Discussão:Wikimedia Foundation/Comitê de Afiliação/Dúvida sobre nossa estrutura

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar

Palpites[editar]

Gente, falo em meu nome pessoal, não como WMF: corrijam-me se eu estiver errada, mas minha impressão é de que essas coisas não se excluem necessariamente. Na realidade, menos do que legitimar o movimento, o capítulo seria uma instituição que apoiaria o movimento. As atividades não seriam conduzidas exclusivamente pelo capítulo ou pelo movimento, mas por ambos. O capítulo apoiará o desenvolvimento de atividades pelo movimento sempre que necessário e desejável. Isso não significa que todas as atividades de voluntários do movimento terão que passar por um filtro ou aprovação do capítulo. Mas significa que o capítulo terá por objetivo promover atividades, parcerias e programas em consonância e sinergia com o movimento. Não se trata de coisas estanques, separadas. A visão do capítulo seria uma espécie de metonímia (sinédoque, pra ser mais exata) do movimento: a parte pelo todo. E teria por missão apoiar e fortalecer o movimento e a comunidade. Bom, meu palpite pessoal.--Oona (discussão) 22h09min de 5 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]

Vamos melhorar algumas coisas, a Associação não terá a função de gerir ou promover atividades, e sim de dar apoio legal, quando houver uma necessidade. Também poderá ser utilizada como forma de "financiamento" de atividades, ou reembolso, para a realização das atividades promovidas pelos voluntários do Movimento Wikimedia Brasil (ou simplesmente Movimento Wikimedia). Rodrigo Tetsuo Argenton m 22h22min de 5 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]
O método como nos organizaremos internamente, na realidade, não importa muito para a WMF. De forma que podemos assumir a roupagem de grupo formal para a WMF e prosseguir com nossos projetos comuns dentro da WMBR. Desta forma podemos responder para a WMF que seremos um grupo formal, com uma direção e objetivos alinhados com os outros capítulos mas que sempre terá espaço para os diversos tipos de colaboração dentro do conhecimento livre. Simples, rápido e sem maiores dificuldades. Ozymandias (discussão) 23h55min de 5 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]
Boa sugestão. MetalBrasil (discussão) 12h41min de 7 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]

Aff.. Com[editar]

Não é à toa que os caras se chamam de "Aff! Com", então o que esperar né? É a mesma ladainha do chapcom, com roupas novas pro imperador ;-) Bem, a gente montou o circo pra tapear esses caras mesmo, então a questão é se vamos seguir em frente fazendo pose, ou vamos explicar o que tem na cartola junto com o coelho e ver se eles acham graça. Qualquer que seja a opção, não me importa, podemos ser o capítulo, o user group, "os brasileiros", mas o importante é que somos o Movimento Wikimedia Brasil, apoiado em vários pilares, inclusive institucionais, mais legítimos que esses Aff! e muito em breve também apoiado pela Associação Pietro Roveri para Colaboração e Conhecimento Livres, e vamos pro abraço. Não há nada que o "Aff!Com" possa fazer pra nos impedir de pedir grants e até mesmo receber apoio via o Comitê de Disseminação de Fundos (FDC). Soçarba, --Solstag (discussão) 22h40min de 5 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]

