Wikimedia:Ágora/Blog dos mutirões pelo conhecimento livre: seria interessante

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar
Red question mark.svg

Caros, fiquei pensando se não seria interessante termos nosso blog (já surgiu mais de uma vez na lista a idéia de termos um blog) com textos criados colaborativamente usando-se o wiki do capítulo ou a wikinotícias, para depois ser publicado nesse formato de posts com possibilidade de comentários. Não seria interessante termos sempre a mesma meia dúvida de pessoas escrevendo textos, muito menos se eles fossem apenas criado individualmente, pois fugiria do espírito wiki.

Eu acho que ter um blog pode ser uma ferramenta útil para divulgar nosso trabalho e atrair novos voluntários que tenham afinidade com nossos valores. E um retorno a partir dos comentários do blog poderia ser legal, até mesmo para aqueles que não se sentem confortáveis em opinar na lista de emails ou têm dificuldade (inicialmente) de usar o espaço de discussão do wiki.

O que acham? P. S. O título desse tópico tinha uma interrogação. Era para ter a pergunta "seria interessante?" --Everton137 13h18min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Symbol support vote.svg Concordo, desde que o blog esteja em cc-by-sa, e possa assim ter texto transcrito do/ao Wikinotícias.

CasteloBrancomsg 13h41min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Pô, Castelo, nem precisa falar sobre a licença, né? :P --Everton137 13h44min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Cria uma Wikia, e monta como um brog.Rodrigo Tetsuo Argenton 13h43min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Acho o Wikia em particular horrível por causa da poluição das propagandas. --Everton137 13h44min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Também acho. O formato do Blog da WMF, em WordPress, me parece ideal. CasteloBrancomsg 14h29min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Gostei desse blog da WMF, pode ser desse tipo. Rjclaudio 14h49min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

HUmm, eu não sei editar em wordpress, e na realidade, não sei como funciona, mas daria para todos editarem, tal como havia proposto? Rodrigo Tetsuo Argenton 15h01min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

A gente faz o texto primeiro no wiki e depois que terminarmos alguém passa para o blog com as tags e categorias corretas. Essa foi a idéia que propus. --Everton137 15h03min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Tinha um blog chamado http://pt.planet.wikimedia.org/ (que por sinal é operado pela Wikimedia)... Nele vários colaboradores lusófonos editavam... mas depois de um tempo alguém começou a publicar relatórios em inglês e o blog perdeu um pouco o foco... talvez queiram ressuscita-lo Raylton P. Sousa 15h02min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Poderia ser em baixo do domínio br.wikimedia.org, tipo blog.br.wikimedia.org. Eu acharia legal algo do Brasil, não da língua portuguesa, que é mais amplo. Claro que qualquer um que fala português poderia participar dos textos colaborativos. --Everton137 15h07min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

