Wikimania/2013/Relato

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar

Apresentações[editar]

The coolest projects of Wikimedia Chapters - Be inspired![editar]

Foram apresentados os melhores projetos dos capítulos em todo o mundo, segundo a opinião dos próprios capítulos, que tiveram a oportunidade de escolher até 3 dos projetos desenvolvidos ao longo do ano. A apresentação com a lista completa está aqui. Vou listar alguns dos que eu achei mais interessantes com uma pequena descrição:

  1. Wiki Wednesday (Wikimedia Danmark): grupos informais que se encontram em diferentes locais de Copenhague todas as primeiras quartas-feiras do mês desde 2010 para visitar museus, galerias de arte etc. DICA: faça isso todos os meses mesmo se pouca gente ou ninguém aparecer.
  2. Wikiekspedycja 2012 (Wikimedia Poland): expedição no norte da Polônia para tirar fotografias; 11 pessoas divididas em dois times; 3780 imagens obtidas e carregadas no Commons.
  3. 35 hours Edit-a-thon in Barcelona (Amical): 35 horas de edição em comemoração aos 35 anos de criação da Fundació Miró. 80 participantes. Atividades paralelas para ajudar a manter o foco dos editores: yoga, tour à meia noite, performances. 150 artigos escritos.
  4. Ada-Lovelace Day 2013 (Wikimedia United Kingdom): edit-a-thon e um painel de discussões sobre mulheres na ciência; 16 participantes, sendo 14 novatos.
  5. Viki Avir Wiki Air (Wikimedia Israel): parceria com associações de pilotos e proprietários de aeronaves para ocupar os assentos vazios de alguns voos com "wiki-fotógrafos", para obter fotos aéreas; 5 voos e 1500 fotografias obtidas.

Science GLAM[editar]

Science GLAM compreende as atividades desenvolvidas em parceria com GLAMs voltadas a obter material para os artigos relacionados a Ciência nos projetos. Foi relatada uma colaboração entre a Wikimedia França e o Museu de História Natural de Toulouse, o Projet Phoebus, de onde saiu a Foto do Ano de 2012 do Commons. Foram obtidas milhares de fotografias em alta resolução para ilustrar os artigos. Todo o trabalho foi voluntário.

Wikimania Scholarships[editar]

Uma discussão sobre o processo de concessão de bolsas para participação no Wikimania. Ao longo dos anos, a Wikimedia Foundation tem aumentado em valores absolutos o investimento em scholarships para o Wikimania. Acredito que este ano tenham sido aproximadamente 150 mil dólares (esqueci de anotar) para 160 voluntários beneficiados (entre bolsas parciais e completas). Destaque para as bolsas concedidas pelos capítulos, que, em geral, estabelecem seus critérios específicos, como, por exemplo, que o concorrente resida em determinado local. Muitos apontaram falta de clareza nos critérios e de transparência na escolha. Alguns reivindicaram uma justificativa para aqueles que tivessem seus pedidos rejeitados. Também foi sugerido que os participantes da comissão de scholarships pudessem também concorrer às bolsas. Além disso, muitos casos de pessoas que tiveram as apresentações submetidas aprovadas, mas as bolsas rejeitadas, foram lembrados. Uma das opções que se sugeriu para esses casos foi privilegiar aqueles que submeteram apresentações, no entanto, também se discutiu que o tempo poderia ser um agravante, uma vez que o resultado das bolsas sai antes do resultado das apresentações.

Wiki Loves Monuments - panel[editar]

Apresentação sobre o progresso do Wiki Loves Monuments desde 2010, quando foi criado na Holanda, até ser considerado o maior concurso fotográfico do mundo pelo Guinness. Basicamente, foram apresentados os números do concurso. Depois, teve lugar uma sessão com organizadores do Wiki Loves Monuments em diversos países. Algumas dúvidas práticas da plateia puderam ser respondidas, como, por exemplo, a melhor maneira de organizar um WLM quando não se tem uma lista de monumentos.

Flow Funding[editar]

Os dois apresentaram brevemente os resultados da experiência do piloto do Flow Funding. A proposta do Flow Funding é atribuir aos próprios voluntários do movimento Wikimedia a tarefa e o poder de indicar projetos a receberem recursos do movimento. A WMF aprovou em 2012 um piloto com valor baixo e o projeto aconteceu até meados deste ano. Minha impressão é de que o projeto ainda não decolou, mas tem potencial para ser bom. O Abdo participou dele e poderá fazer uma avaliação mais cuidadosa e detalhada. No Brasil, o projeto indicado pelo Abdo foi o Transite, de um fotógrafo que vai pedalar um montão de quilômetros e publicar as fotos tiradas no Commons, além de conversar com transeuntes em seu percurso. Além deste, outros três projetos foram aprovados. Os recursos investidos ficaram aquém do planejado. Havia 20 mil dólares para serem gastos e os projetos recomendados somaram um orçamento de aproximadamente 7 mil dólares. Uma dúvida que levei comigo porque só consegui formular depois que saí da apresentação foi: o que faltou? Faltaram projetos bons? Faltou organização? Faltou uma dinâmica favorável e encontrar os projetos? Faltou divulgação? De qualquer forma, pelo informe que deram, o piloto deve seguir por mais um ano.

