Imprensa/Entrevista Eduardo Szklarz 04Fev2010 Superinteressante

Wikimedia Community User Group Brasil
Ir para: navegação, pesquisa

Pessoal, esse mutirão está relacionado à matéria que o jornalista Eduardo Szklarz está preparando para a Superinteressante sobre a Wikipédia. Se possível, usem o roteiro da entrevista e participem com opiniões, comentários e sugestões.

Roteiro da entrevista[editar]

  1. Nome ou Nick?
  2. Idade?
  3. Há quanto tempo colabora na Wikipédia?
  4. O que faz lá?
  5. Quanto tempo em média dedica por semana?
  6. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores?
  7. Existe censura na Wikipédia?
  8. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso?
  9. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos?
  10. Qual o futuro da Wikipédia?

Respostas[editar]

  1. Névio Alarcão, nick Nevinho
  2. 51 anos
  3. desde maio de 2008
  4. atualmente quase nada. Conserto palavras grafadas incorretamente, nas esporádicas consultas.
  5. Indefinido
  6. Se é fato essa queda, é provável que se deva ao excesso de regras e à inflexibilidade dos administradores.
  7. Existe controle e zelo às regras estabelecidas por consenso, às vezes de modo exarcebado.
  8. O modelo que adota o voluntarismo das pessoas mostrou-se exitoso, apoiar essa estratégia é lutar por um mundo melhor para se viver. Não compartilho da opinião expressa pelo termo "panela".
  9. Parte do que considero relevante pode ser consultado aqui, no "Índice". O que considero irrelevante são as críticas isoladas que cada um de nós temos e fazemos, às vezes cobertos de razão sob a perspectiva individual.
  10. Ser lembrada como algo que contribuiu para realizar um mundo em que cada ser humano tivesse livre acesso à soma de todo o conhecimento.

  1. Eduardo Rivelli, nick Eduardo P
  2. 18 anos
  3. Contribuo com a wikipédia desde 2006.
  4. Contribuo com o WikiProjeto:Wikipédia audível (wikiprojeto onde usuários gravam arquivos de áudio para colocar nos artigos), crio alguns artigos (pesquisando em livros, revistas e traduzindo mais da wikipédia em espanhol) expandi o artigo Andrelândia (irei colocar fotos no artigo Andrelândia), converso com wikipedistas (sabendo que a wikipédia não é um fórum de discussões), ouço artigos audíveis e leio páginas (artigos, políticas, wikiprojetos, portais, etc) da wikipédia.
  5. Em média 20 horas por semana.
  6. Vários motivos, entre eles: o desinteresse, discordância com as políticas da wikipédia, etc.
  7. Na minha opinião, a wikipédia sofre com bloqueios.
  8. Não tenho opinião formada.
  9. Acho relevante, colocar as seções história, geografia, economia, educação, etc nos artigos sobre municípios. Acho irrelevante criar artigos sobre alunos, botecos, bares.
  10. Mesmo com a queda de usuários, a wikipédia pode melhorar (em qualidade e números de artigos). A wikipédia pode ficar por muitos anos na Internet.

  1. Christian Hartmann, nick Christian
  2. Privacidade
  3. Desde abril de 2008
  4. Sou administrador e burocrata, além disto combato vandalismos e colaboro nas áreas de basquetebol e rap, principalmente.
  5. 4 horas por dia
  6. A falta de interesse por usuários leitores e discussões desnecessárias na comunidade.
  7. Não existe censura, talvez o que falte é o bom-senso dos usuários para com os novatos.
  8. Panelas existem em qualquer tipo de site. Sou contra a existência, e não acho que um chat possa ser considerado um exemplo.
  9. Considero relevante artigo para temporadas de um evento, para álbuns de qualquer artista notório, para cada cidade do mundo, e para biografias apoiadas de fontes fiáveis. Considero irrelevante artigo para cada personagem de um desenho/anime (na maioria dos casos), para cada canção de um cantor, para cada bairro, escola e biografia não apoiada por fatos relevantes e traduções feitas automaticamente. Nestes casos, apaga-se para ser reescrito adequadamente.
  10. O futuro da Wikipédia depende do interesse de quem contribui e de quem lê. Quem contribui ativamente para escrever artigos confiáveis e quem lê para dar preferência e um dia tornar-se contribuinte.

  1. Jo Lorib
  2. 55
  3. Fevereiro de 2006
  4. Respondo perguntas (a maioria do EduardoP), tenho privilégio de administrador, combato vandalismos, faço artigos.
  5. Uma hora ou duas por dia, mais um pouco no final de semana
  6. Não concordo muito que o número caiu, nunca foram muitos, o número de artigos continua crescendo
  7. Não existe censura nenhuma, de se impedir que alguem se manifeste. Pessoas que tiveram artigos retirados, por estarem fora do escopo de uma enciclopédia é que lançam essas idéias. Não conheço artigo rejeitado pela Wikipédia publicado na Brittanica.
  8. Bobagem. Panela indicaria a permanencia de um grupo na direção, o que não se verifica, a taxa de renovação é alta.
  9. Utilizar a Wikipédia é como pedir informações a um transeunte na rua, melhor quando lhe indica o caminho certo. Um dia vão entender isso e parar de colocar artigos sobre o próprio avô, blog, empresa, e um enorme etc.
  10. A Wikipédia, com os outros projetos da Wikimedia, já é o maior conjunto de informações livres jamais reunidos, seu futuro é melhorar de qualidade e ser cada vez mais vandalizada.

  1. Danilo
  2. 23
  3. Desde maio de 2009
  4. varia muito; categorias, projetos, predefinições
  5. de 5 a 10 horas por semana
  6. A cada dia existe mais informação na Wikipédia, muitos assuntos em que os internautas se interessariam em escrever já estão na Wikipédia. E também a grande maioria dos internautas desconhece o funcionamento da Wikipédia e esse desconhecimento das regras faz com que muitos leitores tenham receio de editar. Nossos guias de ajuda são muito longos, precisamos criar guias mais curtos e simples, acredito que isso será corrigido em breve. E também é importante destacar que o número de editores só cresce, o que caiu ligeiramente é o número de novos editores, veja as estatísticas.
  7. Existe censura contra opiniões pessoais, frases ofensivas, propagandas e outras coisas que não devem fazer parte de uma enciclopédia, é uma censura necessária para manter um padrão mínimo de qualidade. Em geral, se a informação é imparcial e não é ofensiva ela é mantida. As informações eliminadas que causam esse tipo de alegação geralmente se encontram no limirar do que é considerado enciclopédico, como essa é uma avaliação muito subjetiva, os descontentes tendem a fazer esse tipo de comentário.
  8. A manutenção da Wikipédia é totalmente feita por voluntários, que têm diferentes idades, experiências, personalidades e opiniões, o que eventualmente pode criar grupos de afinidade, e é por isso que existem regras dentro da Wikipédia, para evitar que decisões sejam tomadas com base apenas em opiniões de um grupo.
  9. Não fazemos jugamento de relevância, como Jimmy Wales já disse em uma entrevista recente, a Wikipédia não é uma uma enciclopédia impressa com limitado número de volumes, a Wikipédia tem espaço para assuntos de todo grau de relevância. O julgamento que fazemos é quanto ao conteúdo ser enciclopédico ou não, esse jugalmento nem sempre é fácil e geralmente não agrada a todos, mas é necessário para que a Wikipédia não saia muito daquilo que deve ser considerado uma enciclopédia. Não existe uma comissão que escolhe quais artigos devem ser criados ou ampliados, as pessoas que conhecem mais de um assunto do que aquilo que está no artigo simplesmente clicam no botão editar e melhoram o artigo, ou, se após uma pesquisa constatar que o artigo não existe, aparecerá um link "crie esse artigo", ou seja, o que determina quais assuntos são mais completos é o interesse do internautas em escrever sobre eles.
  10. Muitas pessoas que poderiam compartilhar seu conhecimento na Wikipédia ainda não sabem que podem fazê-lo ou têm receio de aquilo que escreverem não ser bem recebido por outros editores, é difícil fazer divulgações externas à Wikipédia. Num futuro, espero que póximo, a Wikipédia e seus projetos irmãos, o Wikilivros e Wikiversidade principalmente, terão seus enormes potencias reconhecidos, e serão uma grande ferramenta na cultura educacional brasileira.

