Usuário:555/Não aceitação da regra do menor termo

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar


Na oficina do domingo (9/02/2014) eu acabei intervindo e vomitado dados e mais dados e mais dados dessa coisa que ocupa quase um tuíte inteiro mais acima para receber um título de página (não aceitação da regra do menor termo).

Como tanto os voluntários quanto a equipe WMF+AE se perdeu no meio disso (e eu também, o pessoal "externo" só não se perdeu porque ficou exclamativo com um assunto desses existir), deixo aqui um condensado que tanto tira o {{carece de fontes}} da minha fala quanto pode ajudar a entender melhor o assunto. Está como subpágina de usuário porque inclui também a interpretação de um certo alguém emotivo e temperamental (ou seja, sem preocupação de apuração com muito rigor, especialmente pelo grande envolvimento que tenho no assunto). Lugusto 17h03min de 11 de fevereiro de 2014 (UTC)

A[editar]

Sobre eu ter dito algo como a então presidente [1] da Wikimedia chegou em 2007 e disse que se os Wikisources continuassem existindo eles teriam de se adaptar à lei de direitos autorais estadunidense, expressei a minha interpretação a partir dos seguintes ocorridos:

  1. m:Wikiquote FR/Closure of French Wikiquote: em agosto de 2005 a Wikimédia France recebeu uma carta onde o fr.wikiquote estaria supostamente infringindo os direitos autorais de uma editora, por ele reproduzir uma quantia supostamente substancial de coletânea de citações pré-existente. [2] Não meparece que foi empregado um real esforço para apurar a situação, nem que a opinião dos editores em si daquela época tenha realmente ajudado muito. A editora mesmo os contactou uma vez. Mesmo assim, decidiu-se agir de forma preventiva e simbólica (querendo afirmar que se preocupam, sim, com a questão) e, sete meses depois, o wiki inteiro foi zerado e trancado contra novas edições. Eu mesmoregistrei as capturas de tela do antes e depois. Acabou sendo re-aberto, ainda do zero, oito meses depois.
    É plenamente compreensível uma atitude tão drástica ter sido tomada, especialmente por na época a Wikimedia Foundation ainda ser apenas levemente menos caótica que um wiki sem usuários com acesso administrativo, mas ainda assim foi lamentável que não tenha sido feito nenhum esforço para apurar o fato realmente ocorrido. No meu ver, os editores do fr.wikiquote foram pegos como pessoas que deveriam provar sua inocência, não houve tentativa da Wikimedia tentar por si apurar os acontecimentos.
  2. Discussão entre editores: pelo que pude localizar escavando alguns links, a questão surgiu de forma voluntária, sem pressões externas, a partir do movimento natural da comunidade do Wikimedia Commons ir se especializando na curadoria digital e descobrindo coisas novas ou mais específicas. Isso ganha certas proporções, criam uma tentativa de abaixo-assinado que fracassou, assunto foi levado aos Wikisources.
    A questão é que nos projetos Wikimedia sentimos a necessidade de seguir as leis de direitos autorais na interpretação mais restritiva, garantindo que todo nosso conteúdo possa ser livremente reutilizado a qualquer momento. Surge essa dúvida, surge a necessidade de esclarecimento. Pessoal do it.wikisource se organizou eescreveu à Anthere/Florence Devouard, então chair do Board of Trustees da Wikimedia Foundation, pedindo esclarecimentos. Depois de um tempo veio a resposta, com a recomendação de que os materiais em domínio público no país de origem mas protegidos nos EUA devessem ser eliminados.

Conclusão: ela não obrigou nada, mas o contexto em si que obrigou. Houve o precedente de um wiki inteiro ser eliminado por algo muito menor, uma suspeita de infração, e tínhamos aqui uma certeza de infração, por mais surreal que ela fosse. A FAQ na época da zerada no fr.wikiquote era até mesmo ameaçadora:

(...) Will this sort of thing happen again? Is my project in danger of being deleted?
No, not at all. Certainly not if you have an active community that is willing to respect copyright and is capable of responding to problems (...)

Os wikis dos Wikisources são, até hoje, relativamente pequenos se comparados a outros projetos Wikimedia, provavelmente pelo misto de conhecimentos específicos que é necessário que seus voluntários tenham. Com efeito, alguns idiomas chegam a, durante meses, ter usuários com quantia numérica significativa muito, muito baixa. Número não se refere a qualidade, mas a ter pessoas ativas. Com todo esse contexto, coube a quem estava ativo na época fazer o seu melhor para evitar transtornos futuros.

Em resumo, eu acabei falando que ela obrigou em uma ultra-simplificação retórica que acabei fazendo de forma automática (como explicar tudo isso em algo que já era um parêntesis? Meu jogo de cintura questionável acabou achando mais fácil empurrar a culpa pra alguém ao invés de a um cenário Tongue.png rsrs Lugusto 22h18min de 11 de fevereiro de 2014 (UTC)

B[editar]

  • (falar dos casos específicos do Mário de Andrade e Noel Rosa, mencionados pela Oona e pelo Sturm/Cláudio/Célio na hora, e que eu vomitei mais dados complicadores)
  • (explicar por que raios que o que estava em domínio público até 1996 está ok nos EUA, e posterior a isso não. Pode ser interessante detalhar o envia-deleta-restaura que aconteceu com os poemas do Fernando pessoa enquanto pesquisávamos sobre o tema)

Observações[editar]

  1. Dilma, vai brigar com o engavetamento da reforma da lei do direito autoral, não com a língua portuguesa, faça o favor.
  2. Em certos países uma coletânea ou base de dados pode estar sujeita a proteções adicionais quanto à compilação em si. Ver o verbete em inglêsSui generis database right.