FDC[editar]

A atividade do FDC não foi uma apresentação, mas uma dinâmica em que podíamos perguntar ou levantar questões aos membros do FDC em relação a valores e itens a serem financiados (o quê e quanto), quais métricas para avaliar (o que se objetiva medir para saber se deu certo um projeto), o que se espera que um projeto responda e mais algum item que me esqueci agora. Achei a atividade confusa para o tempo disponível e pouco esclarecedora para potenciais grantees (era o tipo da dinâmica que podia funcionar se houve mais 2 horas de atividade). Fiz a crítica e a própria equipe que a conduzia identificou problemas também. De qualquer forma, foi útil para a equipe do FDC identificar quais eram as questões, dúvidas e críticas dos potenciais grantees.

Global South Strategy[editar]

O Asaf apresentou a nova estratégia da WMF para o Global South e fez isso no estilo "papo reto". A apresentação está disponível aqui. Basicamente, eles continuam trabalhando com Brasil e Índia com instituições parceiras locais (como aqui já sabemos), e estão abordando outras comunidades como a da Argentina, México, Turquia, Filipinas, Egito, Indonesia e Vietnã. Algumas delas por meio de capítulos, outras diretamente em contato com a comunidade online. A premissa é que para melhorar a diversidade de conteúdo da Wikipédia, bem como ampliar o acesso ao conhecimento em todo o mundo, é importante trabalhar com países do "Sul Global" (evitou-se entrar na polêmica sobre o termo). E dentre os princípios que nortearam a seleção dos países está o de já existir uma comunidade ativa. Eles não vêem possibilidade de tentar 'catalisar' comunidades sem editores ativos e dispostos a tocar o projeto. Chamou a atenção o fato de todas as falas do público terem sido em torno dos países africanos. Viu-se que a África (exceção de Egito, que é norte da África) estava fora do planejamento da WMF e houve críticas e questionamentos bem contundentes, provocando a WMF a atuar também onde não é simples iniciar um projeto. A resposta foi a de que evidentemente continua havendo outras formas de financiamento disponíveis e que podem ser acionadas, que a África é importante, e que se houver projetos, eles podem e devem ser levados à WMF, mas com a ressalva de que não tinham aparecido na lista de prioridades por não terem identificado a 'porta de entrada' para isso, a comunidade ativa, etc. Mas deu-se o exemplo de Gana, que estava começando um pequeno projeto com apoio via os grants normais.

Encontros[editar]

Grantmaking[editar]

Organizado pela equipe responsável pelo Grantmaking da Wikimedia Foundation, esse encontro informal serviu para conhecermos os funcionários da fundação diretamente relacionados com o assunto, qual a função de cada um no processo, além dos voluntários que compõem o FDC e o papel importante que eles exercem na distribuição dos grants. Basicamente, todos se apresentarem e houve uma explicação rápida sobre os critérios na concessão de grants. Infelizmente, foi num lugar aberto e com muito barulho, por isso foi quase impossível ouvir todas as falas.

Affiliations Commitee[editar]

O encontro marcado com o AffCom teve por objetivo revisitar o processo de criação do capítulo brasileiro. Estiveram presentes Vinicius Siqueira, Mateus Nobre, Sturm e parte dos membros do AffCom. A princípio, pudemos esclarecer que não houve incorporação da Associação Pietro Roveri, portanto, não houve descumprimento ao guia do AffCom. Também fomos informados (o que já sabíamos) que o AffCom não havia recebido o estatuto corrigido, por isso eles alegam ter interrompido o processo de análise de aprovação do capítulo. A impressão é que houve um grande mal entendido durante todo o processo. Fica o ensinamento de que devemos melhorar a comunicação com o AffCom para conseguirmos a aprovação do capítulo. Dessa forma, propôs-se o estabelecimento de uma comissão da WMBR para lidar diretamente com o AffCom, facilitando o fluxo das informações. Também foi discutida a possibilidade de, ao invés de submetermos para a aprovação de um capítulo, que submetêssemos primeiro para grupo de usuários (User Group). Aparentemente, o processo é mais rápido e simples, além de não haver a necessidade de se estabelecer uma entidade legal no Brasil.

Affiliations Commitee II[editar]

Oona também se reuniu com Affcom para falar da Ação Educativa (provavelmente, num futuro próximo, os parceiros da WMF passaram por algum processo junto ao Affcom). Também foi discutida a diversidade de 'aplicações' dos user groups. Por exemplo: é interessante que, ao identificarmos grupos articulados no Brasil (como é o caso de um grupo grande de professores da UFRGS) em torno dos projetos Wikimedia, os remetamos às formas de afiliações (sejam elas temáticas ou de grupos de usuários)? Haveria algum tipo de problema (embora na teoria não exista, como fica "na prática"/"na política") em relação à existência eventual de mais de um grupo de usuários no país? O entendimento é de que não há nenhum tipo de restrição quanto a isso, principalmente quando se trata de grupos com objetivos e conformações distintos. Acharam interessante a possibilidade de grupos universitários articulados sejam grupos de usuários.

