UTC)

Custos de viagem[editar]

Passagem aérea[editar]

Pela Lufthansa a passagem de ida (2 de abril) e volta (7 de abril) a partir de São Paulo (Guarulhos) até Berlim (Tegel) está saindo por R$ 2954,65. Na cotação de hoje, 1400 € equivale a R$ 4186. Comparando pelos sites Submarino Viagens e Descolar, pareceu o mais barato. Caso seja escolhido algum estudante (e. g. Abdo é estudante de doutorado), seria bom ver se não conseguimos uma passagem pela CVC ou STB. Fui pela STB a para a Itália em 2004 (a passagem mais barata na época era da KLM), num programa de doutorado, e obtive um desconto considerável. Seria bom ver se não dá para ir para um país onde a passagem + ponte aérea saia mais barato, como nesse caso Holanda -> Itália. --Tom 15:49, 9 March 2009 (UTC)

Acabo de checar pela STB e me parece que a mais barata e viável, dentro das regras propostas, é a KLM. Sai por U$ 1123, aproximadamente R$ 2667. Pela Iberia sai mais barato (circa U$ 830-994), mas não me parece ser possível colocar alguém pelas regras dela. Pela KLM acho que teria que ser mediante "B) Working Program Portador de Visto de Job Offer + cópia do contrato de trabalho no exterior + certificado emitido pela escola/universidade no Brasil. Será impedido de embarcar o passageiro que não comprovar elegibilidade mediante apresentação de documentos originais, quando solicitado." (do site da STB) --Tom

Hospedagem[editar]

Ficar num Albergue da Juventude é uma boa. Sai bem barato. Aproximadamente uns 20 € por dia, ou seja, aproximadamente 80 € (= R$ 241) para 4 dias. --Tom 15:49, 9 March 2009 (UTC)

Guillaume informou que a hospedagem será igualmente subsidiada, além do valor da passagem. TSB 17:28, 9 March 2009 (UTC)

Gostaria apenas de esclarecer que ficar em um albergue pode não ser a melhor escolha. Primeiro, quem for vai ter que levar roupas para 4 dias, e de preferência levar um notebook. Não conheço a segurança dos albergues lá fora, que acredito ser excelente, mas não me sentiria confortável em ter meu notebook a vista de muitas pessoas. Por isso sugiro um hotel. Peço desculpas por ter colocado os custos estimados em outro tópico, sou novo, mas aprendo rápido. :) --Varela 22:40, 9 March 2009 (UTC)

Oi Varela (bem vindo/a!), de acordo com o Thomas parece que a Wikimedia fez um acordo de hospedagem com algum estabelecimento, então vamos ver... mas é bom saber a experiência de outras fontes, valeu! :) Ah, vc pode se quiser cortar+colar seus textos se vc achou que ele ficou no lugar errado (claro, desde que não quebre o fluxo de respostas). --Solstag 03:49, 10 March 2009 (UTC)

Condições mínimas[editar]

Bom. As condições mínimas para adentrar na Alemanha: http://www.sao-paulo.diplo.de/Vertretung/saopaulo/pt/04/Visa__Deutschland/Permanencia__de__90__dias.html

Assim, quem quiser participar terá que seguir essas condições, além do tempo livre para ir ao encontro (e entender o que eles estão falando). Rodrigo Tetsuo Argenton m 15:22, 2 March 2009 (UTC)

Imprensa[editar]

Escolha de voluntário para a próxima semana[editar]

Entrevistado: w:pt:Demi Getschko

Principais editores do verbete:

  • w:pt:Usuário:Everton1984 contactado por e-mail pelo Solstag, aceitou participar, aguardado a comunidade se manifestar, inclusive sobre fato dele trabalhar com o entrevistado.

Opinião[editar]

Achei até interessante para a integração com a Wikipédia, o convite do Everton 1984, mas algumas coisas:

  • Eu não conheço esse editor, será que ele está alinhado com o que fazemos?
  • Ele tem noção que existimos e sobre o que "defendemos"?
  • Todos podem editar, é simples, capte as informações, anote e adicione, é o que um jornalista faria. Não precisa ser um PHD para isso.
  • Ele ter editado muito, não significa necessariamente que ele goste, entenda ou saiba o que o assunto trata.