  1. Nome ou Nick? Leandro Rocha (usuário:Quintinense) entre outros.
  2. Idade? 24 anos
  3. Há quanto tempo colabora na Wikipédia? desde abril de 2007.
  4. O que faz lá? Inicialmente, principalmente artigos sobre Carnaval, política, geografia urbana e futebol. A partir de 2008 comecei a me engajar em salvar bons artigos, com potencial de crescimento, da eliminação. Desenvolvi e apoiei a implantação de novas políticas contra esse problema, como os critérios de notoriedade, e mudanças nas regras de eliminação, por exemplo.
  5. Quanto tempo em média dedica por semana? Varia muito. Chutando, umas 4 horas por dia, 28 por semana.
  6. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores? A nada, não acho que o número de editores caiu. Essa informação carece de fontes.
  7. Existe censura na Wikipédia? Censura ideológica não. Mas há sim usuários com opiniões pessoais, que são contra um ou outro tipo de material, baseados não nas políticas do projeto (por exemplo, verificabilidade), mas sim somente no seu gosto. Ficou famoso o caso de uma então administradora que votava pela eliminação de times de futebol de terceira divisão, pequenas empresas, bandas alternativas, de outros estados, e pela manutenção destes elementos quando eram de seu próprio estado. Ainda se ouve coisas como "time de futebol americano do Brasil não é relevante", "escola de samba da Finlândia não é relevante", quando não deveria se seguir o que A ou B pensa, mas sim o que os critérios de notoriedade e a política de verificabilidade dizem. Felizmente a situação melhorou demais de 2008 pra cá, de tanto a gente bater nessa tecla.
  8. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso? É a mais pura realidade, mas mesmo ruim, é o melhor modelo. Quase tudo na vida tem seu lado ruim, mas o projeto é tão bom, que esse pequeno problema chega a ser irrelevante. A democracia também está sujeita a panelinhas, e aí vamos trocar pela ditadura?
  9. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos? Relevante é o que se enquadra nos critérios de notoriedade OU possui uma boa cobertura por fontes independentes e confiáveis. Nisso se incluem mesmo publicações para um público mais restrito. Pra ser direto, clubes de futebol de terceira, quarta, quinta, décima divisão são relevantes sim, pois existe um nicho de pessoas que se interessa por saber isso e publicações alternativas que se dedicam a cobri-los. Escolas de samba de cidades do interior são relevantes. Bandas underground, que sejam importantes dentro do seu gênero musical, são relevantes. O time dos solteiros que joga a pelada de fim de ano contra os casados da Rua Y não é relevante. O bloco fundado ontem e que só fará carnaval no bairro, sem participar de nenhum concurso, não é relevante. A banda do meu vizinho que toca a três anos, mas nunca foi destaque nem na imprensa underground, não faz shows pagos, não lançou CD ofical, não é relevante.
  10. Qual o futuro da Wikipédia? Crescer, tornar-se maior, com mais conteúdo, e por aí vai. Não vejo como pode ser diferente. Alguns problemas internos existem, mas vão ser superados, editores antigos e mais tacanhas abandonam, vão sendo substituídos por usuários mais novos, com a mente mais aberta. Apesar de tudo, vejo o desenvolvimento da Wikipédia como muito positivo. Quintinense 03h55min de 5 de fevereiro de 2010 (UTC)

  1. Nome ou Nick? Ozymandias
  2. Idade? 28 anos
  3. Há quanto tempo colabora na Wikipédia? Maio de 2005 (4 anos e 9 meses)
  4. O que faz lá? Criação e correção de artigos diversos. Administração da Wikiversidade, Wikisource e Wikibooks, e integração destes projetos com os conteúdos da Wikipédia.
  5. Quanto tempo em média dedica por semana? Análise e correção diária (o tempo depende das ocorrências).
  6. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores? A Wikipédia não possui uma queda de editores em geral. Possui uma consolidação de editores ativos, como ocorre com a maioria dos sites e aplicações (como Linux, Twitter, Orkut e afins). Assim, após algum tempo de crescimento exponencial, a tendência hoje é a consolidação de alguns editores que realizam a maior parte do conteúdo, e o crescimento de outros projetos wikis.
  7. Existe censura na Wikipédia? Censura não explícita. Como geralmente boa parte das políticas e conteúdos são analisados e votados por uma "minoria ativa", a Wikipédia tem uma tendência de acordo com as opiniões desta minoria.
  8. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso? O próprio modelo obriga a esta panela. Se existem 3 editores, 2 ativos e 1 não, estes 2 com certeza terão uma maior influência sobre o conteúdo disponibilizado. O problema neste caso, é que os 2 editores mais ativos, podem não ser necessariamente os mais capacitados para criar e analisar determinado conteúdo.
  9. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos? Toda forma de conhecimento é útil de ser inserida na Wikipédia. Existe hoje uma "política de fontes confiáveis", porém não confiáveis do ponto de vista acadêmico (por isto a crítica deste setor à Wikipédia). No caso, a Wikipédia hoje deveria selecionar níveis de confiabilidade de conteúdo, e deixar tal transparente ao público. O problema é que atualmente a maioria dos usuários da Wikipédia não possuem um conhecimento geral que permitam distinguir esta confiabilidade de conteúdo.
  10. Qual o futuro da Wikipédia? A Wikipédia vai se estabilizar (como já está ocorrendo), e tornar-se cada vez mais burocrática para inserção e atualização de novos conteúdos. Provavelmente, a Wikipédia vai assumir controles mais explícitos para determinar autoria e se esta pode ser postada. Os outros projetos da Wikimedia vão absorver aqueles descontentes com este modelo, e milhares de cópias da Wikipédia com abordagens diferentes vão surgir (e já estão surgindo) para públicos mais reservados. Uma pessoa de Computação então vai preferir visitar uma Wiki específica, que sabe ter informação mais confiável, do que a pédia. Ao mesmo tempo, novos modelos de sites e multimídia podem permitir uma renovação do modelo da Wikipédia.

