Esperanto

Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar
Informationdiamond.svg Projeto ou mutirão inativo
Esta página de projeto ou mutirão se encontra inativa; as informações abaixo podem estar desatualizadas. Se quiser discutir sobre o assunto abordado é aconselhável fazê-lo na Ágora
View-refresh.svg Caso tenha interesse, adote ou remixe este projeto em uma nova atividade
Brazilian Star.svg
Projetos da Wikimedia Foundation
Por projeto
Wikipédia:
Avaliação Wikipédia
Wikipédia para Universitários
Wikipédia Offline
Wikinotícias:
Agência Wiki
Central de Wikinotícias
Wikinotícias atualizado
Reformulação do Wikinews
Outros:
Wikcionário
Wikilivros
Wikisource
Wikiversidade
Por língua
Esperanto
Nheengatu
Geral
Wikimelhoria

Wikimedia Brazilo é um mutirão que reúne atividades no Brasil dentro do movimento esperantista. "Brazilo" é a tradução do nome do País para o Esperanto.

Objetivos[editar]

Como mutirão, a Wikimedia Brazilo compartilha do objetivo principal de permitir que cada ser humano tenha livre acesso à soma de todo o conhecimento. O mutirão pretende cumprir tal objetivo por meio de:

  • Divulgação das ações da Wikimedia Brasil dentro do movimento esperantista brasileiro;
  • Lançamento de novas ações dentro do movimento esperantista que possam contribuir com a Wikimedia Brasil;
  • Promoção ao desenvolvimento dos projetos em Esperanto da Wikimedia Foundation.
    • Wikipedia, Wiktionary, Wikiquote, Wikinews, Wikisource, Wikibooks;
  • Apoio à criação do projeto Wikiversity e contribuir para a expansão dos projetos multilígües (Wikimedia Commons e Wikispecies).
  • Apoio à difusão do conhecimento livre entre grupos falantes de línguas minoritárias, e o desenvolvimento de projetos wiki nessas línguas.

Princípios[editar]

O mutirão Wikimedia Brazilo adota a Carta de Princípios. Sendo assim, a adesão à Carta é condição para participação deste mutirão, que respeitará a liberdade, a acessibilidade e qualidade, a abertura e autonomia, a independência e a transparência.

Por quê?[editar]

  • O Esperanto é uma língua simples que facilita o aprendizado de outras línguas. É a língua planejada mais falada no mundo.
  • No Brasil, estima-se haver a maior concentração de esperantistas das Américas. Há um projeto de lei que prevê o ensino facultativo de Esperanto nas escolas de nível médio do Brasil.
  • Os esperantistas promovem congressos internacionais anualmente, desde 1905, exceto durante as duas grandes guerras. Por duas vezes, o Brasil foi a sede do Congresso Universal (Brasília-1981 e Fortaleza-2002). O Brasil também participa de congressos panamericanos e realiza congressos nacionais, sempre de ocorrência anual. Em 2011, São Paulo sediará o Congresso Panamericano e o Congresso Brasileiro, e em 2012, Brasília sediará o Congresso Brasileiro. Nestes encontros, são apresentados recursos para a aprendizagem, ensino e prática do idioma.
  • A Wikipedia em Esperanto é a 26ª maior em número de artigos, dentre todas os 278 versões, e já é a maior fonte de textos livres em Esperanto.
  • O movimento esperantista tem uma tendência natural de compartilhamento de informações. Pelo seu próprio princípio de superação de barreiras linguísticas, muitos materiais são produzidos e disponibilizados livremente. Alguns representantes acreditam não haver resistência dos autores quanto à disponibilização sob licenças compatíveis de grande parte do conteúdo que é publicado atualmente.
  • Os esperantistas têm uma adesão natural à comunicação pela Internet, uma vez que a língua está voltada à comunicação internacional, e há muitos recursos eletrônicos disponíveis.
  • Em cada unidade da Federação, há uma associação local de Esperanto, que promove encontros quinzenais ou semanais, e que reúne recursos de aprendizado, ensino e prática da língua. Essas entidades sem fins lucrativos são organizadas pela Liga Brasileira de Esperanto, que tem sede em Brasília. No primeiro contato, a entidade nacional foi bem receptiva quanto à ideia de aproximação com o grupo da Wikimedia Brasil e resultou na indicação de Evandro Avellar, do Taguatinga Esperanto Klubo, para iniciar as discussões sobre ações de interesse comum.

Parceiros[editar]

Encontros[editar]

2010[editar]

Em 2010, foram realizados três encontros em Brasília com representantes do movimento esperantista: no primeiro encontro, foram apresentados a Wikimedia Foundation, a Wikimedia Brasil, os projetos em Esperanto da WMF e os projetos em curso do Esperanto no Brasil. No encontro seguinte, também foram apresentados os movimentos neoesperantista e o Esperantismo Econômico, que passaram a integrar o âmbito de atuação do mutirão. O terceiro encontro reuniu esperantistas de diversos segmentos, para conhecer os projetos e tirar dúvidas, ampliando e divulgando o mutirão.

2011[editar]

No primeiro encontro de 2011, foi lançada uma ação-relâmpago pela Internet em comemoração ao aniversário de 10 anos da Wikipedia, e também foi discutido o uso de wikis como ferramenta auxiliar na elaboração de material para o Congresso Brasileiro de Esperanto de 2012. Alguns contatos foram feito por e-mail, e surgiram oportunidades de ações envolvendo o tema das Olimpíadas 2016, a serem discutidas nas próximas semanas.

Em novembro de 2011, ocorrerá a primeira conferência internacional da Wikipedia em Esperanto. Dois voluntários brasileiros foram convidados a participar.

Recursos[editar]

2008-11-29 Malf vporvi.JPG

Para desenvolver suas atividades e atingir seus objetivos, o mutirão contará com recursos diversos. Uma vez que é um mutirão da Wikimedia Brasil, sua principal página na Internet será esta página na Wikimedia Brasil. Com isso, pretende facilitar a transparência em suas ações, e a participação de todos os demais voluntários da Wikimedia Brasil, em consonância com a Carta de Princípios. Além desta página principal, outras páginas podem ser utilizadas para ampliar o alcance dos projetos em curso, sempre com redirecionamento para esta página principal. E também outros recursos eletrônicos podem se juntar às páginas secundárias para facilitar o acesso, a coordenação ou a distribuição das informações relativas às atividades desempenhadas, como endereços eletrônicos, listas de discussão, comunidades, ferramentas de comunicação, softwares, etc. Há também alguns recursos físicos que podem ser úteis, como livros, revistas, folhetos, camisetas e brindes.

Ligações externas[editar]