  • E apenas uma gestão menor, eu mesmo pensei que fosse o Everton (Tom), mandar outro Everton ... :D
Esqueci, tem uma coisa que me preocupa:

"Cinéfilo "powered" by BitTorrent e YouTube."

--Rodrigo Tetsuo Argenton m 02:46, 10 April 2009 (UTC)

Há duas maneiras de enxergar isso: que estamos abrindo espaço para a Wikibrasil, ou que estamos abrindo espaço para os projetos wikimedia. A proposta de escolher o participante pelas edições no verbete alinha-se à segunda.

Podemos até estipular que, na atividade, o participante comprometa-se a agir de acordo com a Carta de Princípios, mas sempre assumindo boa fé e não exigindo provação, especialmente quando tratar-se de quem já contribui nos projetos wikimedia.

--Solstag 03:57, 10 April 2009 (UTC)

Concordo com o Solstag. O objetivo para a participação de um editor no Roda Viva pode ser, nesse primeiro momento, "abrir espaço para os projetos da Wikimedia". Acho sensato o compromisso com a Carta de Princípios e certamente devemos sempre assumir boa-fé.
Sugiro a seguinte frase para apresentar o editor no Roda Viva:
"X é voluntário da Wikipédia, a enciclopédia livre que todos podem editar"
Assim ficariam claras as seguintes informações:
  • X é voluntário
  • Wikipédia é livre
  • Todos podem editar a Wikipédia
TSB 00:08, 12 April 2009 (UTC)

Oportunidades e Riscos[editar]

Vamos construir uma lista de oportunidades e riscos que esta colaboração com a TV Cultura poderia trazer para a Wikimedia?

Coloquem as suas idéias logo abaixo.

Valores[editar]

  • Convergência
  • Valorização da produção colaborativa
  • Disseminação do conhecimento em rede

Oportunidades[editar]

  • Convergência das mídias wiki, TV e internet
Este modelo de colaboração pode ser replicado internamente na TV Cultura para outros programas ou mesmo em outras emissoras no Brasil e no exterior
  • Notoriedade Wikimedia
  • Conteúdo em primeira-mão
Projetos como Wikinotícias e Wikiquote poderiam ser beneficiados por este acesso em primeira mão.
  • Atração de novos usuários e editores
A transmissão do Programa pela Internet possibilita o contato com muitos potenciais usuários e editores. Pelo canal de bate-papo, qualquer internauta pode levantar uma discussão e o processo de produção do voluntário do Wikimedia pode ser público e servir de exemplo para incentivar a participação de outras pessoas.
  • Influência de processos e licenças usadas pela TV Cultura
Voluntários da Wikimedia poderiam influenciar a utilização de licenças livres e processos colaborativos na geração de conteúdo em redes de TV públicas.

Riscos[editar]

Entendimento do processo editorial wiki.[editar]

Pode parecer que o(a) voluntário(a) da TV faz parte de um grupo fechado de editores. Temos que assegurar a seguinte mensagem: “qualquer um pode editar”

Personificação demasiada de um projeto colaborativo[editar]

O(a) voluntário(a) não deve representar a organização ou o projeto. Ele(a) deve ser entendido como colaborador(a) de uma iniciativa coletiva.

(o site da transmissão participativa vai explicar sobre o projeto TV Cultura / Wikemedia, seus objetivos, potencialidades e a cada edição pode-se explicar pelo bate-papo o papel do colaborador / Wikimedia. Este espaço também pode ser usado para "recrutar" novos editores).

Conflitos inerentes em biografias de pessoas viva.[editar]

A primeira entrevista seria com o Vice-Presidente da República, o que pode atrair a atenção (perigosa) de políticos para o uso de plataformas colaborativas.

(a visibilidade não pode ser uma desculpa para que biografias de políticos possam ser escritas... Também é possível fazer um trabalho de explicação e apresentação da Wikipedia para assessores dos entrevistados e também dos entrevistadores).