  1. Nome ou Nick? Béria Lima (User:Beria)
  2. Idade? 24 anos
  3. Há quanto tempo colabora na Wikipédia? Desde Outubro de 2007 (2 anos e 4 meses)
  4. O que faz lá? Criação, correcção de artigos diversos, combate ao vandalismo e ajuda de editores novatos. Fui administradora da Wikipédia por 1 ano. Também colaboro fazendo traduções da documentação do metawiki.
  5. Quanto tempo em média dedica por semana? Normalmente 2 a 3 horas por dia.
  6. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores? Como citou o Ozymandias acima, todo site passa por um processo de consolidação de editores. E acho que é isso que acontece com a Wikipédia.
  7. Existe censura na Wikipédia? Não. Mas existem critérios de inclusão e de notoriedade, bem como política de licenciamento que tem que ser seguida. Por experiência, normalmente os casos da assim chamada "censura" são violações a um dos três que citei.
  8. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso? Não acredito. Existem grupos de afinidade por área de trabalho, mas a "panela" (com o sentido usado na Wikipédia - de usuários unidos para manipular a comunidade) não existe.
  9. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos? Depende da área de conhecimento. Falando do que é minha área (religião) posso dizer que um artigo sobre, por exemplo, a Igreja Católica ou a Igreja Batista é relevante, mas não o artigo da "paroquia da cidade X" ou da "Igreja Batista do bairro Y". E é isso que alguns novatos não entendem. Nem toda informação é enciclopédica. Mas mudando de área: eu pessoalmente acho que todo conceito científico deveria ter um artigo "pra chamar de seu" :-P e também acho que a Wikipédia passaria muito bem sem os artigos para cada um dos personagens de Ben 10 e os Pokemons.
  10. Qual o futuro da Wikipédia? Concordo com o que o Ozymandias disse acima, é um prognóstico bem realista (apesar de eu não gostar muito dele porque implica uma burocratização que eu não gostaria que acontecesse na Wikipédia.) Béria Lima msg 11h30min de 5 de fevereiro de 2010 (UTC)

  1. Anderson Kleiner.
  2. 23 anos.
  3. Desde agosto de 2006.
  4. Revisão textual e ajustes de formatação, adição e verificação das referências usadas nos artigos, além de tarefas administrativas.
  5. Dez a quinze horas por semana.
  6. Creio que o motivo principal seja a falta de assuntos triviais a serem abordados. Uma grande parte dos assuntos de conhecimento geral já possuem artigos, ou estes assuntos já possuem uma cobertura significativa, o que exige um conhecimento apurado para realizar edições substanciais. Também deve-se notar que o crescimento é limitado pela própria quantidade de internautas no ciberespaço. Mas há muitos outros motivos, como o aumento no números de regras, de códigos exigidos e de intolerância a erros. São fatores que também desestimulam potenciais editores, principalmente os que têm pouca familiaridade com informática.
  7. Não, ao menos não da forma propagada em blogs e fóruns. O que motiva as acusações de censura é uma confusão que se faz quanto ao objetivo da Wikipédia, que é ser uma enciclopédia. Todos os dias há tentativas de colocar conteúdo inadequado na Wikipédia, tais como currículos, autobiografias, informações institucionais de empresas, poesias, artigos sobre bandas musicais amadoras, eventos de pequeno porte de relevância restrita, manuais de jogos, assim como conteúdo que viola direitos autorais, tais como cópias de outros sites. Quando este conteúdo é eliminado, julgam que o slogan "enciclopédia livre" é enganoso e que foram censurados. A Wikipédia é livre para receber contribuições de qualquer pessoa, é livre de direitos autorais que restrinjam seu uso para qualquer propósito, mas definitivamente não é livre para receber qualquer tipo de conteúdo. Ela não pode em hipótese alguma ser usada para realizar propaganda de qualquer natureza, pois violaria o princípio da imparcialidade, um pilar deste projeto.
  8. Penso que a "panela" está nos olhos de quem a vê. É natural que editores que editam na mesma área acabem se familiarizando e colaborando conjuntamente em uma determinada área. Também é fato que às vezes há uma tentativa de combinar com outros editores uma determinada ação. Porém este fato é muito mais raro do que se pensa. A verdade é que as decisões da comunidade muitas vezes são tomadas por uma maioria, que acaba sendo vista como uma "panela" pela minoria. Na maioria das vezes, é uma acusação desprovida de qualquer fundamento.
  9. Qualquer conteúdo encontrado em uma enciclopédia de papel é relevante. Mas uma enciclopédia de papel possui limitações de tamanho, peso, custo por folha e falta de espaço para conteúdo multimídia. Como a Wikipédia é totalmente digital, possibilita receber uma quantidade muito maior de informações. Isso permite que áreas normalmente relegadas a segundo plano ganhem espaço na Wikipédia. Assuntos de caráter didático sempre serão relevantes, por mais específico que seja. Assim, um artigo sobre uma espécie de alga marinha pode ter uma conteúdo tão extenso quanto a Segunda Guerra Mundial. Por outro lado, informações de caráter temporário (como notícias), ou informações de importância muito restrita a um grupo de pessoas, como uma pequena empresa ou uma associação de bairro, raramente merecem um artigo na Wikipédia.
  10. As principais áreas do conhecimento já possuam uma cobertura significativa, principalmente na Wikipédia em inglês. Mas sempre existirão assuntos a aprofundar. Nenhum artigo na Wikipédia está completo. Sempre há o que se acrescentar, corrigir, verificar e melhorar. A Wikipédia chegará ao seu fim apenas quando o ser humano deixar de aprender e produzir conhecimento. Eu não vejo isso num futuro próximo, nem num futuro distante.

  1. Rodrigo Tetsuo Argenton;
  2. 20;
  3. Registrado desde 2007, IP desde 2006;
  4. Tento melhorar artigos existentes e reverto edições que denigrem um artigo, ou escritas fora do padrão neutro e enciclopédico;
  5. Depende da minha paciência, acabo me dedico a outros projetos do Movimento Wikimedia, duas 2h/dia;
  6. A queda de usuários é devida brigas internas entre usuários da comunidade, há grande quantidade de regras e padronizações desnecessárias, dificuldade em inovações dentro da comunidade e egos; exaltados;
  7. Sim, e há duas formas:
    1. A censura perante o conteúdo, a visão do século XIII de alguns usuários não permitem que a enciclopédia online tenha conteúdos que hoje em dia seria pertinente, por exemplo, softwares livres recentes, grupos educacionais, pesquisas;
    2. Censura a inovações, dificilmente um usuário que não pertencem a uma panela conseguirá implantar uma inovação, ou colocar algo fora de padronização, mesmo que seja desnecessária, ou ainda fazer algo fora das recomendações, que ao longo do tempo as pessoas esquecem que não são leis;
  8. O modelo não cria panelas, as panelas são criadas graças a liberdade para tal, não podemos controlar os voluntários e mostrá-los que a ausência de hierarquia e a liberdade de opinião é melhor para todos, do que a formação de grupos para a imposição de opiniões;
  9. "Imagine um mundo em que cada ser humano tenha livre acesso à soma de todos os conhecimentos, esse é objetivo do Movimento Wikimedia." Então todo o conhecimento deveria estar lá, enciclopédia é só um formato, as enciclopédias impressas devem escolher conteúdo X ou Y, como o online não restringe o tamanho, não há a necessidade de se filtrar o que deve ou não estar lá;
  10. Acho que a tendência é que o conteúdo aumente, se a burocracia diminuir, se não, ela estará fadada ao fracasso, ela se estabilizará sem acréscimos de conteúdo. No entanto, a meu ver, em uma visão otimista, outros projetos do Movimento Wikimedia tomaram a frente, pois terão conteúdos mais carnudos; a Wikipedia será somente para consultas rápidas, mas os cursos da Wikiversidade e os livros do Wikilivros receberão mais conteúdo, consequentemente mais acessos.