No inferno, abraça o capeta... a mensagem tem boas intenções, mas parece querer "pegar" pela "intenção". Isto aí deve ter um dedinho de sabotagem, do tipo que algum usuário (a) fica soprando aos 4 ventos que este grupo é dividido e não representa nada... não é estranho o pedir ter "uma liderança responsável"? Responsável de acordo com quem ? De acordo com alguns usuários daqui que babam para o pessoal da WMF ou de acordo com alguns capítulos e grupos que são contra a WMBR, querendo impor quem querem a fórceps ? Ozymandias (discussão) 23h44min de 5 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]
Acho que para quebrar a gente pode falar "cara, nós fazemos que nem a WMF para com o Movimento Wikimedia", tipo a Associação assumiria o papel de WMF, dando grant que nem o SS, e o Movimento realiza as atividades. Acho que é um ponto que eles não podem falar "aahh mas isso não pode". Pois já o fazem e é um dos big boss que faz.
E eles nem podem falar que eles não entenderam, eu já literalmente desenhei o modelo para eles. Rodrigo Tetsuo Argenton m 05h16min de 6 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]
Não é tão simples, porque eles vão responder que então nós somos simplesmente iguais a qualquer outro capítulo. Eles pensam em si mesmos exatamente como você descreveu Rodrigo. E então teremos de explicar detalhes, ou admitir para eles que somos iguais mesmo, o que vai gerar muita merda no futuro. Não tem saída. O que eles deviam entender é que não faz porra de diferença nenhuma pra WMF nem pra eles uma vez que o estatuto garante que eles vão ter todas as garantias legais e processuais que eles querem. Fora isso cada comunidade devia ser livre pra se organizar, mas vai dizer isso pros negos que trazem para você coisas como a WCA. Assim, o melhor pode não ser explicar todo o monstrinho, mas pelo menos dar uma noção de como em caso de emergência ele recai nos modelos que eles já tem em mente. Comecei a tentar fazer isso lá na página do meta, onde sugiro continuarmos a discussão pois assim eles vão também nos falando como estão entendendo - o que ajuda em muito essa conversa: meta:Talk:Wikimedia_Brasil/AffCom. --Solstag (discussão) 10h40min de 9 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]

Criticas...[editar]

Acho que temos que desenhar meramente o que escrever, pontos que foram levantados e que precisam ser corrigidos.

  • Somos UM time, não há separação dos grupos, como se sugere no segundo parágrafo.
  • No terceiro parágrafo tem uma chutada na gente, do tipo "ou vocês fazem ou o que a gente quer, ou que se f que vcs têm uma associação legal, não serão um capítulo". Aqui tem umas coisas que me doem bastante. Primeiro eles falam que capítulos têm representantes, e acaba, fim de discussão. E que a comunidade existente, ou seja, pessoas que em teoria são do Movimento Wikimedia, que eu bem me lembro trabalha em uma lógica não-hierárquica e horizontal nos projetos, e em teoria deveria levar isso para frente, não quer que a gente trabalhe de uma forma não-hierarquica.
  • De novo no terceiro parágrafo, tem outro ponto "a new concept of affiliation with the movement with many of the benefits of recognition without the need to conform to a central model.", parece algo "não vão fazer parte do nosso grupo, se vocês forem diferentes, ou pensarem de modo diferente" ou simplesmente, pensarem. Já tenho uma visão, digamos, até em certo ponto preconceituosa para com outros capítulos, e essas reafirmações da minha visão não melhoram em nada, me sinto no jardim de infância quando eu vejo esse tipo de postura...
  • No quarto tem só uma coisinha que me deixa encucado, se eles acham que não têm informações atuais, como estão nos julgando!???
  • Em resumo, qual a real vantagem de ser um legal chapter? Acho que podemos conversar diretamente com a WMF e ver se eles "sedem" a marca Wikimedia Brasil e fala que os meninos mais velhos não nos deixaram brincar com eles, mas queremos a nossa bola, e se ninguém quiser brincar conosco, a gente brinca sozinho, ou com alguma garota que não queira mais tanto brincar com os outros...
  • Só acho que não podemos nos render e falar "olha esse daqui são nossos representantes, tá aqui os nossos planos de governo, também em anexo todas as formas burocráticas que vcs pediram para termos, além do nosso pedido para uma cadeira no senado do WCA". Não vou arredar o pé e falarmos que temos representantes, ponto. Não vou matar o que já fizemos, e também não vou falar que eles têm o melhor modelo para o Brasil. Também não vou me sujeitar a dizer que agora todas as atividades serão geridas por membros de uma instituição legal. Se para isso ocorrer não seremos capítulo, pois bem, podem me chamar de pombagira, não me importo, deixando a gente trabalhar, reconhecendo que somos a WMBR e nos repeitando, podem nos chamar de Grupo Geyse. Rodrigo Tetsuo Argenton m 05h54min de 6 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]
Concordo com todas as críticas. O conceito de administração não hierárquica é não só a base em que o Wikimedia Brasil se desenvolveu como também um dos principais estímulos que nos levaram a fazer tudo o que fizemos nos últimos anos, não podemos jogar isso fora, fizemos tudo o que fizemos sem nunca ter um representante, já está comprovado que essa forma de administrar funciona, não precisamos mudar só para nos encaixar no conceito de "Capítulo" que não nos confere nada além de um status superficial em relação ao de "Wikimedia User Group". Se eles querem nos dar esse status diferente só por não termos representantes então que seja, vai ser engraçado quando o "Wikimedia User Group" começar a render mais resultados do que os capítulos. Danilo.mac (discussão) 00h07min de 8 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]

Visão de um voluntário[editar]

I was under the impression that there are people who see a Brazilian chapter less as a vehicle of activity and more as an organisation to legitimize the activities of a less formal, non-hierarchical open movement, while others are more in favour of a "traditional organization"?