Proposta coletiva[editar]

Vamos construir coletivamente como se daria esta colaboração com a TV Cultura?

Coloquem as suas idéias logo abaixo.

Projetos da Wikimedia e descrição de como poderiam atuar em sinergia com a TV Cultura[editar]

  • Wikimedia Commons- captação de imagens exclusivas
  • Wikinews- geração de notícias em primeira-mão
  • Wikiquote - geração de novas citações em tempo real
  • Wikipedia- detalhamento de biografias e outros artigos
  • Wikisource- através da TV Cultura, o Wikisource pode obter maior contato com diversas instituições no sentido de aumentar seu acervo de textos-fontes, e servir como base de referência neste sentido. Da mesma forma, o Wikisource pode servir como base de referência para a TV Cultura no sentido de prover material confiável relacionados aos seus textos-fontes.
  • Wikispecies -
  • Wiktionary-
  • Wikiversidade- colaboração com programas educativos e acadêmicos, permitindo a inserção e conteúdo de parte do acervo educacional como lições, e colaborando como comunidade para geração de conteúdos e temas para os programas da TV Cultura.
  • Wikibooks- colaboração com programas educativos e acadêmicos, permitindo a inserção e conteúdo de parte do acervo educacional da emissora como livros didáticos, principalmente os que se relacionam ao público infantil, e colaborando como comunidade para geração de conteúdos e temas para os programas da TV Cultura.

Como poderia ser a participação de voluntários da Wikimedia no Programa Roda Viva?[editar]

Os voluntários da Wikimédia podem colaborar anterior e posteriormente com o programa, criando e catalogando material pertinente ao tema e pessoa entrevistada, fornecendo uma base de referência que pode ser utilizada por qualquer pessoa para interagir com o programa. Ozymandias 22:43, 26 March 2009 (UTC)
Incluíndo fotos do entrevistado..., poderíamos até criar material inédito para a Wikinews. Rodrigo Tetsuo Argenton m 02:19, 27 March 2009 (UTC)
O ideal é inicialmente a criação de páginas nos projetos que visem facilitam a inclusão deste tipo de conteúdo (vou iniciar um modelo disto na Wikiversidade). Uma boa política seria estabelecer com a TV Cultura condições de replicarmos os conteúdos gerados pelo programa nos projetos wikis, i.e. não copiarmos, pois eles também tem os direitos sobre os conteúdos deles, mas permitir o acesso completo ao material gerado por eles para servir de base para geração dos conteúdos nas wikis. Quem sabe não seja um passo para no futuro nos servirmos do acervo da TV Cultura para criarmos material para as wikis ? Ozymandias 11:33, 27 March 2009 (UTC)
Na outra entrevista do professor Miguel Nicolelis, coloquei algumas fotos no Wikimedia Commons. Inclusive acabei descobrindo que a licença Creative Commons com a restrição não comercial não era livre, no sentido da Wikimedia, tanto é que passei a tirá-la (a restrição) das minhas fotos, desde então (foi educativo para mim, com usuários inexperiente da Wikimedia Commons). Sobre como podemos ajudar, minhas idéias no momento são:
  1. vou criar post no meu blog (com uma licença adequada, claro) explicando sobre o processo colaborativo TV Cultura - voluntários da Wikimedia, pois acho que poderá atrair editores entre as pessoas que lêem o Stoa.
  2. vou tirar fotos do entrevistado e colocar no Wikimedia Commons (com uma licença copatível).
  3. criei um verbete para o José Alencar no wikiquote e acrescentei o link na Wikipedia.
Acho que todo esse processo poderá atrair mais voluntários (as ressalvas das respostas às outras perguntas são importantes) para projetos da Wikimedia. Além disso, será legal conseguirmos divulgar sobre a ocorrência das entrevistas também para usuários experientes da Wikipédia, Wikiquotes e Wikinotícias, para uma edicação usando-se eventuais informações interessantes obtidas a partir das entrevistas. Como fazer isso? --Tom 05:25, 30 March 2009 (UTC)
Criei o seguinte post: Colaboração entre TV Cultura e voluntários da Wikimedia através de entrevistas do Roda Viva. --Tom 07:19, 30 March 2009 (UTC)