  1. Roberto Gilnei
  2. 26
  3. Desde 2006
  4. Reciclo esboços e artigos mal-escritos, além de criar artigos sobre assuntos pouco explorados pela Wikipedia. Mas minhas edições concentram-se principalmente em quatro assuntos do meu interesse: esportes, música, cinema/televisão e biologia.
  5. Dependendo da motivação, umas quatro horas diárias.
  6. Diversos podem ser os fatores para a redução de editores. Pelo fato da Wikipédia ter alcançado um número considerável de artigos, muitos crêem que a Wikipédia já é uma enciclopédia "pronta", que seu conteúdo já foi expandido. Além disso, a imprensa passa uma imagem equivocada de que a Wikipédia é uma fonte não-confiável e acaba impregnando este rótulo nas pessoas. Soma-se ainda o fato da Wikipédia não possuir um tutorial esclarecedor aos novatos: há dezenas de subpáginas, muitas delas desnecessárias, destinadas a recomendar e informar os novatos, porém é facílimo de um novato ficar perdido em meio essa quantidade exagerada de subpáginas. Há também a burocracia do Commons (projeto ligado à Wikimedia Foundation para suprir a Wikipédia com áudio e fotos), que impõe severas restrições às postagens de fotos; a pessoa que tira uma foto com boa vontade e quer contribuir com a Wikipédia para ilustrar os artigos tem de lidar com essa burocracia e restrições do Commons. E é claro, as brigas internas que ocorrem nos espaços reservados às discussões. Muitos não sabem porque têm seu artigo apagado ou são revertidos e desistem de prosseguir editando na Wikipédia. Confundem o propósito da Wikipédia, acreditando se tratar de um site de divulgação comercial ou pessoal, ou para entrar em contato com artistas, empresas, pessoas. Novamente entra o fato do tutorial da Wikipedia não ser muito claro.
  7. Houve um recente caso de um editor que removeu, sem discutir, os votos de usuários em uma votação que era de seu interesse. Antigamente, administradores também costumavam usar de suas ferramentas para impôr censura a usuários. Mas após uma grande renovação no quadro administrativo da Wikipédia lusófona, as coisas melhoraram bastante.
  8. Isto acontece na vida. Pessoas que possuam alguma afinidade tendem-se a unir, enquanto outras menos afins acabam isoladas. O problema existia quando estas panelas eram usadas para modificar as regras da Wikipédia ou interpretá-las de modo que um grupo de editores saísse beneficiado. A distorção das regras da Wikipedia muito ocorreu no passado, mas a desnomeação e subsequente substituição de administradores pôs um fim nas "panelas" manipuladoras de regras e de votações.
  9. De mais relevante, talvez fosse tornar claro o propósito da Wikipédia. Ela não é um site para se falar de você (a menos seja alguma personalidade conhecida), da sua banda, do seu time de várzea. Não é um local para se colocar receitas, para tirar dúvidas que não estejam relacionadas com o projeto Wikipedia, para entrar em contato com celebridades. Não é um chat também. Muitos que acessam o site sequer devem ter folheado uma enciclopédia na vida, para terem noção do que é uma. Ou seja, de relevante, falta uma grande mudança nas páginas de regras e destinadas a ajudar usuários. Se necessário for, falando a linguagem que o povo entenda.
  10. Há quem veja um futuro negro para a Wikipédia, mas na minha opinião, ela já passou pela fase de turbulência. No período de calmaria em que se encontra, acredito que aparecerão mais "descobridores" da Wikipédia engajados com o propósito do projeto.

  1. Fabiano Tatsch
  2. 20 anos
  3. Desde 2008
  4. Edito artigos sobre história (principalmente a Segunda Guerra Mundial), geografia e algumas tarefas de manutenção.
  5. Em torno de 25 horas por semana.
  6. Não percebi uma queda no número de editores, só notei que alguns "grandes editores" como o Rei-artur, Nuno Tavares e OS2Warp desapareceram do projeto.
  7. Não. Muitos criticam que "por ser uma enciclopédia livre, todo o conteúdo também deveria ser livre". Conteúdo livre não significa que qualquer conteúdo possa ser inserido de qualquer maneira.
  8. Chamam de panela aqueles que querem impor a sua vontade sobre os demais usuários e desrespeitam as normas de conduta e o livro de estilo, sendo as suas edições revertidas e em alguns casos de PNs, eliminadas. Então este editor se revolta e ataca Deus e o mundo, deixa mensagens, muitas vezes ofensivas, contra quem o reverteu ou o avisou. Ainda tem outros que somente fazem atos de vandalismo e são bloqueados, pois é nessa parte que a Wikipédia era falha a tempos atrás, onde em casos como este, um administrador atirava primeiro (bloqueava) e perguntava depois, felizmente esta época de velho oeste já passou. Então a melhor definição de "panela" é o grupo de editores que zelam pela qualidade da Wikipédia e que buscam a sua expansão.
  9. Uma informação relevante é aquela que pode ser encontrada em uma enciclopédia impressa ou em livros, como por exemplo: artigos sobre história, geografia, química, biologia, entre outros. Uma informação irrelevante..., bom, são aquelas autobiografias, bandas de garagem, empresas que não são conhecidas nem em suas cidades, pessoas anônimas, ruas...
  10. Depende de como os futuros usuários serão tratados pelos atuais editores e da maneira como os atuais continuarão trabalhando, além da vontade de ambos. Fora isto, a Wikipédia em português entrará nos próximos anos em uma fase onde se passará a expandir os seus atuais artigos e o número de novos artigos entrará em declínio, atualmente já está.

1.Nome ou Nick? Lechatjaune

2. Idade? 29

3. Há quanto tempo colabora na Wikipédia? Desde março de 2007.

4. O que faz lá?

Referentemente ao trabalho de melhorar o conteúdo dos verbetes, eu prefiro atuar em artigos sobre matemática em geral e, em específico, matemática aplicada e física matemática, áreas de minha formação acadêmica.

