Discussão:FISL/2014

Grupo de Usuários Wiki Movimento Brasil
Ir para navegação Ir para pesquisar

Palestra do Abdo![editar]

Abdo vai palestrar no evento! Alguém por favor tire fotos, se possível pergunte como está Azaleia Sideral. --Jonas (discussão) 03h13min de 17 de março de 2014 (UTC)Reply[responder]

Hahaha! Boa, Jonas. --Everton137 (discussão) 12h21min de 17 de março de 2014 (UTC)Reply[responder]
Pois, fantástico, Jonas! Não tinha visto isso e é urgente inclui-lo na conversa! Abdo é um ótimo agitador ;-) --Oona Castro (discussão) 22h06min de 17 de março de 2014 (UTC)Reply[responder]

Poisé, estarei lá no FISL, vai rolar algo da Wiki com que possa contribuir? Se sim, será que a wmf/catalisador pode ajudar a pagar minha estadia lá? A passagem o próprio FISL tá pagando. Eu terei 2 ou 3 horários em que vou protagonizar atividades lá, um deles é sobre ciência aberta e vou acabar falando da wikiversidade e do apoio da wikimedia ao grupo de ciência aberta, mas não chega a ser uma atividade wiki então não considerei ainda pedir auxílio, já que organizar do chão uma outra atividade sobre wiki eu não vou ter condições. --Solstag (discussão) 19h33min de 23 de abril de 2014 (UTC)Reply[responder]

Eu tô torcendo para que o usuário:Danilo.mac vá para o FISL, eu mesmo não posso. Ou os "wikers" podem fazer um wiki-encontro durante o evento. Abdo, antes que você peça auxílio eu apoio, só não vai gastar tudo com doces ou outras drogas.
Não conheço a estrutura do evento, então não sei que tipo de coisa pode ser sugerida. O Padula me disse esteve por lá noutras vezes, ele deve saber. --Jonas (discussão) 20h05min de 23 de abril de 2014 (UTC)Reply[responder]
Não posso ir também. Danilo.mac (discussão) 18h00min de 26 de abril de 2014 (UTC)Reply[responder]
:( Tudo bem Danilo. --Jonas (discussão) 16h32min de 27 de abril de 2014 (UTC)Reply[responder]

FISL ou não FISL, eis a questão[editar]

