Wikimedia:Ágora/O que você está lendo?

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar

Caros, vinha com essa idéia de criar um tópico aqui na Ágora para compartilharmos o que cada um está lendo e um tópico criado pelo Névio me motivou a fazer isso agora. Como conversando com alguns de vocês em particular acabei descobrindo autores muito interessantes, pensei que seria legal um espaço para essa troca aqui na Wikimedia Brasil. Podemos colocar links para o artigo do autor na Wikipédia, pequenos excertos, comentários nossos, citações, contextualização da obra e até trabalharmos com a melhoria do WikiSource, da Wikipédia e do WikiCitação. Fica aqui a sugestão e em breve coloco alguma descrição de um livro que comecei recentemente, Em busca de um mundo melhor, do Karl Popper. Também estou lendo o Logicomix, um livro em forma de história em quadrinhos que narra a busca de Russell, um filósofo que gosto muito, pelos fundamentos da lógica matemática. --Everton137 16h35min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Por ora, relendo (pela 16 e 37 vezes, respectivamente- sim, mantenho um controle e releio uma série de livros a cada 60 dias)): Deus- uma ilusão e O Gene Egoísta (ambos do Richard Dawkins).Ozymandias 16h53min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Que tal, além dessa ótima idéia, criarmos a página Clube do Livro WikimediaBrasil, onde as pessoas se organizarão para ceder e pegar emprestados livros que já tenham lido?

Eu acho muito legal a idéia e espero que dê certo! Poderia funcionar até para fazermos encontros discutindo sobre os livros e mutirões para editar a Wikipédia todos juntos. : ) --Everton137 20h55min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

A comentar. --Everton137 16h40min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Wikipédia, a enciclopédia livre, vários autores

[editar]

Muito bom mas muito longo e de qualidade desigual.Jo Lorib 16h53min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Comecei a reler motivado pelo tema da Prof. Juliana Bastos, sei que não é uma fonte boa para História da Roma Antiga, mas é delicioso de ler.Jo Lorib 16h54min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Um dos meus livros de cabeceira, junto com Teoria dos Jogos e da Cooperação, constitui uma das minhas bases de pesquisa acadêmica, entendimento do mundo, etc. Ozymandias 16h58min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

A Bíblia atéia por excelência. Ozymandias 16h58min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

White King and Red Queen: How the Cold War was fought on the Chessboard[1], de Daniel Johnson

[editar]

Visão enxadrística razoável, contextualização histórica boa, peca pela visão parcial do autor a respeito do comunismo e judaísmo. OTAVIO1981 (discussão) 17h14min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Opa, ótima hora para lembrar de ressuscitar os campeonatos de Xadrez da Wikipédia XD Ozymandias 17h18min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Uma "auto-biografia" (não intencional e talvez não muito confiável) de um médico e humanista sueco. Vinicius Siqueira 17h42min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

O Espírito na Arte e na Ciência, de Carl Jung

[editar]

Ensaios de Jung sobre várias personalidades da Ciência e da Arte, como Paracelsus, Freud, James Joyce. Vinicius Siqueira 17h46min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Leio bem mais literatura que livros científicos.

O livro, inclusive, pode ser postado ao Wikisource, mas está incompleto. [2] MetalBrasil 23h04min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Sim, eu que comecei na época o projeto para traduzir o livro no Wikisource, mas acabei sem tempo (estava traduzindo ao mesmo tempo Um Estudo em Escarlate, Tao Te Ching e Open Mishná, que também estão no projeto). Quando terminar a Mishná, tento voltar ao livro. Ozymandias 18h57min de 14 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Sobre a Revolução, de Hannah Arendt

[editar]

Ainda no começo e a primeira obra que leio da autora, após ler a sua biografia. Pietro Roveri 00h11min de 15 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

A Metamorfose, de Franz Kafka

[editar]

Livro pequeno, conta a história de um homem que se torna um inseto. Eu gosto quando a realidade é alterada de alguma forma, e isso implica numa revisão daquilo que fazemos cotidianamente -- acho que estamos fazendo isso várias vezes durante o(a) dia, semana, mês, vida. Jonas AGX 02h59min de 2 de janeiro de 2012 (UTC)[responder]

Se gostar de Kafka, depois desse, siga para "O Processo". Abraços, Pietro Roveri 14h52min de 2 de janeiro de 2012 (UTC)[responder]

Os últimos soldados da Guerra Fria, de Fernando Morais

[editar]

Passei na frente do outro. Muito bom o livro que trata dos agentes cubanos infiltrados na Flórida para combater o terrorismo dos grupos anti-castristas. Tais grupos, sediados na Flórida, contavam com suporte velado do governo estadunidense e cometeram ataques em hotéis e locais turísticos de Cuba. Li as quase 400 páginas em 2 dias, é daqueles que não dá para parar de ler. Pietro Roveri 01h28min de 4 de janeiro de 2012 (UTC)[responder]