Como esta participação pode ser completada com outras ações (antes e depois do Programa)?[editar]

Mutirões de criação e catalogação de conteúdo relacionados aos temas e pessoas abordados. Ozymandias 22:33, 26 March 2009 (UTC)

Como assegurar a mensagem “nos projetos da Wikimedia todos podem editar”?[editar]

Enfatizar os príncipios básicos dos projetos da Wikimedia, assim como a necessidade de responsabilidade e neutralidade nas edições. Os membros dos projetos distintos deverão ser preparados para um aumento das atividades e possíveis correções. Ozymandias 22:43, 26 March 2009 (UTC)

Como dar-se-ia a seleção deste(a) voluntário(a) a cada semana[editar]

Inicialmente isto vai ter que ser com o tempo disponível da maioria dos editores. Porém, sem desprezar o público das wikis, o voluntário vai ter de ter um bom conhecimento dos projetos, de como se expressar e bom relacionamento com a comunidade. A seleção poderia ser a disponibilidade de membros wikis na semana especifica e uma votação simples da comunidade. Ozymandias 22:43, 26 March 2009 (UTC)

Qual comunidade? Pois, a pessoa poderia ser aprovada pela Wikiversidade, Wikibooks, Wikisource e não ser aprovado pela Wikipédia... Eu acho que seria melhor concentrar aqui as decisões, todos podem opinar, como sempre, mas passar em comunidade por comunidade... Rodrigo Tetsuo Argenton m 02:19, 27 March 2009 (UTC)

Quando falo em comunidade, não passar de comunidade em comunidade, mas de ser reconhecido pela comunidade e ter uma relação mais ou menos estável com a maioria. Imagine se por um erro qualquer vai um usuário neófito que desconhece os processos wikis, ou alguém com intenções de prejudicar a comunidade ? Ozymandias 11:28, 27 March 2009 (UTC)

Eu acho que uma forma interessante seria escolhermos entre os principais editores do verbete do entrevistado, quando este existir. Isso alivia um pouco o problema de personificar a wikipédia, convidando alguém diretamente da comunidade, que pode ser apresentado como "um dos editores do artigo, contactado através da Wikibrasil - mutirões pelo conhecimento livre", e garantindo que somos referenciados pelo que devemos ser: um canal para quem estiver interessado em colaborar com a produção de conhecimento livre, seguindo a visão e fortalecendo os projetos wikimedia. --Solstag 21:34, 9 April 2009 (UTC)

Problema básico: isto acaba restringindo aos usuários da Wikipédia, e esquece o povo dos outros projetos. Ozymandias 11:10, 15 April 2009 (UTC)

Como aproveitar para atrair novos voluntários na transmissão pela Internet e pela TV?[editar]

Incentivar ao público a visita às páginas dos projetos, e demonstrar através de ações nos próprios projetos a facilidade de colaboração. Ozymandias 22:43, 26 March 2009 (UTC)

Projetos[editar]

Eleição de prioridades[editar]

Pessoal que tal cada um listar 10 projetos em ordem que acham que deveriam ser priorizados para reflexão, amadurecimento e execução? Poderíamos pensar a ordem como pontos. Aqueles, entre os pontuados, que tiverem MENOS pontos podemos considerar como prioridades. O que acham?Laura Tresca 15:49, 14 September 2008 (UTC)

Acho que todos os projetos são importantes, podemos dar prioridade a alguns por facilidade e/ou por necessidade. Você propõe quais critérios? Rodrigo Tetsuo Argenton m 17:06, 14 September 2008 (UTC)

Então, acho que facilidade de execução (ou financiamento) é um critério. Mas eu usaria principalmente a importância para o cumprimento dos objetivos do instituto. Que tal? Laura Tresca 00:23, 22 September 2008 (UTC)

Apoio para os projetos existentes nas várias plataformas[editar]