Verifico edições de usuários anônimos e novatos, oriento-os a formatar corretamente suas edições e faço combate ao vandalismo. Sou tutor de novatos desde maio de 2007, embora esteja inativo atualmente. Realizo diversas atividades administrativas, como eliminação de páginas, bloqueio a usuários e proteção de páginas. Sou administrador desde fevereiro de 2008 e fui burocrata por um mandato de um ano entre novembro de 2008 e novembro de 2009. Dedico-me a atividades de fundo, como elaboração de políticas internas, resolução de conflitos editoriais e disciplinares. Uma de minhas maiores preocupações tem sido criar subsídios para melhorar a convivência dentro do projeto, assim, participei ativamente da escrita de ensaios e recomendações. Também me interessei pela melhoria da política de eliminação de páginas e propus a criação da eliminação semirrápida, uma versão das proposed deletions da anglófona, e fui um dos defensores da obrigatoriedade da justificativa de votos nos votação de páginas para eliminar (PE). Integro a primeira versão do conselho de arbitragem da Wikipédia Lusófona desde fevereiro de 2009.

5. Quanto tempo em média dedica por semana?

Costumo vigiar as mudanças recentes diversas vezes ao dia e dedico mais algumas horas durante a noite, que muitas vezes compartilho com acesso a outros sites na Internet, em especial, leitura de jornais.

6. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores?

Acredito que há um certo exagero na interpretação dos resultados divulgados no último Wikimania. A Wikipédia continua atraindo novos participantes. As razões que têm impedido adesões mais numerosas são objeto de estudo da Wikimedia Foundation com resultados divulgados em http://upload.wikimedia.org/wikipedia/foundation/a/a7/Wikipedia_General_Survey-Overview_0.3.9.pdf . Infelizmente temos assistido também ao afastamento de editores antigos e atuantes, que descontinuam sua participação ou a reduzem significativamente. Acredito que isso se deva a associação de diversos fatores tais como: ciclo de vida natural do colaborador, ou seja, algumas pessoas simplesmente perdem o interesse; outros não podem mais se dedicar ao projeto por diversas razões e algumas abandonam o projeto depois de conflitos com outros participantes.

7. Existe censura na Wikipédia?

Se você se refere à censura política, ideológica ou religiosa, a resposta é não. A Wikipédia pode possuir conteúdo que alguns leitores considerem desagradável ou ofensivo, ver Wikipedia:O que a Wikipédia não é#A Wikipédia não é censurada. No entanto, um dos cinco pilares fundamentais do projeto estabelece limites ao que se pode colocar no ar, proibindo os Wikipedistas de publicar conteúdo que não tenha sido previamente publicado em fontes fiáveis, interdita a pesquisa e inédita e limita os verbetes àquilo que é próprio de integrar enciclopédias tradicionais, enciclopédias especializadas e almanaques.

Acusações de censura na Wikipédia são freqüentes, mas eu posso dizer com segurança que a maioria, senão todas, provém da não compreensão dos objetivos da Wikipédia. Como disse o Jo Lorib, um já bastante experiente editor, artigos típicos de publicações renomadas como a enciclopédia Britannica não são eliminados. A realidade é que as páginas novas estão recheadas de artigos autobiográficos sobre jornalistas, escritores, advogados, atores, cantores e outros profissionais que veem a Wikipédia com o propósito único de buscar divulgação de seu trabalho. Além disso, frequentadores assíduos das páginas em eliminação são os verbetes sobre bandas de adolescentes, agências de publicidade, pequenas empresas oferecendo serviços etc. Em época de eleições, por exemplo, dado o acirramento dos ânimos políticos, tem sido difícil lidar com editores que aparecem para esconder informações desabonadoras sobre candidatos e plantar material tendencioso nos artigos.

8. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso?

Há pelo menos dois aspectos a serem considerados. O primeiro é o da organização interna da comunidade de wikipedistas, no qual observamos a formação eventual de grupos compartilhando interesses e ponto de vistas. Algumas vezes esses grupos se tornam majoritários e são capazes de exercer suficiente pressão em determinado momento a ponto de suscitar o descontentamento de outros participantes desencadearem conflitos graves e acusações mútuas. No entanto, tais grupos não possuem coesão, dissipando-se tão naturalmente tanto quanto se formaram. A área de atuação desses grupos fica limitada a pequenos nichos dentro do projeto e jamais se coordenam a ponto de exercer qualquer controle sobre a evolução do projeto e impor seus pontos de vistas ao corpo de editores.

O segundo aspecto a ser verificado é o exercício de nos colocarmos na posição do leitor, do editor novato ou do editor eventual. Seria absolutamente irresponsável afirmar que exista uma cabala capaz de controlar o que pode ser publicado na Wikipédia ou impor um ponto de vista predominante no teor dos artigos. Não há qualquer grupo que chegue perto de assumir a posição de editor chefe da Wikipédia.

9. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos? O debate sobre a eliminação ou não de artigos é muito mais amplo do que a classificação entre relevante e irrelevante, muito embora e a meu contragosto, seja esta a dimensão mais discutida e valorizada na maioria dos debates em página para eliminação.

A classificação de relevância carrega forte subjetividade, dá margem ao juízo de valor e à disputa ideológica. São comuns os questionamentos da razão pela qual um jogador de futebol é considerado relevante se tiver participado de uma temporada da primeira divisão do campeonato brasileiro; no entanto, um pesquisador que tenha trabalhado 35 anos nas maiores universidades brasileiras será possivelmente considerado irrelevante, mesmo que tenha ampla publicação científica. ‘’Shopping centers’’ – quase todos acabam sendo considerados dignos de artigos, mas a maioria das escolas são eliminadas. Estas discussão são pertinentes, todavia sempre conduzem ao que chamamos de metarraciocínio eis que surgem argumentos do tipo “enciclopédia deve ter de tudo”, “devemos incentivar o trabalho desses novos talentos”, “publicar tal artigo é dar publicidade a tal comportamento” e “novelas são irrelevantes devida à sua má-qualidade”.

A fim de simplificar as discussões sobre relevância e tornar as decisões mais homogêneas, as Wikipédias desenvolveram os chamados critérios de notoriedade. Tais critérios constituem-se de guias que auxiliariam os Wikipedistas a traçar a linha entre o relevante e o irrelevante. A Wikipédia lusófona chegou a aprovar alguns desses textos, mas eles trouxer?am tantos problemas novos quanto resolveram antigos. A primeira dificuldade se deve ao fato de que nenhum desses textos foi integralmente aprovado, pelo contrário, eles foram elaborados a partir de um conjunto de “subcritérios” que foram analisados individualmente e depois simplesmente justapostos. Esses critérios foram levados à votação com maioria simples e boa parte deles foi aprovada com pequena diferença de número de votos. O texto resultante é confuso, dá margem a múltiplas interpretações e contradiz o costume. Além disso, investigações posteriores mostraram que a aprovação destes textos foi significativamente influenciada por um editor que inescrupulosamente se servia de múltiplas contas na Wikipédia com o objetivo de votar diversas vezes, pressionar o andamento das discussões e impor seu ponto de vista. Como resultado, os critérios de notoriedade nunca se tornaram amplamente aceitos.