Iberocoop[editar]

A reunião consistiu em dar continuidade às discussões iniciadas na mailing list do Iberocoop. Falou-se da próxima Iberoconf realizada pela Wikimedia México (definição da agenda do encontro), dos possíveis projetos a ser realizados pelos capítulos, como transcrição dos discursos de Salvador Allende (WMCH) e concurso de biografias das mulheres ibero-americanas (WMIT). Também foi discutida a necessidade de se adotar alguma forma de medir o impacto das atividades do Iberocoop (também por ser uma demanda da WMF para financiar os projetos, como Iberoconf). Por fim, falou-se do atual estado da Wikimedia Portugal (inativa) e da necessidade de o Iberocoop tentar ajudar a restabelecer o capítulo através de auxílios práticos.

Frankfurt Buchmesse 2013[editar]

Jens Best (WMDE) procurou os brasileiros que estavam na Wikimania para conversar sobre um projeto deles para Feira de Livro de Frankfurt, para melhorar verbetes sobre autores brasileiros. 2013 é o ano do Brasil em Frankfurt e vai uma delegação considerável. A ideia é que wikipedistas brasileiros possam ajudá-los a entrevistar os autores e editem juntos os seus verbetes, além de tirar fotos de todos eles em CC-BY-SA para o Commons - e os brasileiros poderiam levantar também que verbetes gostariam de melhorar na Wikipédia em Português sobre outros autores que estarão lá. Outra ideia é participar da feira que acontece no Rio no fim do mês, com autores alemães. A ideia é bacana por permitir uma interação e parceria com editores de um projeto em outra língua (e de alta qualidade), vai resultar em troca cultural e criar um piloto que, se der certo, pode se repetir com mais frequência. A Wikimedia Alemanha está vendo se aprova os recursos para levar a ideia adiante (eles bancariam) e nós aqui precisaríamos debater o que queremos do projeto (que verbetes melhorar, participar da feira do Rio ou não, etc). A ideia inicial é que tenha um editor experiente e um novo, pelo menos, além de alguém mais envolvido com atividades de outreach, institucionais etc., se possível.

Wikimedia India[editar]

O interesse de nos reunirmos com os indianos no Wikimania se deu pelo fato de haver muitas semelhanças entre o Brasil e a Índia no movimento Wikimedia: nós e eles lidamos com a co-existência da WMF em nossos países. Diferente de nós, eles não tiveram uma boa relação com os funcionários da Fundação no país, o que obrigou a WMF a rever o seu modelo de participação na Índia. Esse modelo também será aplicado no Brasil. Embora tenham estabelecido um capítulo há bastante tempo, a Índia tem grandes dificuldades criadas pela sua enorme extensão geográfica e diversidade cultural (são dezenas de línguas faladas em todo o país, inexistindo um idioma único, obrigando, portanto, que haja inúmeros projetos Wikimedia num único país).

WMF Learning and Evaluation[editar]

Na segunda, pós Wikimania, houve um encontro conduzido pela equipe de Learning & Evaluation da equipe de grantmaking da WMF para debater com grantees (quem recebe o financiamento), membros dos comitês decisórios (GAC e FDC), a equipe do Program Evaluation and Design. Éramos cerca de 25 no total, sendo 3 do Brasil (Célio, Oona e Henrique). O objetivo geral da atividade, que durou o dia todo, era identificar "como aprender mais com e contar melhor os nossos erros". Houve uma série de dinâmicas que tinham por objetivo fazer as pessoas "trocarem de chapéus" (quem é financiado, tem que pensar com cabeça de financiador, comitê, e vice-versa), para o exercício da sensibilização das dificuldades alheias. Apresentou-se rapidamente também uma ferramenta que será utilizada para auxiliar os desenvolvedores dos projetos a fazerem avaliações: trata-se da Meta:Training/Wiki_Metrics.

Achados e Perdidos[editar]

Achados
  • Sra. Débora Medeiros, perdida no capítulo alemão. Lembrar: cooptá-la o mais rápido possível; impedir que migre para o lado negro da força; afastar a influência maléfica do Mateus. Vinicius Siqueira 17h25min de 16 de agosto de 2013 (UTC)[responder]
  • ela é muito bacana mesmo! Do Global Voices e doutoranda lá. Acho que já entrou pra lista, né? Ou pelo menos falamos para entrar.--Oona (WMF) (discussão) 14h25min de 18 de agosto de 2013 (UTC)[responder]
Perdidos
  • Meu celular: um Samsung Galaxy bonito como o dono. Visto pela última vez num táxi vermelho em Hong Kong. Se encontrar, contate o dono, plz. Não esquecer de pedir o refund à fundação. Vinicius Siqueira 17h25min de 16 de agosto de 2013 (UTC)[responder]
Vini, ouvi dizer que encontraram no "foot massage, foot massage"! --Everton137 (discussão) 05h05min de 18 de outubro de 2013 (UTC)[responder]