Pessoal, estou numa crise. Sempre falamos do Instituto Wikipedia como um apoio para as plataformas (wikipédia, wikinotícias etc.). Estas plataformas têm projetos já formulados:

http://pt.wikinews.org/wiki/Wikinot%C3%ADcias:Projetos

http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Projetos

http://pt.wikisource.org/wiki/Wikisource:WikiProjecto

http://pt.wikisource.org/wiki/Wikisource:Projeto_Avan%C3%A7os

Algumas projetos propostos aqui dialogam diretamente com os projetos das plataformas, mas não é o caso do WikiCidadania, que seria algo totalmente novo, não previsto. Isto me remete à dúvida: não é o caso de viabilizar os projetos das comunidades do que propor algo totalmente novo? O que vocês acham? Laura Tresca 04:11, 10 October 2008 (UTC)


  1. sim ótima idéia, tem muitos projetos mesmo.Rautopia 18:12, 15 November 2008 (UTC)

Articular e/ou executar?[editar]

Vamos lá "O Instituto tem por objeto social articular, incentivar, implantar, promover, fomentar, desenvolver e difundir atividades, programas e projetos que visam a produção colaborativa e a disseminação inclusiva de conhecimento gratuito, especialmente em língua portuguesa e de povos indígenas no Brasil [...]".

Articular, incentivar, fomentar e difundir são termos que remetem a uma imagem de um instituto que é "uma ponte" entre várias atividades, programas e projetos que visam a produção colaborativa e a disseminação inclusiva de conhecimento gratuito. A palavra-chave, neste caso, é articulação.

Contudo os termos implantar, promover e desenvolver remetem a uma imagem de um instituto "que faz" várias atividades, programas e projetos que visam a produção colaborativa e a disseminação inclusiva de conhecimento gratuito. A palavra-chave, neste caso, é execução.

É claro para todo mundo estas duas dimensões? Tem alguém que acha que alguma delas não deveria ser o foco neste momento?

Laura Tresca 08:43, 16 October 2008 (UTC)

Fico com a impressão de que deveríamos iniciar as atividades com maior foco na articulação, pois alavancam os resultados quando trabalhamos em sinergia com parceiros sem consumir muitos recursos financeiros.
Nos últimos meses tenho me impressionado muito com o enorme potencial de articulação da Wikimedia Brasil, pois com a dedicação de apenas poucos voluntários está sendo possível articular um encontro bastante interessante entre organizações e indivíduos bastante relevantes no Brasil.
TSB 17:20, 16 October 2008 (UTC)
Fiquei uns dias pensando nesta questão. Acho uma questão de fundo, muito séria.
A primeira coisa que pensei foi: podemos não consumir recursos financeiros, mas não tem como escapar do capital social. As instituições e pessoas querem contribuir para o Instituto WikiMedia, porque tem nome e sobrenome. A verdade é essa. E, sinceramente, eu não vejo problema em concedê-lhes o benefício de associação de imagem. São parceiros que procuramos, que articulamos, não é verdade? Vamos oferecer isto como troca. No campo da economia solidária, tinha um reflexão que eu começava assim: por que os vizinhos emprestam o açúcar quando acaba? Neste sentido, acho ilusório que achar que as pontes podem ser construídas sem capital. Tem capital social em jogo ai.
A segunda coisa que pensei foi: se temos a faca e o queijo na mão, para que trazer uma pessoa e outra para cortar o queijo? Por que não o fazemos? Por que não botamos a mão na massa? Por que não encaramos os desafios de frente? Neste sentido, acho que temos que executar, sim. Claro que chamando outros parceiros para atuar em conjunto.
Esta coisa de articulação, de trabalhos voluntários, ela já acontece no Brasil dentro das plataformas da WikiMedia. É o caso da comunidade brasileira da Wikipédia. Neste sentido, acho que não acrescentaria nada de novo às plataformas. Sei que o Instituto pensa para além do mundo das plataformas, mas não podemos esquecer que este é o nosso mundo e temos que contribuir para melhorá-lo.
Entretanto, o que me deixa em dúvida com relação a execução é: tenho percebido que tem algumas pessoas se aproximando desta discussão preocupados em como levantar dinheiro, sem fazer a discussão de projetos. Antes de pensarmos em financiamento, temos que ter bem claro exatamente o que queremos fazer e de que forma para pensarmos em quais serão os recursos necessários e não o contrário. Em uma de nossas conversas, ficou claro para mim um projeto específico da WikiMedia Brasil: o WikiCidadania. Acho que podemos avançar na discussão dele para vermos se vai precisar de recursos ou não.
Laura Tresca 05:15, 19 October 2008 (UTC)

