Campus Party/2013/Relatório

Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar

O dia 1: 28/01[editar]

Panfletos do MWBR em uma das bancadas da Campus Party

Um milheiro de panfletos foram impressos, em dez modelos diferentes. São dez modelos sucintos e impactantes, que pretendem esclarecer e difundir nossos ideais. Esses panfletos foram grudados com fita adesiva em dez bancadas, interrompido pelo fim da fita adesiva. Cerca de metade dos panfletos se foram, e qualquer pessoa que se sentar nessas dez bancadas verá fixamente e constantemente os panfletos, invés do tradicionalismo "ler, amassar e jogar fora".

Pregamos cerca de doze folderes tamanho A3, guias de edições, nas bancadas.

Tivemos conversas bilaterais com a EBC, que nos prometeu uma aparição em seu site em um artigo destinado a nosso movimento. Outra desta foi com o Linux, em que um projeto intracolaborativo entre o Movimento Linux e o MWBR foi proposta e planejada. Me alongo sobre isso depois.

O dia 2: 29/01[editar]

Mateus fazendo um panorama geral sobre a história ca enciclopédia, acesso ao conhecimento ao longo dos últimos milênio no contexto da cultura livre

Iniciou-se com a palestra do Mateus Nobre: Os ideais da Wikipedia e a cultura livre, que falou sobre a história da cultura e das enciclopédias, desde a Idade Média até os dias de hoje, quando se dá o surgimento da Wikipédia e a revolução que ela causou no conceito de reunião, organização, edição, publicação, correção e armazenamento de conhecimento humano. Após a palestra, ele conversou com uma blogueira voluntária da Campus Party, Luciana Arraes. A conversa rendeu um post no Facebook oficial do evento, compartilhado por quase 150 internautas.

Banner do MWBR.

A essa altura, já tínhamos um banner para ficarmos devidamente localizados. Mais voluntários estiveram presentes no dia.

O dia 3: 30/01[editar]

Tom dando sua palestra inspirada no texto How to get a job like mine, de Aaron Swartz.

Ocorreu neste dia a segunda e última palestra da nossa programação: "Wikipédia e o futuro da educação", conduzida por Everton Zanella Alvarenga, também conhecido por Tom, coordenador do Projeto Wikipédia na Universidade, da Wikimedia Foundation. Com um público um pouco maior que a apresentação anterior, ela conseguiu talvez aumentar ainda mais a visibilidade do movimento na CPBR. Nela, Tom mostrou como a maneira tradicional de se educar crianças e jovens (ou seja, escolas, salas de aula, professores, livros, exercícios etc.) está se mostrando obsoleta e desagradável para os alunos, e deu exemplos de figuras que difundem o ideal de uma nova maneira de se educar as novas gerações, como Aaron Swartz, Carl Sagan, Daniel Dennett e Isaac Asimov. Ao mesmo tempo, falou sobre a Wikipédia, como ela ajuda estudantes, e como o programa Wikipédia na Universidade pode aproximar a comunidade wikipediana do meio acadêmico, que tem demonstrado muito preconceito contra a enciclopédia virtual por sua suposta falta de confiabilidade. A palestra rendeu uma matéria no site Olhar Digital, no Brasil, e no Diário Digital, em Portugal.

Carlos mencionando o protesto da Wikipédia contra o projeto de lei SOPA.

No mesmo dia, vale ressaltar, ocorreu o debate "O Marco Civil da Internet: uma lei que pode mudar sua vida na rede", no qual o Mateus e outros ativistas fizeram uma manifestação silenciosa pela aprovação imediata do Marco Civil. O debate contou com quatro convidados e uma mediadora. Um deles, Carlos Affonso Pereira de Souza, professor da Direito Rio e da PUC-Rio, citou o protesto da Wikipédia contra os projetos estadunidenses SOPA e PIPA em sua explanação.

O dia 4: 31/01[editar]

Funcionária da EBC vestindo o moletom da Wikipédia.

O dia começou mal: demos pela falta do banner, que havia sido removido na quarta a pedido de um bombeiro (que achava que o fato de ele estar pendurado no ventilador poderia causar um incêndio). Ele foi colocado embaixo da bancada, mas sumiu no dia seguinte, e não foi mais encontrado.

Afora este empecilho, propôs-se a realização de uma oficina de edições, a ocorrer no mesmo dia. Contudo, os voluntários decidiram adiar a atividade para o dia seguinte, deixando este dia para planejamento apenas. Pensou-se em oferecer um moletom da Wikipédia como prêmio para quem fizesse a(s) melhor(es) edição(ões) em algum dos itens de uma determinada lista de artigos relacionados ao conhecimento livre. Os campuseiros teriam que se inscrever conosco até uma certa hora, criar uma conta na Wikipédia e fazer suas edições até o horário limite.

Uma funcionária da EBC gentilmente aceitou ser a nossa "modelo" para divulgarmos o prêmio nas redes sociais.

O dia 5: 01/02[editar]

A primeira atividade programada para o dia era a divulgação da gincana com os nossos folhetos, mas eles também foram furtados. Então, a divulgação foi feita no boca-a-boca mesmo, de bancada em bancada. Infelizmente, nenhum campuseiro apareceu para a atividade.

Contudo, conseguimos uma entrevista em vídeo com o site da EBC (Empresa Brasil de Comunicação), que foi transmitida ao vivo pelo portal, divulgada nas redes sociais da empresa e disponibilizada mais tarde em um vídeo. Participaram da conversa o Mateus, o Jonas, o Feen e o Argenton.

Rodrigo, Marcel e Jonas conversaram com o coordenador do grupo de inclusão digital da Campus Party. Ele organiza um espaço com dois laboratórios de computação, com aproximadamente 30 computadores cada, onde escolas levam estudantes de ensino fundamental e médio para cursos envolvendo tecnologias web. Esse espaço fica na área aberta da Campus.

Marcamos para falar sobre Wiki no dia seguinte, uma fala breve de 15 minutos em um dos cursos, que acabou não acontecendo.

O dia 6: 02/02[editar]

Nenhuma atividade foi realizada neste dia de encerramento da Campus Party. Mas foi marcado no dia anterior uma pequena palestra sobre tecnologia Wiki no espaço de inclusão digital da Campus party, um espaço generoso com dois laboratórios com ~30 computadores, cada.

Por alguns problemas de comunicação a atividade acabou não acontecendo, mas abriu um ótimo canal para ações futuras, esse espaço está presente nas outras edições da CP. No domingo Jonas entrou em contato com a Wikimedia México, para o uso desse espaço pelo movimento Wikimedia na próxima edição do evento no México. A proxima edição da CP em Recife também poderá ter ações desse tipo.

Ver também[editar]