Carta de Princípios/Aprovação

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar

Após o pedido de posicionamento, que foi realizado até o dia 28 de fevereiro de 2009, a Carta foi aprovada pela comunidade sem objeções ao término do período.

Pedido de posicionamento[editar]

Até dia 28 de fevereiro ninguém manifestar-se com:

  • questionamentos objetivos
  • propostas concretas de mudanças

podemos adotar a carta como está?

De acordo[editar]

  1. Solstag 04:25, 5 February 2009 (UTC)
  2. Ozymandias 09:44, 5 February 2009 (UTC)
  3. Thomas de Souza Buckup 15:23, 5 February 2009 (UTC)
  4. Rodrigo Tetsuo Argentonm 20:27, 9 February 2009 (UTC)
  5. Nevinho 18:32, 10 February 2009 (UTC)
  6. Alex Pereira falaê 19:08, 10 February 2009 (UTC)
  7. Rautopia 22:38, 11 February 2009 (UTC)
  8. Tom 23:43, 26 February 2009 (UTC)
  9. Gustavo D'Andrea 01:48, 27 February 2009 (UTC)
  10. Nathalia 05:23, 28 February 2009 (UTC)

Objeção[editar]

Abstém-se[editar]

Contextualização[editar]

O Gustavodandrea sugeriu iniciar a carta contextualizando-a. Isso levou-me a retrabalhar a versão inicial dele. Ao fazê-lo percebi também que o conteúdo da antiga introdução, ali mantido, de fato pertencia à seção "Comunidade", o que levou à separação de partes desta seção na nova subseção "Responsabilidades". Avalio que com tudo isso o grau de clareza da carta cresceu dramaticamente. :) --Solstag 06:40, 16 February 2009 (UTC)

Especificidade, objetividade[editar]

Acredito que a Carta possa ser um pouco mais específica. Os termos são muito genéricos e dão espaço a ambiguidade. Ozymandias 09:44, 5 February 2009 (UTC)

Eu já tentei, focando na seção "Princípios", tornar mais objetiva e menos ambígua a redação. Considero esta a parte mais importante da carta. Mas veja, uma carta de princípios pretende afirmar as propostas fundamentais às quais não aceitaremos transgressão independente das circunstâncias. Por isso essas propostas mutas vezes tem significados genéricos, não havendo ambiguidade e sim amplitude. Mas sem dúvida, se tiver um exemplo de ambiguidade com relação aos princípios, onde uma das interpretações viola o espírito da carta, é importante melhorá-la! --Solstag 22:27, 10 February 2009 (UTC)

Revision as of 12:57, 31 January 2009[editar]

Névio, quanto a esta revisão, acho que a palavra por hora seria "movimento" e não "instituição". Se estiver de acordo, pode corrigir? []'s! --Solstag 04:37, 1 February 2009 (UTC)

Também achei melhor e alterei, e também alterei a ultima frase, acho que criamos a possibilidade, mas parte de cada um a vontade de agarra-la ou não. Rodrigo Tetsuo Argentonm 14:39, 1 February 2009 (UTC)
Opa, discordo, ter acesso não pressupõe fazer acesso, portanto a frase estava ótima e reverti este detalhe. De resto acertei concordâncias e melhorei o posicionamento do título dentro da forma de página que vc implementou. abs! --Solstag 17:27, 2 February 2009 (UTC)
Instituição foi usada por mim mais no sentido de ato ou efeito de instituir do que como o substantivo inconscientemente adjetivado. Mas a palavra "movimento" também está eivada de significados. Enfim… tudo bem. Prefiro praticar o que está expresso na carta do que insistir numa questão de somenos importância. Sugiro que alguns editores experientes releiam por exemplo este artigo. Nevinho 18:53, 10 February 2009 (UTC)

Ponto fora da Carta[editar]

Oi!Vim aqui dizer alguns pontos do porquê não aprovo a carta.A carta não especifica um comitê organizador ou nada sobre a organização da Wikimedia Brasil na sua criação,o que é extremamente necessário na sua criação para deixar de ser uma "terra-sem-lei".Proponho o seguinte esquema:três coordenadores eleitos pela comunidade para organizar a Wikimedia Brasil.Também poderia falar da organização de encontros do capítulo.Algo como:como seria,qual as datas.O que acham?

--Tosão 21:37, 18 February 2009 (UTC)

Acho que …, não importa; mas Mateus nós agora estamos agindo como um movimento totalmente horizontal, não tem "o líder", não há necessidade de leis e sim de valores.

Também poderia falar da organização de encontros do capítulo.Algo como:como seria,qual as datas.O que acham?

??? Tente participar mais das discussões, sinto que a sua visão ainda está baseada no estatuto. Na Central de discussões, há o arquivo da mailing list, caso você não consiga acompanhar.

--Rodrigo Tetsuo Argentonm 01:50, 19 February 2009 (UTC)

Tosão, esta é uma carta de princípios. Ela postula o conjunto mínimo de posições que serão exigidas para participar do grupo. Ela deve ser formulada independentemente da forma como nos organizaremos. À parte disso, como o Rodrigo mencionou, há um bom tempo as discussões na lista de e-mails caminharam para o entendimento de que neste momento não buscaremos reconhecimento estatal nem estabeleceremos uma hierarquia formal. Qualquer dúvida estou à disposição.

--Solstag 20:36, 19 February 2009 (UTC)

Referência[editar]