Laura, gostei muito das suas colocações. Acho que você tem toda a razão. TSB 16:15, 19 October 2008 (UTC)

Probleminha técnico[editar]

Gente, o Rodrigo tentou me explicar, mas eu não consegui entender. Criei várias propostas de projetos, usando o botão: Beta, WikiDiversidade e outros que até esqueci o nome. Só que eu não sei como faço para fazer o link aparecer no final da lista. Alguém pode me explicar? (Eu já tentei várias coisas e não consegui) Laura Tresca 02:07, 18 October 2008 (UTC)

Acho que a criação da página é automática, mas depois você deve incluir o título e o link da página criada na lista de projetos manualmente.
Na sua mensagem acima, ao invés de aparecer o seu nome, apareceu na assinatura apenas o seu IP. Deve ter sido porque você fez a inclusão da mensagem se ter se logado antes. Se você realmente já tiver um nome de usuário, melhor você alterar a assinatura e incluir o seu nome.
TSB 14:25, 17 October 2008 (UTC)
Exatamente o que eu não estou conseguindo fazer é incluir o link manualmente. Alguém pode me falar quais são os caminhos das pedras? Laura Tresca 02:08, 18 October 2008 (UTC)

Reorganização da lista de projetos[editar]

Essa lista pode ficar difícil de achar projetos específicos caso ela continue a crescer (ou para pessoas que acabaram de chegar, como eu). Proponho dividir a lista em grupos de acordo com o assunto, seguindo a divisão em Wikimedia Brasil/Planejamento#Planejamento. Pelo o que eu entendi a página de planejamento ficaram só exemplos, ou estou errado ?

Vou transcrever para cá para facilitar a discussão :

  • Institucional - propiciar condições para o desenvolvimento de uma organização sem fins de lucro, tanto do ponto de vista de sua sustentabilidade econômica, quanto da qualidade de seu impacto social.
  • Comunidade colaborativa - incentivar a produção colaborativa de conhecimento educativo ou informativo através do engajamento e do fortalecimento de uma comunidade autônoma e descentralizada de colaboradores voluntários.
  • Sociedade Inclusiva do Conhecimento - potencializar a geração e a disseminação inclusiva de conhecimento através do apoio a projetos eficientes e inovadores que promovam desenvolvimento com inclusão social no Brasil.

Rjclaudio 20:39, 16 November 2008 (UTC)

Sim, na página de planejamento ficaram só alguns exemplos. Mas qualquer novo formato para facilitar o entendimento de novos colaboradores voluntários é sempre muito bem-vindo. TSB 17:09, 17 November 2008 (UTC)

Fusão de projetos[editar]

Andando pela lista de projetos achei algumas idéias muito similares que poderiam ser fundidas em um projeto maior e mais amplo.

É o caso dos projetos Wikipédia para Universitários, Aumente seu vocabulário e Wikimedia Brasil/Projetos/Campanha dos 1.000 artigos principais.

O primeiro é voltado para um grupo de pessoas, o segundo para um projeto wiki, o terceiro para uma parte de um projeto wiki. É possível juntar todos eles em um só.

O projeto do vocabulário poderia ser expandido para outros projetos da wiki, o de universitários englobar outros grupos de pessoas sem ser universitários, o dos artigos essenciais usar outros grupos de artigos (como os 1000 mais visitados). Para isso eu prefiro criar um projeto mais amplo, que listaria idéias de tarefas (aumentar o vocabulário do wikicionário, melhorar os 1000 artigos essenciais da wikipedia, reduzir esboços, etc), e os grupos (alunos, usuários da wiki, administradores de todas as wikis lusófonas, etc), formas de analisar e pontuar, e principalmente, as premiações e divulgações similares.