quero ver alguém lembrar dessa url... seria mais legal comprar o wikimedia.wiki que algo brazuca, o dominio .wiki só existe aqui, não lembro se vinha com o br depois wiki.br, mas seria legal, mesmo sendo wikimedia.wiki.br... Rodrigo Tetsuo Argenton 15h19min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Esquece que eu falei, ele tem que ter uma wiki no domínio...
E transportar para o bolg, são só dois trabalhos, para que não deixar aqui? Rodrigo Tetsuo Argenton 15h20min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
A parte técnica pode deixar comigo. Só devemos nos preocupar com a hospedagem e com o dominio (que poderia ser um subdominio da br.wikimedia). O Nuno também ofereceu hospedagem caso seja necessário. Sobre a parte dos textos, acho que não precisa criar na wiki e migrar para o blog. Sendo uma ferramenta como Wordpress, todos poderiam ser editores com seus logins e senhas.Ozymandias 18h14min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Idéia inicial: antes de pensarmos em uma plataforma independente, podemos modelar uma página daqui para ser no formato de um blog, cujo conteúdo seria um namespace. Esta página pode ser chamada da ou ser a página principal, por exemplo. Ozymandias 18h44min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Ótima a ideia de começar aqui e depois migrar, mas vamos combinar um espaço específico, se não for um domínio, que seja um estilo que deixe bem claro o que é (podemos mudar a cor de fundo, por exemplo). É para não confundir as coisas. O blog teria um público-alvo diferente, e o estilo deve ser adequado a ele. Enquanto na wiki escrevemos para wikimedistas, em um blog escreveríamos para o público geral, e isso muda tudo.
Tem uma questão importante: blog é um blog. Se for para discutir o conteúdo de cada coisa a ser publicada, vamos chamar isso de Press Release (ou dar um nome brazuca pra isso aí). WMF usa o blog para informar. Parece uma boa ideia para a gente, já que não somos tantos, e isso dispensaria um Press Release. Mas nosso blog pode servir para comentarmos notícias diversas que afetam nossas atividades, como leis em tramitação, projetos governamentais, inovações tecnológicas, pesquisas diversas, ou seja, a opinião da WMBR sobre vários temas, essencialmente notícias. Nesse caso, pode ser útil termos uma fonte oficial de informações das nossas atividades. Não sei se precisamos disso agora, mas para não sair do tema, acho que temos que decidir o que vai nesse blog. Digo isso porque acho completamente desnecessário redigir o post de um blog na wiki antes de colar lá. Cada um de nós pode fazer um post sobre algum assunto que se interesse, e dá até para dois ou mais escreverem juntos, em rascunho, antes de publicar. CasteloBrancomsg 23h12min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
E que tal usarmos o wikinotícias por enquanto para dar uma animada por lá? --Everton137 03h05min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Como um blog, todos poderiam ser liberados a escrever. O que pode ser feito é um sistema de pares: ao escrever um determinado conteúdo, o mínimo de três aprovam e o conteúdo é liberado. A parte da comunicação "oficial" poderia ser feita pela Wikimedia Comunicação. Para isto entra aquela parte do que falamos anteriormente de estabelecer um conjunto de voluntários para padronizar esta comunicação com o público. Ozymandias 23h50min de 10 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Talvez. Podemos criar uma subseção daqui para nos organizarmos como será o processo de publicação, como fiz para a questão da infra-estrutura e do domínio. Tendo a crer que usarmos um wiki e publicarmos depois que as pessoas envolvidas concordarem que o texto está bom seria um bom método.
Fico pensando se for ter que esperar 3 pessoas aprovarem será um processo muito demorado e nem acho que temos tantos voluntário para isso no momento. Poderíamos por um limite para um texto sobre um assunto ser publicado (p. e., uma semana para um relato sobre nossa participação no Festival de Cultura Digital) e se virmos que saiu algo legal, publicamos no blog. Talvez decidirmos uma política de manter no blog sempre a última versão do wiki e ele servir apenas como ferramenta de divulgação seria melhor. --Everton137 03h02min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Só faço questão de termos um modo de escrever um rascunho antes de publicar, como é importante para notícias que envolvem várias pessoas, q tem maior duração e há um período de preparação (como os eventos). Para esse tipo de notícia deveríamos fazer em rascunho e esperar um tempo até publicar oficialmente. Rjclaudio 03h29min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Modelo burocrático longe dos nosso valores... a construção tem que ser colaborativa livre, não, autoral com autorização... esse treco de publicar oficialmente também acho errado, ninguém deve responder pela WMBr, ainda não sei como podemos fazer, mas não estou gostando do caminho que estamos indo, e estou quase voltando para a minha Wikia, pois mesmo que tenha propaganda, ainda é uma Wiki... Rodrigo Tetsuo Argenton 03h37min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