10. Qual o futuro da Wikipédia?

O futuro da Wikipédia ainda não me é claro. Atualmente, a comunidade lusófona enfrenta o desafio de amadurecer o relacionamento entre os usuários assíduos e tornar a comunidade mais robusta ao ataque de usuários mal intencionados e estabelecer um modelo de gestão que fomente um? ambiente agradável e seguro aos usuários. A Wikimedia Foundation precisa aprimorar o software da Wikipédia para torná-lo mais amigável aos neófitos e mais funcional e com mais recursos.



  1. Nome ou Nick? Matheus, (Usuário:Theus PR).
  2. Idade? 17 anos.
  3. Há quanto tempo colabora na Wikipédia? Desde janeiro de 2008.
  4. O que faz lá? Inicio verbetes relacionados a música, cinema, literatura e raças de cães, assim como atuo na manutenção dos mesmos. Além de vigiar o "Mudanças Recentes" (atrás de vandalismos, spams, informações erradas, erros ortográficos, etc).
  5. Quanto tempo em média dedica por semana? Procuro editar quase todos os dias, nem que seja pouca coisa.
  6. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores? A baixa se concentra principalmente nos usuários mais antigos, que já contribuíram por muito tempo na Wiki, que participaram inclusive da criação e da boa consolidação do site. Há ainda os usuários novatos que se assustam logo no início (achando o mecanismo complexo) e abandonam o projeto rápido.
  7. Existe censura na Wikipédia? Não. Existe o combate aos pontos citados pela Béria.
  8. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso? "A entidade panela" não existe. Não passa da imaginação fértil de terceiros: usuários que se deram a inserir o caos em um lugar que ia às mil maravilhas.
  9. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos? Os verbetes das áreas em que atuo (música, cinema, literatura e raças de cães) e, claro, tantos outros ligados a Religião, Política, Geografia, História, Biografias, Ciências, etc. Desde que os verbetes (no geral) atendam, devidamente, aos critérios de notoriedade existentes e que se possa, de alguma maneira, comprovar sua relevância com fontes fiáveis (dando um googled, por exemplo), acho que possam existir. Mas citando alguns irrelevantes: as milhares de bandas de garagem que aparecem por aqui, vários anexos:lista sem sentido, verbetes para cada coisa relacionada a artistas (o brinco da Lady Gaga, a unha encravada da Avril Lavigne, a franjinha do Joe Jonas... fala sério, né?) e por aí vai.
  10. Qual o futuro da Wikipédia? Antes de responder esta, quero dizer que sou assinante da Super e que percebo como ela adora a Wiki! Quase toda edição cita o projeto... Digo que o futuro da Wikipedia, como tantos já disseram a cima, é ter todas as respostas em apenas um click daqui a certo tempo, o conseqüente aumento dos vandalismos, as inserções insistentes de verbetes inúteis não vai acabar. Creio que poderá chegar a um ponto de wikicongestionamento que só vai piorar com as burocracias da wikivida e sutilmente explodir, até que cheguem novos usuários mais sensatos que possam dar ordem ou então surja um concorrente de peso. De qualquer maneira, algo bem épico. Contudo, acredito que tanto eu quanto milhões de pessoas ainda terão a Wikipedia como um ponto de apoio por muitos e muitos anos.




  1. Nome ou Nick?

Raul Campos, rautopia.

  1. Idade?

23 anos

  1. Há quanto tempo colabora na Wikipédia?

Minha primeira edição foi feita em março de 2007, mas já editava como IP.[1]

  1. O que faz lá?

Minhas edições passam por ciclos, atualmente estou editando bastante sobre anarquia no portal:anarquia e a pouquíssimo tempo atrás estava ativo no projeto wikipédia audível, mas já editei sobre mitologia, história, filosofia, comunismo, artigos sobre América Latina entre outras coisas, uso o wikipédia de uma maneira de consumo e produção, por uma questão de ética melhoro tudo que eu estudo lá.

  1. Quanto tempo em média dedica por semana?

Isso é bem subjetivo e cíclico, estudar o que fazer lá é se dedicar lá? Elaborar soluções em outros projetos tentando solucionar problemas de lá é de dedicar lá? Se a questão for quanto tempo eu edito lá por semana é em média 2 horas por dia, quando trabalhava em um escritório editava 8 horas por dia.

  1. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores?

O projeto está se complicando demais, muitas regras o que exige mais tempo de edição dos editores, o que não condiz com a realidade brasileira, com uma carga horária exagerada de trabalho, conexão de internet lenta, e falta de união dos voluntários wikipedistas. Outro problema é algo que acontece com a maioria de projetos voluntários que de certa forma é benéfico, se no mundo capitalista a grande massa que produz toda a riqueza sustenta uma minoria que acumula usufrui e não trabalha, nos projetos voluntários e sem fins lucrativos uma minoria cria conteúdo para milhões de leitores. Qual seria o modelo ideal? Um modelo de trabalho paralelo onde o pouquinho de edição se transforma em um montão.

  1. Existe censura na Wikipédia?

Sim, mas isso não é exatamente ruim, o problema é que ainda estamos acostumados com um mundo não colaborativo, acha que há censura no wikipédia? Então subverta o sistema, de novas ideias critique crie!

  1. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso?

Isso é comum em toda organização social, o que pode ajudar é o respeito ao projeto e a um modelo o mais transparente possível.

  1. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos?

Isso é muito subjetivo.

  1. Qual o futuro da Wikipédia?

Quem sabe, se depender de mim será promissor, pra mim o objetivo não é só Imaginar um mundo em que cada ser humano tenha livre acesso à soma de todo o conhecimento, e sim um mundo onde cada ser humano posso criar rompendo a alienação humana onde ou eu sou criador ou sou criatura, por que não ser os dois? Esse rompimento é revolucionário, pois também rompe com a ideologia (conceito marxista), mas é muito mais que isso é uma soma de valores a licença livre, um modelo auto gerido, fins não lucrativos, transparente, coletivo, consensual de resgate a línguas pouco desenvolidas, e quem sabe a gênese de um mundo mais justo sem exploração e destruição de nosso próprio planeta.



1. Yanguas 17h16min de 8 de fevereiro de 2010 (UTC)

2. 51

3. 3 anos e meio.

4. Sou administrador.

5. Cerca de 30 horas.

6. Não sei se concordo com essa suposta queda, depende do critério utilizado e do universo da pesquisa. Muitos se registram por curiosidade, mas bem poucos se engajam, o que pode dar uma falsa impressão de exílio. Por outro lado, redes sociais, como Orkut, também estão perdendo adeptos, penso que há um movimento geral de saturação nesse tipo de participação virtual. Mas creio que muitos entram na Wikipédia confundindo-a com uma webhost, visando a fazer uma página pessoal e promover o que quiser, mas, assim que se deparam com os critérios de notoriedade e a exigência de fontes, vão embora. Ultimamente a Wikipédia tem se tornado mais rígida quanto à verificabilidade de seus verbetes, e nem todos têm paciência para conhecer os critérios.