Do jeito que está daqui a pouco criamos um projeto também para o wikisource, e pro wikiquote, e pra todos os outros, cada um com várias versões (alunos, usuários, etc), descentralizando demais as discussões.

Só ainda não sei o nome deste projeto.

Rjclaudio 15:50, 17 November 2008 (UTC)


Campus Party[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Campus Party

WikiBrasil[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/WikiBrasil

Associações Técnicas da Wikimedia Brasil[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Associações Técnicas da Wikimedia Brasil

Academia_Wikimedia_Brasil[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Academia Wikimedia Brasil

Avaliação Wikipédia[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Avaliação Wikipédia

Campanha dos 1.000 artigos principais[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Campanha dos 1.000 artigos principais

Central de Wikinotícias[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Central de Wikinotícias

Brasil wikisocial[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Brasil wikisocial

Cidade do Conhecimento USP[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Cidade do Conhecimento USP

Parceiros Inclusão[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Parceiros Inclusão

Wart - Wiki-arte[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Wart

WikiPosto[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/WikiPosto

Wikilivros Completos[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Wikilivros Completo

Wikimania no Brasil[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Wikimania no Brasil

Wikipédia para Univesitários[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Projetos/Wikipédia para Universitários

Wikimania[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Wikimania2009

Campanhas[editar]

Jimmy Wales[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Campanha/Jimbo no Brasil

Estrutura[editar]

/2008

Estatuto[editar]

Discussão:Wikimedia Brasil/Estatuto

Planejamento[editar]

1. Sobre a visão não é melhor dizer "todos os conhecimentos"? Acho que remete mais a idéia de diversidade e pluralidade. "todo o conhecimento" parece que existe um conhecimento total, único, verdadeiro, legítimo.

2. Eu gostei bastante da proposta de agrupar os projetos como ações de um programa do instituto. Seria bacana tentar agrupar todos os projetos, né? Mesmo que alguns não sejam efetivados agora. Vai que, de repente por constar no planejamento, a gente consegue viabilizar sem querer um projeto que não estava eleito como prioridade?

3. O outro comentário é uma bobagem... rss. Mudaria o termo Introdução por Contexto, porque trata-se de uma descrição do cenário onde este capítulo vai atuar. (Acho muito importante para situar de onde estamos falando).

Laura Tresca 17:22, 13 September 2008 (UTC)

Prefiro todo o Conhecimento, uma coisa única mesmo, já que a nossa meta é unir todo o conhecimento já existente. Sim é utópico, mas é uma chance cada vez mais atingirmos mais conhecimento.
Um... acho que os projetos serão tocados ao conseguirmos parcerias e pessoas interessadas daqui de dentro para tocar. Fazendo parte do planejamento ou não vai depender dos interessados.
Eu não entendo qual seria a diferença, mas se quiser mudar de introdução para contexto, pode fazer. Acho que foi utilizado Introdução porque é a introdução do planejamento. Rodrigo Tetsuo Argenton m 21:36, 14 September 2008 (UTC)
Ah, não encare como algo definitivo e imposição de opinião, estou apenas expressando a minha opinião. Talvez não tenha visto os mesmo pontos.Rodrigo Tetsuo Argenton m 21:40, 14 September 2008 (UTC)

1. Vamos lá, Rodrigo. Estas coisa de conhecimentos tem a ver com a minha alma de antropóloga... rss. Vou até propor um projeto chamado WikiDiversidade. Como um pescador explica as marés certamente é diferente do jeito que um oceanógrafo explica. Quem vai dizer que um conhecimento é válido e o outro não? Qual é o conhecimento que efetivamente coloca o peixe na nossa mesa? Existem diversas maneiras de explicar a vida. Qual é o conhecimento que realmente válido? E válido para quem? Quem vai dizer? Lévi-Strauss até não chegou a sugerir que a história era o mito das sociedades quentes?