"Caminhos que estamos indo". Deus dos outros. Estamos discutindo, dando idéias, discordando, progredindo uma proposta. Não chegando com caixinhas fechadas das quais não queremos sair. Bem, talvez encaramos nos outros a forma como chegamos a uma discussão. ;) --Everton137 03h42min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Não falei caminho que chegamos. Falei caminhos que estamos indo, acho que estamos perdendo nossos valores com as propostas atuais. Tom, sério, tente entender mais, muitas das criticas que faz é por falta de entendimento. A minha critica é simplesmente para voltarmos para o nosso mundo, não estou criticando os voluntários ou algo que possa ter passado pela sua cabeça. Rodrigo Tetsuo Argenton 04h15min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Quando alguém discorda da forma como você pensa, você fala coisas como "não estou gostando do caminho que estamos indo, e estou quase voltando para a minha Wikia". Parece mimimi na linha "se não for do meu jeito, não brinco". Se as pessoas estão fugindo dos valores que você apregoa e segue com tanto afinco, por que não explicar para os pobres mortais aqui embaixo com nossa limitações e falhas? Ou que tal o quarto mandamento? --Everton137 04h24min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Parece para você, sua visão da realidade, não é um fato, esse é o ponto. Perceba a diferença do que eu falei e do que você quis ouvir: "Nós, estamos indo para um caminho burocrático, autoral, que não nos representa. Acho que estou voltando a apoiar a minha ideia da Wikia, pois mesmo que tenha publicidade é livre, é colaborativa, e nossos valores ficariam intactos" O que pelos sua ranhetice você mostrou entender: "vocês são tudo chucro, deveriam fazer o que eu to mandando e usar a Wikia", porra, só falei que EU estava voltando a apoiar a Wikia, pois esse caminho que NóS estávamos indo de aprovação, seleção de candidatos, duplicação de trabalho, estava nos afastando da nossa realidade. Essa citação é muito mais importante que a que deixou para mim "O desafio de compreender precede a oportunidade de criticar.", até porque não utilizei argumento de autoridade, pois mesmos você se colocando em papel de tadinho, que está virando hábito, eu me coloquei no meio do bolo, pois somos iguais... e não venha com esse papinho de "você apregoa" essa merda são os nossos valores, você participou da construção disto, não duvido que mais que eu, você deveria estar defendendo isso com muito mais afinco e criticando muito menos os voluntários. E você ainda me cobrou o levantamento dos erros "Modelo burocrático longe dos nosso valores... a construção tem que ser colaborativa livre, não, autoral com autorização... " foi exatamente assim que eu comecei. Quem fala muito pouco ouve Everton. Rodrigo Tetsuo Argenton 05h04min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Outro ponto que eu esqueci de dizer, se eu não apoio aquela ideia, eu posso muito bem me retirar, o sistema aqui é de mutirão, se eu não concordo eu posso simplesmente me dedicar a outra coisa e deixar que vocês façam o que quiserem, e não terão meu apoio mesmo, pois não acredito naquilo. E eu tenho feito muitas coisas à contragosto e ouvido muita reclamação por porra nenhuma, não tem nem porque eu suportar isso. Se eu acho que estão fazendo besteira, não vou compactuar com aquilo e acabou, vai me censurar por não querer mais apoiar algo? É uma prisão agora? Esse modelo aí eu não quero não, vai me açoitar se eu pegar as coisas e ir embora? É muito melhor que eu ficar batendo de frente, dispendendo energia para argumentar com algo que eu estou sentindo que não vai mudar. Rodrigo Tetsuo Argenton 05h14min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Cláudio, a idéia do sistema de pares é semelhante ao sistema utilizado por publicações científicas e caracteriza apenas por um número x (três é um minimo aceitável na comunidade para não partidarizar qualquer tópico) de usuários liberar a postagem de um membro (liberar significa ser agregado pelo blog). Não haveria maiores discussões relacionadas, apenas se o conteúdo tivesse algum erro ou algum ponto polêmico, permitindo ao editor original fazer a correção devida. Por este motivo acho que não haveria uma burocracia desnecessária, porque bastaria a leitura e aprovação ou consequente motivo do porque não foi liberado. Acho que um elemento igual ou semelhante a este tem de ser implantado porque permite a colaboração de qualquer pessoa externa sem maiores problemas. Sem isto, o que impossibilita que um usuário apague textos de outros e vice- versa ? Sem um modelo semelhante, a chance de uma panelinha é bem grande. Ao Argenton, quando as discussões forem sobre a tecnicidade da idéia e não sobre o seu gosto sobre a idéia, o pessoal pára de te chatear ;) Ozymandias 11h49min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Acho que o blog poderia ser livre, e mudaria-se quando necessário. Sobre o Argenton, eu leio essas coisas a pouco tempo, mas percebo que é um muito passional e isto impede de aceitar opiniões contrarias. Olha gente! Todos nós temos os mesmos objetivos... não vale a pena entrar em brigas desnecessárias. Não se deve tomar como ofensa pessoal qualquer opinião oposta.
Atenciosamente. Raylton P. Sousa 10h36min de 13 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Infraestrutura e domínio[editar]