7. Não. O que há são normas de conduta, que coíbem uso de palavras ofensivas em seus artigos e entre os usuários. Mas não há tema proibido na Wikipédia.

8. Faz parte da natureza humana se agrupar em torno de afinidades, então é normal a formação de pequenos grupos assim. O modelo de editores voluntários, pelo contrário, facilita a inclusão de novos membros diariamente. Se houver alguma panela, ela pode ser logo dissolvida, ou, ao menos, ampliada. Mas em geral essa tese das "panelas" envolve mais paranoia do que realidade.

9. Irrelevante: qualquer pessoa, instituição, projeto ou agrupamento que precise da Wikipédia. Relevantes são os que não precisam dela. Uma banda recém-fundada e que não gravou nada é irrelevante: busca a Wikipédia para se promover. Bandas como "Skank" ou "Charlie Brown Jr." nem ficariam sabendo se seu artigo fosse excluído, pois as pessoas procuram informações sobre a banda depois que a conheceram em outro lugar. A Wikipédia é um dos sites mais visitados no mundo e um dos primeiros que aparecem nas pesquisas do Google. Isso atrai muita gente, querendo vender seu peixe, nem que seja arrumar emprego melhor.

10. O advento de novas tecnologias tende a melhorar a interface do projeto, e busca por conhecimento gratuito deve contribuir para ampliar a Wikipédia. Informação hoje em dia é mercadoria, e a Wikipédia, indo no caminho contrário, deve atrair cada vez mais adeptos.



  1. Nome ou Nick?
    1. André Koehne, nick Conhecer
  2. Idade?
    1. 43 (quer o CPF?)
  3. Há quanto tempo colabora na Wikipédia?
    1. Muito, acho que nasci nela - o antes foi só me preparando.
  4. O que faz lá?
    1. Faço verbetes. Coisa bem difícil, já que as fontes em português são uma raridade para as coisas que uma Enciclopédia deveria falar; já fiz mais, fui administrador, um sujeito malvado que mobilizou um bando de gente para ser derrubado... Tentei fazer um pouco de humor e amizades, mas pelo visto as neuras falam mais alto - e forte... Enfim, faço verbetes e falo pra caraca.
  5. Quanto tempo em média dedica por semana?
    1. Todo tempo que dá. horas...
  6. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores?
    1. Queda? Acho que a pergunta é mal formulada: basta olhar as mudanças recentes para ver que o número tem aumentado, sobretudo para criação de coisas sem nexo, mal escritas e logo apagadas; o que diminuiu, bastante, foi o número de editores sérios, comprometidos e conhecedores da Wiki; estes, claro, se afastam quando sentem que as tramóias são mais fortes do que o ato de edição; outros saem por disputas mal resolvidas - pois muitos covardes, ocultos pelo anonimato, se achavam no direito de falar e fazer o que bem queriam. Houve uma reação, acho - ainda não percebi tudo completamente - e muito disto foi coibido, de modo que editores que crivam problemas em busca de atençao andam meio sumidos... Esta diminuição, sinceramente, não faz a menor falta...
  7. Existe censura na Wikipédia?
    1. Só na escolha do artigo em destaque; o resto é mesmo falta de compreensão do que seja uma enciclopédia, do que é relevante, ou mesmo de limites - pois o fato de ser livre não abole a "eterna vigilância" - lembram?
  8. Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso?
    1. Não gosto de panelas, não enxergo panelas, não as respeito se existem. O que muitas vezes dizem ser panelas é o fato de pessoas ali ficarem amigas; isso, infelizmente, é visto como algo errado, na paranóia de se combater panela; é preciso separar o bullying de boas iniciativas conjuntas - que deveriam ser incentivadas, sempre. De resto, é mais um rótulo que tende a desaparecer por conta do sumiço do trolls... acho.
  9. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos?
    1. Relevante é tudo aquilo que possui fontes fiáveis a atestar sua importância. Veja alguns dos verbetes que andei editando: Horácio de Matos, por exemplo. Irrelevante, verbetes individuais para falar de Pokémons - e é preciso deixar claro que os temas nos quais há dúvida sobre a permanência, a comunidade decide no voto, em um sistema todo ele voltado para o não apagamento: ali o voto por manter só precisa de 3/4 dos votos para apagar e vence. A minoria manda, se for para manter um verbete. Isto resulta que muita coisa irrelevante acaba "passando". Mas não incomoda muito...
  10. Qual o futuro da Wikipédia?
    1. Por enquanto a Wiki é o que de melhor temos em fontes iniciais, sobretudo em língua portuguesa. Ainda há pouco um ip criou um verbete sobre o "rio São Tomé", que movi para "rio São Tomé (Minas Gerais)". É um dos principais afluentes que irão formar o lago de Furnas; mas temos outros: em Mato Grosso e outro no Paraná; basta uma busca singela ao google para vermos que não temos nada sobre esses rios! E, para continuarmos no Brasil, temos um IBGE, uma Agência Nacional de Águas, os governos federal, estaduais e municipais - tudo primando em fazer propagandas "de governo" e em nada informando sobre as coisas do próprio âmbito de informação...

A Wiki pode não durar mais muito tempo; mas, enquanto dure, é a melhor e mais ampla fonte do saber em língua portuguesa. E do Brasil, então...


1) Fulcanelli, 999

2) 39

3) Desde 2005

4) Inicialmente, construção de verbetes e de conhecimento livre. Atualmente, (eu e mais de cem usuários) estudando formas de colocar o rei nu (desistir jamais).

5) Dedicava duas os mais horas. Depois se encontra sujeitos que pensam que são o dono da coisa: O carinha que dedica mais horas que vc e que se acha com prerrogativa superior, e em imensa maioria, adolescentes que nem trabalham nem estudam (pq se não estariam no trabalho ou na escolha) e não fazem outra coisa a não ser expulsar os aposentados (estes sim os que detêm conhecimento) e IPs (que podem ou não o ter) do processo.

6) A queda do número de editores se deve, além deste problema que citei anteriormente, à incompetência de gestão. Se o próprio Jimbo termina com a namorada via Wiki é sinal que a coisa tá desandando. O fato da imensa porcentagem dos que se recusam a aceitar a queda visível são os mesmos ex-ou-atuais administradores com honrosas exceções é.... risível: Não querem reconhecer a realidade. Candidatos a Steward violadores de políticas de check user... Ex-administradores usuários de socks... Burocratas que permitiram que ex-checkers recebecem logs de verificação... Administradores que ao perder o "carguinho" nunca mais aparecerem... ou seja...De fazer corar o antro atual de corrupção que é Brasília (troll bom é o meu, o seu não me deu benção).

7) Claro que existe. Declarada e Sutil. A Sutil ainda é a mais desgraçada, porque tenta se passar como "aplicação da política". Essá é a mais ordinária. Uma passeada nos logs é a prova. Quem promove a censura? Os mesmos mentecaptos que citei acima. Particularmente censura com relação à qualquer crítica à Wikipédia. Até a Inglesa tem artigos que referenciam essa censura. Mas a portuguesa (prefiro esse termo a lusófona) não, isso é inadimissível. Crie vc mesmo um artigo e sentirá na própria pele (ou dedo, ou onde mais lhe doer)

8) Panela? Que isso... O termo não condiz com a realidade. Grupos de pressão sempre vão existir qualquer que seja o agrupamento de seres-humanos. Mas no caso da Wikipédia "Lusosulfurosa" há grupos de répteis da pior espécie, tramando a todo momento contra o grupo contrário. Um destes citei na primeira pergunta, ou seja, "quando se quer entrar num buraco de rato, de rato vc tem que transar."