Acho que a Wikimedia pode ser uma boa plataforma para se reunir todos os conhecimentos do mundo, que não se restringe ao conhecimento enciclopédico. ;)

2. "os projetos serão tocados ao conseguirmos parcerias e pessoas interessadas daqui de dentro para tocar. Fazendo parte do planejamento ou não vai depender dos interessados".

Eu não acredito em espontaneidade. Eu acredito em sujeitos que fazem as coisas acontecerem. Por isso, acho importante decidirmos coletivamente o que queremos que aconteça para orientar os sujeitos que estão dispostos a fazer as coisas acontecerem. ;)

3. Ah! Era bobagem... rss.

audiobook[editar]

Bom dando a minha contribuição: quero muito desenvolver e discutir projetos de áudio, já conheço como funcionaria no commons e já iniciamos um projeto assim no wikipédia[4] artigo que criei e investigo faz tempo.., alías essa era uma das perguntas lá acessibilidade...inclusão digital na realidade esse tipo de trabalho já existe vide librivox, mas poderiamos reforçar nas plataformas wiki isso sim era onde eu poderia ajudar!!!!|A biblioteca virtual da usp já faz isso faz tempo, e tenho certeza que seria um investimento social muito bom.

Bom tirando isso tenho um projeto pessoal de imprimir e criar livros do Karl Marx no wikisource esse tipo de iniciativa ainda não foi feita .Não sei como está o layout na cabeça de quem está criando está página por favor incluir essas idéias na página o esboço está aquiRautopia 00:58, 13 November 2008 (UTC)
Rautopia, você topa escrever um/dois projetos detalhando as suas idéias? abraços, TSB 11:53, 13 November 2008 (UTC)

Sim topo

Continuando esse projeto já se desenvolve no wikipédia Wikipédia audível e agora no wikisource textos audíveis.

só dizendo que esse idéia não é só minha no wikisource tem um amigo Usuário:Delemon que ajuda muito e no wikipédia muitos outros.

Por que participar?[editar]

Acho bastante importante construirmos esta página coletivamente, com uma lista que não deve ter necessariamente um ponto firnal. Pelo contrário, pode ser o espaço para todos participarem livremente e adicionarem novas sugestões. Faço apenas uma recomendação (bastante séria, por sinal): sugiro trocar os verbos de cada item de "vai fazer" para "poderá fazer", para não criarmos compromissos sem a certeza de podermos concretizá-los.TSB 19:06, 14 April 2008 (UTC)


Pessoal,

Concordo que a lista não precisa ter ponto final. Acho que a lista está muito voltada para apresentar as intenções do capítulo local,(com linguagem até de estatuto: "objeto social"), mas de fato não apresenta motivações para as pessoas se engajarem, um sonho a ser construído com muitas mãos. Aliás, apresenta: o sonho do instituto em si, mas o sonho tem que ser maior que a instituição. Isto já está presente no estatuto, mas não aqui. Posso propor uma mudança da lista?

Abaixo, está um trecho de um texto que escrevi sobre mobilização:

O pressuposto fundamental para a mobilização social é a possibilidade de mudança.[...] Os horizontes utópicos não são uma perspectiva individual mas um imaginário coletivo, que vislumbra um futuro por construir com muitas mãos:

"A mobilização social não é uma oportunidade de conseguir pessoas para ajudar a viabilizar nossos sonhos, mas de congregar pessoas que se dispõem a contribuir para construirmos juntos um sonho, que passa a ser de todos. Se esse sonho excluir alguém, esse alguém não vai se comprometer e vai buscar atacar, desestimular e destruir o movimento e a disposição dos outros para agir"(TORO; WERNECK, 1996, p.37). Laura Tresca 14:51, 13 September 2008 (UTC)

Acho excelentes a observação e a proposta de conteúdo. Temos muito a caminhar no entendimento e na concretização deste ideal e a sua abordagem é uma ótima inspiração. TSB 00:37, 15 September 2008 (UTC)
Gostei muito dos novos motivos da lista!!! TSB 18:33, 21 September 2008 (UTC)