Bom, eu sou um exemplo de um voluntário que primeiramente apoiava um modelo mais tradicional, centralizado. Argenton lembra da Wikimania 2011, que o primeiro brasileiro que eu bati de cara foi esse doido e a nossa primeira discussão foi essa, hahaha. Mas é coisa que as discussões e participar mais ativamente do movimento me fizeram adapatar a visão para a corrente no nosso grupo.

Acho importantíssimo ressaltar que já não existem mais "visões diferentes sobre a nossa estrutura" na atual Wikimedia Brasil. Quatro anos de movimento e discussões periódicas, trabalho em equipe, e a nossa união e decisão em fundar a associação confirmam isso. Estou falando por todos, mas acredito que pelo que eu converso e entendo de todos, acredito que os voluntários da Wikimedia Brasil estão cientes e consensuais de como o nosso modelo funciona e como ele vai funcionar após o chapter, não existem mais partidos quanto a isso. Não mais. MetalBrasil (discussão) 12h37min de 7 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]

Conversa AffCon[editar]

E olha que interessante... uma das pessoas que vai participar da conversa com a Wikimedia Brasil é a Maria da WMES, a principal motivadora da não aceitação da Amical no Iberocoop e de restrições contra a WMBR durante diversas discussões. Então não me espanta que a AffCon surja com um pensamento destes, de última hora. Ozymandias (discussão) 13h35min de 8 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]

Também acho que rolou um conflito de interesses. Eu não falei lá, mas acho estranho... Rodrigo Tetsuo Argenton m 17h23min de 8 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]
Actually, I have been involved with the Brazilian process since I helped review the Brazilian bylaws a few months ago in Santiago de Chile, as Castelo and Vinicius can tell you. In fact, the Affcom members that participate in Iberocoop were gratefully thanked for their help with the review, since it sped things up. Now it is a problem that we are involved? Btw, the Webex call was not my idea. How is casting nasty false aspersions about me helping your process? From our point of view (AffCom), we are still waiting for a response to the email sent to you by Bence. María (Ps: It'd be a coi if I was a member of WMBR. I am not.)
Maria, por que escreveu em inglês?
Eu acho que pela relação atual entre WMBr e Iberocoop, não é salutar que tanto você, quanto o Galileo estejam acompanhando o caso. E a relação mudou bastante do Iberocoof até o momento atual.
E se ver essa página aqui foi criada para dar uma resposta ao email do Bence, e como já dissemos no Iberocoop ( e não respeitaram isto) e já dissemos ao Bence, estamos próximos ao nosso encontro nacional e este é o foco. Por isso estamos "demorando" para responder o email, então do meu ponto de vista, essa cobrança é desrespeitosa.
Mais uma coisa, essa sua mensagem com certa agressividade só reforça a minha prerrogativa. Rodrigo Tetsuo Argenton m 12h43min de 9 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]
O Galileo nunca se manifestou de forma preconceituosa (pelo que vi até hoje), ao contrário da dita usuária. É o tipo de usuario que impediu um grupo com mesma proposta que nós de participar do Iberocoop que pretende dar alguma licao de moral. Também é a mesma usuaria que diz que a verdade chega torcida até a WmBR e que tomamos decisões falhas porque as informações são "manipuladas". Então como uma pessoa desta pode ajudar ou analisar algo, se, pessoalmente, já tem sua opinião formada ? Mas vantajoso para ela que sejamos transparentes e possa vir escrever aqui (logicamente para inglês ver, já que poderia escrever em espanhol, p.ex). De mim, vira e mexe, falam mal ocultamente e não me permitem responder ;) Ozymandias (discussão) 16h44min de 9 de outubro de 2012 (UTC)Reply[responder]