9) O que é relevante ou não quem deve decidir é quem a escreve. Não um bando de tecnobabacas. Se, como Borges disse, a Biblioteca é infinita, a Enciclopédia tb deveria ser (particularmente a pressuposta 'livre') e tb aproveitar todos os recursos tecnológicos disponíveis. A Wikipédia Lusosulfurosa vive na idade média da Internet. Web 0.-1

10) Assim como toda primeira experiência, o futuro da Wikipédia é a extinção. Ótima idéia que padeceu das suas próprias entranhas aplicadas à realidade. Angu onde todo mundo meteu a mão e anda precisando de um caldo-Knol. O software MediaWiki permanece, a idéia de conhecimento livre permanece, micro-wikipédias temáticas nasceração.... e crescerão....apesar dos administravadores, burrocratacas, verificorruptos, e outras bactérias nocivas.


*Muito prazer, Observatore.

  • Minha idade é suficiente para participar da Wikipédia.
  • Não colaboro com a Wikipédia, apenas observo desde que era bebê.
  • Dedico muito pouco tempo, mas isso não quer dizer que não ame o bebê que vi crescer.

06. Em sua opinião, a que se deve a queda no número de editores?

  • Sua pergunta sobre número de editores é especulativa ou melhor formulada deveria ser. Se respondê-la parto da premissa que a afirmação dentro da questão é verdadeira. Um repórter, quando pergunta, somente deveria “afirmar” quando trouxesse uma fonte referencial. Qual é sua referência para dizer tal coisa? Já ouviu nalgum canto que um repórter não deve induzir o entrevistado? Onde? Qual estudo fez sobre o assunto perguntado? Qual foi o instituto de pesquisas que lhe passou essa informação? Utilizou uma curva estatística? Ou foram dados empíricos?

07. Existe censura na Wikipédia?

  • Antes de fazer a pergunta deveria definir o que é, para você, “censura”. O que conheço da nossa língua portuguesa e da nossa tradição histórico de governos militares, censura é um controle externo, principalmente sobre meios que comunicam informação. O colega consegue perceber alguma ingerência externa sobre a Wikipédia? No sentido lato, não percebo . Se deseja dar outra conotação à sua pergunta, poderia seguir uma meia dúzia de rumos. Sua pergunta no formato subjetivo dá margem a infinitas linhas de resposta, o que me causa interrogações sobre qual sua real intenção na presente pesquisa, em que alguns podem até vir lavar roupa suja em local inadequado, preparado em local adequado (?). Sobre uma eventual censura, possuímos a auto-censura, a melhor das censuras, segundo nossa aclamada impressa apregoa. Assim, ninguém nos censura. Somos livres como águias para voar, mas nós mesmos, as águias wikipédicas, determinamos um pico alto, bem alto, para limitar nosso vôo. Nós delimitamos nosso território, delimitamos a altura que iremos voar, nós cheiramos nossas crias para perscrutar quais são saudáveis, impomos limites de convivência. Nós não permitimos que nossos adultos façam xixi na sala, defronte de visitas, é isso que considera censura? Não definiu bem sua pergunta e temo que tenha sido com o propósito de pegar a resposta que melhor convier. Nós vivemos em comunidade, nós temos dispositivos de proteção para perpetuar a espécie wiki, senão outros não quererão participar conosco em comunidade e a dança do acasalamento será extinta, e nós desapareceremos. Ahhh, sexo é permitido, desde que seja grupal: aqui todo mundo mete o dedo, a boca está livre para participar enquanto os demais olham, e censura é um termo por demais puritano na nossa Wikipédia.

08.Muitos dizem que o modelo de editores voluntários acaba criando uma “panela” dentro da Wikipédia. O que você pensa sobre isso?

  • “Muitos dizem”? Essa é uma pergunta de um repórter da Superinteressante? Quem dizem? Quantos são muitos? A Superinteressante agora tem “informante”, sua área de interesse mudou para o jornalismo investigativo por intermédio de “informantes”? O que a Superinteressante compreende por “panela”? Os repórteres da Superinteressante estão participando da Wikipédia? Formulam pergunta usando a palavra “panela” com uma certeza de que entenderemos o rumo que deve ser dado nas respostas. Dentro da Superinteressante há uma “panela”? Defina a “panela” da Superinteressante e verificarei qual resposta dar. Perguntas que não definem, nem delimitam o real interesse do entrevistador, apenas nos faz suspeitar sobre a "pegadinha" que está na entrevista. Porque a não definição do objetivo da entrevista? Porque perguntas que abrem margem a um enorme leque de respostas? Um enorme leque que poderá ser usado em sentidos antagônicos e sob pretextos que os entrevistados desconhecem.

09. O que você considera “relevante” para incluir na Wikipédia? E o que considera “irrelevante”? Pode dar exemplos?

  • Considero relevante o que é enciclopédico, documentalmente registrado em fonte secundária, verificável, e principalmente fiável. O que não é relevante muitas vezes está em fontes primárias, está em revistas como a Superinteressante, por exemplo, pois observamos que repórteres fazendo perguntas baseadas em expressões como “muitos dizem”, ou induzindo uma resposta pela pergunta formulada com uma afirmação que é uma “falsa premissa”, ou uma pergunta que não obteve ou apresentou um instituto confiável (olha que palavrinha) que sustente sua pergunta, torna o jornalismo investigativo diferente do que fazemos. O que fazemos é informar por meio da pesquisa, catalogando o que foi arquivado em algum momento da história, procurando evitar termos como "muitos dizem" ou evitando informações subjetivas que confunda o leitor. Com isso não quero dizer que na Wikipédia não encontrará a expressão "muitos dizem", mas fique a vontade para retirar, pois não é uma informação de caráter enciclopédico e não deveria estar aqui: é irrelevante. Observe que uma fonte como a revista Corte e Costura, apesar de não ser o objeto da Wikipédia, é muito mais fiável que uma investigação da Superinteressante, pois veja: Os processos da revista corte e costura podem ser verificados, repetidos, e postos praticamente a prova científica, se me permitir a ilustração como uma figura de linguagem. Contudo, não quero dizer que a Superinteressante não seja uma revista séria, apenas não é escrita, muitas vezes, por pesquisadores, cientistas, enciclopedistas, mas por repórteres. Enciclopédia é diferente de reportagem, enciclopédia não pode confiar cegamente em reportagem, mas enciclopédia aceita catalogar fontes verificáveis produzidas por repórteres.

10. Qual o futuro da Wikipédia?

  • A Wikipédia trabalha com informação verificável e catalogada: O futuro da Wikipédia é ser matéria da Superinteressante.