  • FISL: qual o benefício em participar do FISL? Além da matéria divulgada, o que foi gerado de concreto para o projeto? O custo benefício valeu a pena? Há quem acredite que matéria em jornal traga editores, mas isso me parece uma análise equivocada. A maior vantagem que vejo aqui será o benefício individual para os consultores ou os gringos darem um rolezinho inútil. (De maneira alguma estou dizendo que o FISL é inútil, mas como falei diversas vezes, acho que se perde muito tempo em eventos nesse negócio aqui e poucos resultados surgem.) --Everton137 (discussão) 14h01min de 15 de março de 2014 (UTC)Reply[responder]
  • Tom, acho pertinente a questão. Só pra esclarecer, o Asaf não viria PARA o FISL. Eu concordo com essa questão no geral, para os mais variados eventos de que participamos e em que fazemos outreach: Campus Party, seminários, Feiras de livros, etc. Acrescente-se que, em alguns casos, há público que nem sabe que a Wikipédia é colaborativa e editável - e falar sobre como funciona pode representar um avanço em conhecimento a respeito dos projetos. Mas no caso do FISL é difícil mesmo crer que a maioria das pessoas não saiba. Da nossa participação no último ano, além da palestra do Henrique que teve mais repercusão, o que vi de mais concreto foram duas pessoas que me escreveram dizendo que tinham assistido às nossas palestras divulgando outras atividades nossas ao longo do ano. Digamos que possamos ver mais engajamento na divulgação de coisas interessantes, links sobre a Wikipédia etc. Uma delas, inclusive, divulgou e participou do evento na Ação em fevereiro, criou conta, e fez uma dezena de edições entre fevereiro e março. Compartilhando aqui porque acho interessante, mas evidentemente é difícil fazer a conta "participação em um evento, organização de outro = uma nova editora com 10 edições". Mas não podemos também ignorar que algumas aproximações e conquista de editores são processuais. O que ocorreu também foi que ano passado tivemos conversas com algumas pessoas que sugeriram que este ano as atividades fossem mais longas (com uma sala dedicada a um dia inteiro de hack-a-thon, por exemplo). Eu acho que tem um valor, mas não tem nenhuma necessidade de equipe toda lá. Acho que o grupo de usuários também poderia se beneficiar deste momento para reunir o pessoal de POA e articular coisas por lá. Priorizaria isso, junto com uma atividade focada. Enfim, movi a página porque acho que a vinda do Asaf não é relacionada ao FISL (apenas se estiver aqui na mesma época seria o caso de considerar, por isso coloquei lá). Enfim, eu acho que há retorno positivo, mas é importante focar e concentrar os esforços em uma (ou no máximo mesmo duas, a depender do tamanho do evento) pessoa(s) da equipe + voluntários. Ah, sim, e reportagem em mídia, pelo estudo de acessos que faço desde o início de 2012, contribui para mais acessos (que é uma das metas) e criação de contas (não necessariamente revertida em novos editores/editores ativos. Impressionante como ainda tem muita gente que não sabe que o que é a Wikipédia (ou nunca ouviu falar, ou acha que Wikipédia e Google são a mesma coisa), tampouco que ela é editável. A gente é que vive em um mundo em que parece que todos sabem. --Oona Castro (discussão) 02h18min de 16 de março de 2014 (UTC)Reply[responder]
Oona e time, que outras ações ou projetos ou medidas, além da participação em eventos, podem ser feitas para diminuir a ignorância do público geral? Estou perguntando no sentido se você ou o time que gerencia vislumbra alguma outra coisa além do que disse - e aparentemente foca.
Lembro vagamente dos seus comentários sobre essa correlação 'saiu na mídia', logo 'aumentou o número de acessos/contas criadas'. Há algum local onde possamos checar esses números? (Algo como "Em março de 2012 saiu tal notícia na Folha, aumentou X% o acesso na região Y e criam N contas a mais que o padrão.")
E minha pergunta foi mais motivada porque vi o lance do FISL na página sobre visita do Asaf, então isso me lembrou de visitas dos gringos nesse evento específico e foi, na minha opinião, completamente inútil (me refiro a visita da Jessie e do Barry). Isso acabou me levando a fazer um questionamento mais geral, que podemos continuar aqui. Estou cada vez mais convicto que contratados da Ação devem gastar menos tempo com eventos, como sugeri antes de sair - uma das chefes, a gringa, ironizou, a outra não sei o que pensa, pelo jeito discorda. :) --Everton137 (discussão) 07h07min de 16 de março de 2014 (UTC)Reply[responder]
Oi Tom, todo o planejamento traz ações (desde melhorias, criações e localizações de materiais até atividades de oficinas online - via hangouts ou semelhantes em tecnologia livre, a criação de vídeos, e essas coisas estão em processo).
Sobre os dados de mídia, tudo começou quando o JoLorib chamou a atenção pra isso salvo engano em abril ou maio de 2012. Depois verificamos isso também mesmo com notícias "negativas", como à época da polêmica do ministro do STF. No entanto, novas contas não refletiram novos editores com 10 edições (que é o critério dos stats da Wikimedia). Em uma ocasião no último ano fizemos o teste com alguma notícia e a mesma tendência não foi observada. Vou colocar na agenda a organização desses dados.
Sobre eventos: eu acho que, de massa, o que funciona é campanha de sensibilização e tutoriais (vídeos, por exemplo, sendo orçados). Mas de formação mesmo, pra entenderem bem como funciona e como participar, é difícil fugir da ideia de varejo, a meu ver. A mim parece ilusória a ideia de que centenas de novos usuários editarão e permanecerão no projeto por conta de estratégias de massa. O que precisamos fazer, na minha opinião, é facilitar essas atividades (por isso insisto na estratégia de oficinas online em tempo real): facilitar o acesso, facilitar a execução, baratear a execução, ampliar o alcance e registro. Isso também será varejo, mas um varejo mais viável e sustentável, mais estável/constante.
Sobre sua questão levantada ano passado, confesso não ter entendido: quando eu levantei a possibilidade de não ir (porque já teriam outras pessoas indo), você criticou fortemente (como eu poderia cogitar não ir ao evento mais importante do movimento Wikimedia. Em tempo: eu não cogitava não ter nenhjum de nós lá. Cogitava, sim, que um voluntário que estava se juntando à equipe estaria + 1 funcionário do programa). Quando chego lá, vejo sua mensagem questionando a participação no evento. Fiquei sem palavras! Afinal, você mudou de ideia ou a crítica é que não ficou clara?--Oona Castro (discussão) 22h05min de 17 de março de 2014 (UTC)Reply[responder]