Sobre a infra, algumas pessoas se ofereceram. Mas que tal tentarmos pedir para a WMF? Eles já usam WordPress e talvez seria fácil para eles ter um rodando para nós, como é feito pelo pessoal da Open Knowledge Foundation para o blog brasileiro. E se a idéia de usar um subdomínio do nosso domínio for boa e todo mundo concordar, podemos pedir também. Se formos comprar um domínio e usar infraestrutura de alguém, temos que ser bem claros quanto aos gastos, quem pagou, quem se compromete com o que etc.. Já me envolvi em projeto que a pessoa que comprou o domínio não pagou e não justificou porque, então perdemos o domínio. Por isso tendo a crer que o ideal é deixar na mão da fundação, caso concluamos que queremos um blog e dependendo do formato --Everton137 02h57min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Não esquecendo q além do blog, muitas notícias também seriam postadas no wikinotícias (cobertura de evento, por exemplo). Se fizermos primeiro na WMBR, seria WMBR -> Blog+Wikinotícias, já são 3 passos.
O ideal era termos um modo de acompanhar as Mudanças recentes do blog (ou qualquer lugar q a gente for usar) por aqui também. Pro wikinotícias daria, usando a lista global de vigiados (ou algo por aí, não lembro o nome). Ficar usando dois sites (ou três !?) para se manter atualizado na construção de notícias é trabalho extra, com risco de ter versões diferentes (sendo desenvolvidas independentemente) e vai causar um lapso de tempo (já é difícil acompanhar sempre a WMBR, acompanhar + 2/3 sites então)
Rjclaudio 03h29min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Claudio, é por isso que estou vendo o blog mais como uma ferramenta de divulgação de nossas atividades e possível meio de interação para um público que poderá a vir ser editor. Nós construímos os textos colaborativamente num wiki (aqui ou na wikinotícias, basta vermos onde é mais prático, não conheço muito o wikinotícias) e publicamos no blog. Acho melhor escolhermos um wiki só para não ficarmos sem acompanhar e acho que um post de blog pode ter uma forma de uma notícias também. Pode servir como experimento de divulgação e acho importante tomarmos cuidado, como falei no começo, para não virar um cantinho onde apenas meia dúzia escreve. Por exemplo, não seria bacana ter o texto que o Abdo e o Névio escreveram na Folha nesse blog? Ou um relato sobre algum evento, como o pessoal da REA Brasil fez? Acho que daria mais visibilidade do que só no wiki. A própria WMF faz isso com sua newsletter, ela possui um espaço no wiki e publicações no blog. Mas esse canto aqui eu queria discutir infra, hehehe. --Everton137 05h16min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Podemos criar um modelo embrionário do blog por aqui e fazer testes por um ou dois meses para ter uma idéia melhor de como prosseguir. Não vejo muita complicação, bastaria modelar a página inicial retirando a maior parte do que existe ali (tornando transparente ao público externo) e criando um formato de blog. Do blog podemos ter ligações internas para os diversos projetos internos daqui, o que acho que poderia trazer um proveito muito melhor de captação de novo público. Gosto deste modelo [1], que aparenta ser em uma plataforma externa, mas poderia ser facilmente adaptado aqui. Ozymandias 11h56min de 11 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Pondo em prática[editar]

Um primeiro post sobre o I GP Wikimedia Brasil para experimentarmos. --Everton137 01h36min de 15 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Talvez seja melhor colocarmos os textos do blog em blog/Posts para aliviar a Ágora. --Everton137 11h01min de 15 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
Tom, lembra que a gente já falou disso um tempo atrás? Acho que você tinha até feito o registro de "mutiroes.blogspot.com", de qualquer forma, acho que agora deveríamos utilizar o "blog.wikimedia.org.br" para as questões oficiais, talvez o outro poderia ficar mais aberto, opinativo etc. Pietro Roveri 04h05min de 21 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]
De fato, Pietro, você me fez lembrar desse blog http://mutiroes.wordpress.com/. :) Na época, se não me engana, eu nem sabia que podíamos usar o domínio br.wikimedia.org. A discussão de um blog surgiu várias vezes na lista e lembro que você foi um dos que se empolgou. Estou vendo a data em que criei o blog, novembro de 2009, e foi logo antes de eu conseguir um novo emprego, que consumiu muito meu tempo e não seria possível ajudar com isso. Acabei esquecendo. --Everton137 11h30min de 21 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]

Agregador de blogs[editar]

Achei Wikipédia:Planet (Planet é um agregador de blogs de várias pessoas diferentes ou de pessoas de um mesmo projeto através de links de RSS. A Wikipédia e os outros projetos da Wikimedia em língua portuguesa já podem agregar seu blogs no nosso próprio Planet). Está ativo? Se não, seria útil reativarmos isso, incentivarmos as pessoas com blog a participar, e colocar o nosso blog lá. Um agregador RSS não elimina / concorre com um blog nosso, é um complemento. Rjclaudio msg 20h05min de 21 de dezembro de 2011 (UTC)[responder]